13 de abril

GDF - Administrações Regionais

Notícias

O programa Turismo em Ação, idealizado pela Secretaria de Turismo do Distrito Federal (Setur-DF), estará em Brazlândia, nesta terça-feira (13/4), para estruturar iniciativas de estímulo ao turismo local, como o rural e religioso, além de garantir mais condições de comercialização aos 290 artesãos da região administrativa credenciados à pasta. Reconhecido polo de festas tradicionais como a do Divino, do Morango, Goiaba e a Via Sacra, a cidade é destino imperdível de visitantes em busca de opções perto de casa e longe da rotina, em meio a belezas naturais estonteantes.

Lançado em 6/4 em Planaltina, esta será a segunda edição do Turismo em Ação. A visita da Setur-DF em Brazlândia irá promover iniciativas de qualificações ao segmento e encontros com lideranças das cidades para alavancar a cadeia turística da região.

“Brazlândia é uma cidade linda, criada em 1933, repleta de encantos e atrativos, que a nossa Secretaria de Turismo vem mapeando, desde o início da nossa gestão. É lugar de turismo rural, de aventura, ecoturismo e excelente gastronomia, com seus pratos típicos, como a galinha caipira no fogão a lenha. Uma cidade que se fortalece também no artesanato. Em agosto de 2019, por exemplo, a nossa secretaria esteve na cidade para a entrega de 52 Carteiras Nacional do Artesão. É lugar de turismo religioso, com o Santuário Arquidiocesano Menino Jesus, segundo maior templo católico do Brasil, o qual já se encontra em nossa Rota da Paz, criada também pela nossa secretaria e disponível em nosso site e Google Earth. Com tantos atrativos para nossos moradores e visitantes, estamos criando em Brazlândia a Casa do Turismo para facilitar ainda mais a conexão entre os visitantes e essa cidade imperdível da nossa querida capital. E, juntos, por meio de um trabalho integrado, vamos impulsionar ainda mais essa cadeira turística, trazendo mais desenvolvimento local, emprego e renda”, afirma a secretária de Turismo, Vanessa Mendonça.

Fortalecimento do turismo rural

Ao longo do dia 13 de abril, a Setur-DF realizará visitas técnicas a pontos turísticos e a propriedades que fazem do turismo rural alternativa econômica e de desenvolvimento social, como o Recanto Jequitibá e o Sítio Serra Dourada.

A proposta é continuar impulsionando este segmento turístico no DF. Levantamento divulgado pelo Sindicato do Turismo Rural e Ecológico do DF e Entorno (Ruraltur) aponta que o turismo rural já teve aumento de 50% nos últimos meses na capital e a expectativa é de um crescimento ainda maior em 2021, uma vez que a procura por esse tipo de turismo, envolvendo o contato com a natureza, saúde e bem-estar é uma demanda global.

Entre as iniciativas levadas pelo Turismo em Ação para fomentar o setor na região, a população local terá a oportunidade, ainda, de conhecer mais sobre como ter acesso às importantes serviços de fomento, como os benefícios do Fundo Geral do Turismo (Fungetur), linha de crédito histórica junto ao Banco de Brasília (BRB), instituição financeira responsável por operar o repasse de R$ 521 milhões feito pelo Ministério do Turismo, com o objetivo de injetar dinheiro em empreendimentos do setor; e o Sistema de Cadastro de Pessoas Físicas e Jurídicas que atuam no turismo, o Cadastur. A inscrição garante diversas vantagens e oportunidades de negócios aos seus cadastrados, como incentivo a participar de programas e projetos do governo federal, participação em programas de qualificação promovidos e apoiados pelo Ministério do Turismo, além de apoio em eventos, feiras e ações.

Carteira Nacional do Artesão

Também serão cumpridas agendas públicas na Administração Regional, onde serão entregues primeiras vias e renovações da Carteira Nacional do Artesão a estes profissionais. O documento habilita o artesão legalmente em todo o Brasil e oferece ainda a possibilidade de participação em eventos locais, nacionais e internacionais. “Estamos indo até os nossos artesãos para oferecer esta importante ferramenta de trabalho. Entre 2019 e 2020, emitimos 1.466 novas Carteiras e renovamos 725 em todo o DF, mas queremos muito mais em 2021”, destaca a secretária Vanessa.

Conselho Regional do Turismo Sustentável

A criação do Conselho Regional do Turismo Sustentável da Região Administrativa de Brazlândia também está na pauta na segunda edição do Turismo em ação. O Conselho, quando instituído por decreto, terá papel de desenvolver ações de conscientização turística e ambiental, contribuir para a formação e capacitação de profissionais que atuam no setor turístico, bem como intervir para captação de investimentos. “A criação do conselho regional de turismo em nossa cidade é de suma importância fazendo a integração do poder público e sociedade civil na busca de soluções e estratégias para o desenvolvimento sustentável do turismo em Brazlândia. É também essencial para a preservação do nosso meio ambiente e um forte gerador de emprego e renda”, afirma o administrador regional de Brazlândia, coronel Jesiel Costa Rosa.

Casa do Turismo

Mais uma medida para alavancar o turismo na região em breve será entregue à comunidade: a Casa do Turismo de Brazlândia. Localizado na Orla do Lago Veredinha, verdadeiro cartão postal da cidade e ponto de lazer, espaço abrigará o Centro de Atendimento ao Turista (CAT), com atendimento ao público todos os dias da semana, inclusive feriados e finais de semana, das 9h às 18h. “Uma entrega que só confirma o compromisso da nossa gestão de estruturar atrativos e oferecer acolhimento de excelência a todos os nossos visitantes. Os centros de atendimento ao turista têm o relevante papel de orientar e informar para que o turista tenha uma boa impressão do destino logo na sua chegada”, explica a secretária Vanessa Mendonça.

A conquista para a região também é comemorada pelo deputado Iolando, liderança política local e autor de emenda parlamentar destinada à execução do projeto. “Estou muito feliz com a dedicação e empenho de todas as equipes da Secretaria de Turismo, em especial com a secretária Vanessa Mendonça, por esse olhar carinhoso com a nossa cidade. Devemos garantir a todos o pleno exercício dos direitos religiosos e culturais, apoiando e incentivando a valorização e a difusão dessas manifestações. E o Turismo em Ação contribui para o resgate da riqueza histórica das regiões”, conclui o parlamentar.

 

Ascom Setur/DF

 

 

 

 

Por: Samuel Barbosa

Na manhã desta quinta-feira (01/04) servidores da Administração Regional de Brazlândia fizeram um carreata, saindo da sede da instituição, no setor Tradicional, passando pela avenida principal e Central da cidade até o cemitério de Brazlândia, em homenagem a servidora Maria Madalena Alves da Mata, que faleceu ontem (31/03), em decorrência de complicações da Covid 19.

Madá, como era chamada pelos colegas, trabalhava na Administração Regional da cidade e prestou seus serviços junto à comunidade com zelo e dedicação no desempenho de suas funções.

Perdemos uma colega e companheira de todas as horas, uma servidora que estava sempre disposta a ajudar a quem necessitasse.

Fica aqui o nosso respeito e admiração eterna.

Equipe da Administração Regional de Brazlândia

É com uma tristeza no coração que comunicamos o falecimento de MARIA MADALENA ALVES DA MATA, 57 anos, por complicações da COVID-19.

Uma grande amiga e colega de trabalho que certamente marcou as vidas daqueles que puderam conviver com ela, em relação ao trabalho social que sempre desempenhou na cidade em prol das pessoas mais necessitadas.

Atualmente ela trabalhava na Administração Regional de Brazlândia.

Ficam as recordações de uma pessoa humilde, corajosa e dedicada em tudo que se propôs a fazer.

Aos familiares e amigos, nossos sinceros pêsames.

Família Administração está em luto!

As agências do Banco de Brasília (BRB) têm novo horário de funcionamento a partir desta terça (30). A faixa das 9h às 10h é exclusiva para o público prioritário; já o período das 10h às 14h é reservado para o atendimento aos clientes em geral.

O ajuste no horário de funcionamento tem como objetivo proteger clientes e empregados frente à pandemia da covid-19. Atende, ainda, orientação da Federação Brasileira de Bancos (Febraban). Os novos horários de funcionamento não se aplicam às agências localizadas em shoppings. Nesses casos, o atendimento ao público será das 13h às 17h.

Canais digitais do banco estão disponíveis para mais informações

Desde o início da pandemia, em março do ano passado, o BRB adotou uma série de medidas para proteger clientes e empregados. A limpeza nas agências foi reforçada, e está sendo disponibiliza álcool gel ao público. O protocolo de distanciamento mínimo de dois metros, recomendado pelos decretos locais e pelo Ministério da Saúde, também é seguido.

O BRB ressalta que coloca à disposição dos clientes seus canais digitais para serviços e informações. Basta acessar o BRB Telebanco, pelo telefone (61) 3322-1515. Também estão disponíveis o aplicativo BRB Mobile e o BRB Banknet.

*Com informações do BRB

As obras de construção dos três hospitais de campanha – que vão reforçar o combate à covid-19 – não param. Neste sábado (27) e domingo (28), 39 operários estão, literalmente, com a mão na massa. As empresas contratadas têm até 20 dias úteis para entregar as unidades montadas localizadas no Plano Piloto, Gama e Ceilândia.

No empreendimento do Autódromo Internacional Nelson Piquet foi feita a demarcação do local, confecção do cálcio do piso e a colocação dos alambrados. Já no centro olímpico do Gama, a área foi limpa e está sendo preparada para os serviços. Na Escola Parque Anísio Teixeira, em Ceilândia, os trabalhadores deram início à montagem da tenda de 1.500 metros.

Cada um dos hospitais vai dispor de 100 leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI), totalizando 300 leitos a mais para acolher e tratar as vítimas da doença. Atualmente, o DF tem 597 leitos para o tratamento do coronavírus, segundo dados da Secretaria de Saúde (SES) atualizados às 12h10 deste sábado (27).

Estruturas

Os três hospitais de campanha serão administrados pela SES. As unidades vão contar com leitos de suporte ventilatório pulmonar e também outros equipamentos hospitalares, além de profissionais de saúde necessários para o seu pleno funcionamento. A contratação prevê custos com locação, montagem, manutenção e desmontagem das estruturas, bem como a execução das instalações prediais dos hospitais.

Tanto a unidade do Plano Piloto, que será erguida no Autódromo Internacional Nelson Piquet, quanto a de Ceilândia, a ser montada na Escola Parque Anísio Teixeira, estão a cargo da empresa DMDL Montagens de Stands Ltda, que apresentou valor de R$ 6.597.500 por cada um dos lotes.

Já a unidade do Gama vai ocupar o centro olímpico e será construída pela Paleta Engenharia e Construções Ltda, que propôs o custo de R$ 6.875.000 no pregão eletrônico promovido pela Companhia Urbanizadora da Nova Capital (Novacap).

 

Por: Samuel Barbosa

Neste sábado (27) em uma cerimônia na Igreja São Paulo, no Incra 8, aconteceu a assinatura de um Termo de Concessão de Uso, entre a Superintendência Regional do INCRA SR 28 e CNBB (Conferência Nacional dos Bispos do Brasil).  A finalidade da concessão é que a CNBB pode fazer investimentos no local para atender a comunidade local e moradores da região.

No espaço cedido, a CNBB pretende edificar uma sede própria, na área próxima à pista de corrida, onde será construído um centro de treinamento, com espaço destinado à realização de oficinas e treinamento de várias modalidades esportivas, que atenderá crianças, adolescentes, jovens e adultos é a toda comunidade.

Segundo os representantes da CNBB, a ideia também é de abrir outros tipos de atividades, dentro deste mesmo projeto que vão ajudar adolescentes e jovens a se prepararem para o ingresso no mercado de trabalho e também a desenvolver atividades de geração de renda.

Confira os detalhes na reportagem

O governador Ibaneis Rocha assinou, na quinta-feira (25), a ordem de serviço para a construção de três hospitais de campanha que vão reforçar o combate ao coronavírus no Distrito Federal. Agora, as empresas contratadas têm até 20 dias úteis para entregar as estruturas montadas nos endereços escolhidos no Plano Piloto, Gama e Ceilândia.

Cada um dos hospitais vai dispor de 100 leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI), totalizando 300 leitos a mais para acolher e tratar as vítimas da doença. Atualmente, o DF dispõe de 584 leitos para o tratamento da doença, segundo dados da Secretaria de Saúde (SES).

Os três hospitais de campanha serão administrados pela SES. As unidades vão contar com leitos de suporte ventilatório pulmonar e também outros equipamentos hospitalares, além de profissionais de saúde necessários para o seu pleno funcionamento. A contratação prevê custos com locação, montagem, manutenção e desmontagem das estruturas, bem como a execução das instalações prediais dos hospitais

“Temos que exaltar o trabalho da Novacap, que conduziu esse processo dentro da maior lisura e transparência; conseguimos preços competitivos, e as empresas vencedoras têm experiência na montagem de hospitais de campanha”Ibaneis Rocha, governador do Distrito Federal

Tanto a unidade do Plano Piloto, que será erguida no Autódromo Internacional Nelson Piquet, quanto a de Ceilândia, a ser montada na Escola Parque Anísio Teixeira, estão a cargo da empresa DMDL Montagens de Stands Ltda, que apresentou valor de R$ 6.597.500 por cada um dos lotes.

Já unidade do Gama, que vai ocupar o centro olímpico daquela cidade, será construída pela Paleta Engenharia e Construções Ltda, propôs o custo de R$ 6.875.000 no pregão eletrônico promovido pela Companhia Urbanizadora da Nova Capital (Novacap).

A construção

A construção dos três hospitais de campanha vem somar os esforços do GDF para combater a covid-19. Desde que a pandemia se instalou no país, em março de 2020, o governo local investiu mais de R$ 2,7 bilhões em obras, equipamentos, equipes médicas e medicamentos. Outras medidas recentes que podem ser destacadas é o processo seletivo para contratação de profissionais de saúde aposentados para reforçar o atendimento na rede e também a ampliação da carga horária de servidores ativos.

*comk informações da Agência Brasília

Na manhã do dia 23 o Administrador de Brazlândia, Jesiel Rosa, visitou o novo diretor do Hospital Regional de Brazlândia, Paulo Henrique e disponibilizou toda equipe da administração para apoiá-lo na gestão da Regional de saúde 

Veja o vídeo:

Por: Samuel Barbosa

Com o apoio de órgãos do Governo do Distrito Federal (GDF), como o Serviço de Limpeza Urbana (SLU), as Polícias Civil, Militar e a Secretaria de Justiça, a administração de Brazlândia, hoje (25) e amanhã (26) de março, está realizando uma Ação Civil Pública na Rodoviária de Brazlândia.

A ação consiste em uma revitalização nos pontos principais da rodoviária como, limpeza, retirada de entulho, pintura, podas de árvores, orientação e acolhimento dos moradores de ruas que ficam no local. Além de conscientização da população quanto ao uso de máscaras, abordagem social aos transeuntes, entre outros serviços.

Confira na reportagem de Josimar Pereira:

Por: Samuel Barbosa

Agentes da Vigilância Ambiental de Brazlândia estão nas ruas da cidade no enfrentamento ao combate do mosquito Aedes Aegypti. Eles fazem visitas nas residências com a finalidade de identificar focos da dengue, esclarecer a população sobre os riscos da doença e eliminar possíveis criadores do inseto com a administração de produtos biológicos.

O administrador da cidade, Jesiel Rosa, disse que a administração e a Vigilância Ambiental estão fazendo todos os esforços para combater a doença em nossa cidade, mas é preciso também a ajuda da população para conseguir vencer a dengue, pois o combate deve ser feito diariamente para que todo trabalho realizado pelos agentes tenha efeito positivo.

Veja na reportagem de Josimar Pereira:

O Governo do Distrito Federal (GDF) vai reativar 82 leitos de Unidades de Terapia Intensiva (UTI) para tratamento exclusivo de pacientes com covid-19 em Unidades de Pronto Atendimento (UPAs). A decisão de ampliar o número de vagas para casos de alta complexidade foi anunciada na tarde desta quarta-feira (17).

260novos leitos de UTI foram abertos no DF desde o agravamento da pandemia este ano

Em entrevista coletiva no Palácio do Buriti, o secretário de Saúde Osnei Okumoto, informou que as UPAs do Núcleo Bandeirante, de Sobradinho e de São Sebastião, terão suas alas de internação em UTIs apenas para doentes infectados com o novo coronavírus. Desde o agravamento da pandemia este ano, foram abertos 260 novos leitos no DF.

As três contam com suporte de ventilação mecânica e pontos de conexão para oxigênio e de hemodiálise. No auge da primeira onda de contaminação, em 2020, estas três UPAs chegaram a receber alguns internos com covid. Ao todo, serão 42 leitos no Núcleo Bandeirante, 20 em Sobradinho e outros 20 em São Sebastião.

“A diferença desta vez é que os leitos todos serão exclusivos o que, além de ajudar a desafogar a demanda, evitará o ponto de cruzamento e risco de infecção a pacientes em outro tratamento”, informou Osnei.

“A diferença desta vez é que os leitos todos serão exclusivos, o que, além de ajudar a desafogar a demanda, evitará o ponto de cruzamento e risco de infecção a pacientes em outro tratamento”Osnei Okumoto, secretário de Saúde

Recuperação de sequelas

A Secretaria de Saúde planeja ainda a montagem de um centro de recuperação de pacientes recuperados da covid-19 que tiveram sequelas. Estima-se que 25% dos pacientes que tiveram o novo coronavírus desenvolveram outras doenças seis meses depois da infecção. “Estamos trabalhando não só no tratamento imediato quanto no crônico”, completou o secretário.

Na condução da coletiva, o secretário da Casa Civil, Gustavo Rocha, alertou para o aumento da internação em UTIs de jovens com até 24 anos. Esse número saltou de um interno em janeiro para 30 em março. “Os jovens que estavam indo a festas e se aglomerando não estão imunes à infecção grave da doença e devem se proteger”, alertou Rocha.

“Os jovens que estavam indo a festas e se aglomerando não estão imunes à infecção grave da doença e devem se proteger”Gustavo Rocha, secretário da Casa Civil

Mais vacinas

Com a chegada de 59,8 mil doses da vacina Coronavac, o Distrito Federal inicia nesta quinta-feira (18) a imunização de idosos com 72 e 73 anos. Calcula-se uma população de aproximadamente 24 mil pessoas nessa faixa etária. Os idosos deverão ir direto aos postos de vacinação, que estarão abertos também no final de semana, sem necessidade de agendamento.

Com informações da Agência Brasília

No momento de agravamento da pandemia do novo coronavírus no Distrito Federal, a Fundação Hemocentro de Brasília (FHB) está operando com estoques críticos e baixos de diversos grupos sanguíneos. O movimento de doadores em fevereiro apresentou uma queda de 12% em relação a janeiro, prejudicando a situação das reservas de sangue já afetadas pelo decréscimo no movimento durante o final do ano.

Em fevereiro, a média diária de doações de sangue foi de 155 bolsas. E, para março, a tendência é de piora. Até o momento, o mês registrou um índice de 150 coletas realizadas por dia. O comparecimento entre os doadores agendados também segue baixo durante este mês: apenas 75% dos que marcam a doação de sangue vêm até o hemocentro.

“A demanda por sangue não caiu, mas os nossos estoques, sim. A coleta de sangue é uma atividade essencial e um procedimento seguro”, explica o chefe da Divisão Técnica do Hemocentro, Alexandre Nonino. Ele reforça que o Hemocentro segue adotando medidas de prevenção ao novo coronavírus, como o agendamento obrigatório das doações. Além disso, os servidores da instituição já estão imunizados com as duas doses da vacina contra a covid-19.

“A demanda por sangue não caiu, mas os nossos estoques, sim. A coleta de sangue é uma atividade essencial e um procedimento seguro”, explica o chefe da Divisão Técnica do Hemocentro, Alexandre Nonino

Segundo Nonino, o hemocentro vem registrando, ao longo das últimas semanas, um aumento na demanda de sangue por pacientes graves da Covid-19 internados em UTIs da rede pública do Distrito Federal. Além disso, cirurgias de grande porte com alta necessidade do uso do sangue, como as cardíacas e as oncológicas, não foram suspensas, o que mantém a pressão sobre os estoques de hemocomponentes.

Agende sua doação de sangue

A pandemia de coronavírus alterou o atendimento no Hemocentro. Para evitar aglomerações, doadores devem agendar atendimento por meio do site agenda.df.gov.br ou pelo telefone 160, opção 2. Para doar sangue, é preciso ter entre 16 e 69 anos, pesar mais de 51 kg e estar saudável. Quem passou por cirurgia, exame endoscópico ou adoeceu recentemente, a recomendação é consultar o site do hemocentro para saber se está apto a doar sangue.

Especificamente sobre as vacinas contra Covid-19, o Ministério da Saúde atualizou os critérios de impedimento e estabeleceu que pessoas imunizadas com a Coronavac devem aguardar dois dias para se candidatar à doação de sangue, enquanto as imunizadas com a Oxford/AstraZeneca devem aguardar sete dias para doar sangue.

*Com informações da Fundação Hemocentro de Brasília

FLÁVIO BOTELHO, DA AGÊNCIA BRASÍLIA | EDIÇÃO: CHICO NETO

Os parques infantis de Brazlândia estão sendo totalmente reformados, levando mais lazer com conforto e segurança para as crianças, pais e mães da região. Os serviços estão sendo executados pela administração regional local, que vai investir cerca de R$ 100 mil na reforma e pintura das 12 estruturas existentes na cidade.

 
 

O parquinho da Quadra 36, na Vila São José, está quase pronto. A cerca de alumínio e os brinquedos receberam pintura nova, o mato ao redor foi retirado e, nos próximos dias, novos balanços serão instalados e mais areia fresca será despejada em todo o local.

O líder comunitário Alberto de Assis Lima, 60 anos e morador de Brazlândia há 45, elogiou os serviços feitos no local. “As crianças precisam desse tipo de lazer, e essa manutenção é muito importante”, disse. “Está bem-arrumado, ficou todo mundo muito alegre”.

Já no parquinho da Quadra 46, os serviços começaram na semana passada. Trabalhadores faziam a roçagem e capina do mato em volta do local, limpavam a areia que abriga os brinquedos e já começavam a pintar de amarelo a cerca de alumínio. O próximo passo será a troca dos balanços, que estão quebrados, e a manutenção no restante dos equipamentos.

Demandas atendidas

R$ 500 milTotal de recursos destinados por emenda parlamentar para obras em Brazlândia

“É uma satisfação para a gente poder atender uma demanda recorrente da população que recebemos por meio de redes sociais e da Ouvidoria”, relata o coordenador de Obras da Administração Regional de Brazlândia, João Paulo Bonifácio. “É uma manutenção geral e que esperamos que dure por bastante tempo”.

Além da importância na parte estrutural, a reforma dos parquinhos de Brazlândia também é um alento para as famílias, como explica a coordenadora de Desenvolvimento da Administração Regional, Waldinéia Carvalho: “É uma demonstração de preocupação com o bem-estar da nossa população”.

Os R$ 100 mil que a Administração Regional de Brazlândia está investindo na reforma dos parquinhos vêm de um recurso aberto de R$ 500 mil provenientes de emendas destinadas pelo deputado distrital Iolando Almeida. De acordo com o órgão, os outros R$ 400 mil serão aplicados na manutenção e urbanização da cidade, em obras que incluem a construção de bocas de lobo e calçadas.

 

As festas clandestinas são o mais novo foco das ações de fiscalização da Secretaria de Segurança Pública do DF (SSP-DF). O endurecimento no combate a esses eventos ocorre porque eles são os grandes responsáveis pelo aumento do índice de contaminação do vírus da covid-19 do DF. Além de provocarem aglomeração em bares, residências ou galpões, essas festas escondidas são ilegais e as pessoas não cumprem os cuidados básicos para se evitar a doença.

“Nosso trabalho é fazer cumprir o decreto e a lei. Vamos usar todos os nossos recursos para coibir essas festas que trazem problemas muito graves”, enfatizou o secretário de Segurança Pública do DF, Anderson Torres, em entrevista coletiva realizada na tarde desta terça-feira (9), no Palácio do Buriti.

“Preocupa muito que jovens estejam se infectando”Gustavo Rocha, secretário da Casa Civil

 

Direcionar tempo, recursos e pessoal para combater especificamente as festas clandestinas no Distrito Federal têm motivos peculiares. Durante o trabalho da força-tarefa, que reúne órgãos de segurança e fiscalização durante a pandemia no DF, a Secretaria de Segurança constatou que a efetiva atuação do grupo não intimidou os realizadores de festas clandestinas e também não desmotivou o comparecimento das pessoas, a maioria jovens.

São esses jovens que, agora, estão contribuindo para aumentar o impacto da covid-19 no sistema de saúde do DF. Em ritmo alucinante, bem no estilo das festas. Levantamento apresentado durante a coletiva revelou o aumento de 25% no número de jovens infectados no país.

Para atender a essa demanda de jovens, o secretário da Casa Civil, Gustavo Rocha, anunciou a abertura de sete leitos para pacientes de covid-19, com faixa etária abaixo de 18 anos, no Hospital da Criança de Brasília (HCB). “Preocupa muito que jovens estejam se infectando”, desabafou o secretário.

Nessa segunda-feira (9), o índice de contaminação do vírus chegou a 1,38, ou seja, cada 100 infectados podem contaminar 138 pessoas.

Toque de recolher

Com o decreto do toque de recolher das 22h às 5h, a SSP-DF informou que vai reforçar as ações para coibir o trânsito de pessoas no período. A exceção diz respeito às pessoas que estiverem indo ou voltando do trabalho, buscando farmácias ou hospitais e trabalhando em aplicativos de transporte.

ncia Sanitária, Ibram e Procon. O grupo é coordenado pela SSP-DF.

Homenagem do Administrador Jesiel Rosa e equipe da administração para todas as mulheres pelo "Dia Internacional da Mulher"

Trata-se de uma celebração de conquistas sociais, políticas e econômicas das mulheres ao longo dos anos, sendo adotado pela Organização das Nações Unidas e, consequentemente, por diversos países.

Muitas histórias marcaram a luta das mulheres para ter seu espaço na sociedade, fazendo com que esse não seja apenas um dia de homenagens, mas a recordação do esforço feminino, que resultou em conquistas sociais, econômicas e políticas.

https://www.calendarr.com/brasil/historia-dia-internacional-mulher/

O Governo do Distrito Federal (GDF) vai atualizar a estrutura e o funcionamento dos Conselhos Comunitários de Segurança (Consegs). A medida deve ser concluída em até 30 dias e será elaborada por um grupo de trabalho, instaurado em 17 de fevereiro por meio de publicação no Diário Oficial do DF (DODF). A atualização tem o objetivo de fortalecer as reuniões dos conselhos e dar maior credibilidade à população.

“Não há como falar em segurança pública sem a participação da sociedade”Anderson Torres, secretário de Segurança Pública

Os Consegs são importantes porque funcionam como uma integração entre a comunidade local e os órgãos de segurança. Esses conselhos acolhem reclamações, denúncias, sugestões e informações para, em seguida, encaminhá-las à Secretaria de Segurança Pública (SSP), responsável por intermediar esse elo entre a sociedade e governo. Assuntos como desordem pública, qualidade de vida, criminalidade e desenvolvimento de valores cívicos são sempre debatidos. Ou seja, são discutidos temas relevantes para uma melhor convivência da comunidade.

“Estamos trabalhando em um novo formato dentro na estrutura da segurança pública para atender, de forma mais efetiva, todos os Conselhos Comunitários de Segurança”, explica o secretário de Segurança Pública, Anderson Torres. “Esse elo com a comunidade é fundamental para o resultado final de nossas políticas públicas. Não há como falar em segurança pública sem a participação da sociedade. Portanto, os Consegs são um mecanismo primordial nesse processo.”

“Quando as demandas não são implementadas, elas se fragilizam e os conselhos perdem a força junto à comunidade”Marcelo Batista, coordenador dos Consegs do DF

O coordenador dos Consegs do DF, Marcelo Batista, reforça: “É importante para o cidadão ter o pleito atendido, ainda que a devolutiva seja negativa. Temos que dar satisfação para a população e faremos isso com mudanças no decreto. Temos que observar os meios mais eficazes para fortalecer os Consegs. Essas mudanças têm o intuito de dar maior efetividade às reuniões, ampliando assim o número de devolutivas à comunidade e fortalecendo o processo de construção desse instrumento tão importante”.

Maior participação

Segundo Marcelo, quando o governo não atende as demandas da população, as reuniões dos conselhos acabam enfraquecidas, reduzindo a participação popular. “O que fomenta as reuniões são as devolutivas”, pontua. “Quando as demandas não são implementadas, elas se fragilizam e os conselhos perdem a força junto à comunidade”.

No DF há 38 conselhos, divididos em três tipos: os das regiões administrativas, os das zonas rurais e os temáticos, criados para uma atuação temporária com a finalidade de solucionar temas específicos de interesse da comunidade. Os conselhos devem se reunir, pelo menos durante quatro vezes ao ano, em local de fácil acesso à população.  Em novembro de 2019, 140 novos representantes foram eleitos para um mandato de quatro anos.

Os Consegs têm caráter consultivo, sem fins lucrativos e de cooperação voluntária, e atuam como espaços para discussão e análise de problemas que impactam a área de segurança pública. Também auxiliam os órgãos de segurança no monitoramento, na avaliação e na gestão dos resultados alcançados.

Objetivos dos Consegs:

  • Receber reclamações, denúncias, críticas, sugestões e informações dos membros da comunidade, debatendo e encaminhando as demandas relacionadas à prevenção e repressão da violência, da criminalidade e das desordens públicas;
  • Obter subsídios da sociedade para aperfeiçoar a atuação dos órgãos governamentais;
  • Reunir lideranças comunitárias e autoridades locais com o intuito de aprimorar a segurança e a qualidade de vida da comunidade;
  • Mobilizar a comunidade ou profissionais de um setor específico para discutir questões de segurança pública;
  • Estimular a participação da comunidade no processo político que impacta diretamente na segurança da sua região administrativa;
  • Estimular o desenvolvimento de valores cívicos e comunitários;
  • Estimular a participação da comunidade em processos e ações que impactam diretamente a segurança da sua região administrativa;
  • Sugerir programas que incentivam maior produtividade dos agentes de segurança pública da área;
  • Incentivar a integração e a interação da comunidade com as lideranças comunitárias, com os órgãos que compõem o Sistema de Segurança Pública do Distrito Federal;
  • Promover palestras, conferências, fóruns de debates, campanhas educativas e atividades culturais que orientem a comunidade na percepção de riscos à sua segurança;
  • Empreender estudos e pesquisas com o fim de proporcionar o aumento do nível de segurança na comunidade e maior eficiência dos órgãos;
  • Encaminhar às autoridades competentes, com a supervisão da SSP, propostas ou subsídios para elaboração de ações em prol da segurança pública;
  • Levar as reivindicações e queixas da comunidade ao conhecimento das autoridades;
  • Colaborar com outros órgãos da Administração Pública do Distrito Federal quando o objetivo das ações envolver problemas relacionados à segurança pública.

Por: Samuel Barbosa

O Administrador de Brazlândia Cel. Jesiel Rosa, acompanho do deputado Iolando almeida (PSC) visitaram na tarde desta quinta-feira (4), a convite do empresário e amigo Agnaldo, o Mosteiro Arautos do Evangelho, localizado no Lago Sul.

Durante a visita o administrador e o parlamentar foram recebidos pelo Padre Anderson e sua equipe, que apresentaram todo o trabalho realizado pelos evangelizadores, os quais tem uma vida dedicada integralmente ao apostolado e vivem em casas destinadas especificamente para estudo e oração, com atividades de evangelização nas dioceses e paróquias, dando especial ênfase à formação da juventude. A Associação está presente em 78 países. Seus membros vivem normalmente em comunidade (masculinas ou femininas), num ambiente de caridade fraterna e disciplina.

Segundo padre Anderson existe um desejo de avançar com o trabalho no Distrito Federal e Brazlândia foi escolhida para a concretização desse sonho. Para isso, os Arautos do Evangelho já estão adquirindo um terreno na cidade para a construção do Centro Religioso e Cultural.

Cel. Jesiel Rosa destacou que Brazlândia recebe com louvor essa notícia de ter na cidade um Centro cultural dos Arautos, levando em conta que a cidade está entrando na rota turística do Distrito Federal e está sendo implantando o projeto o “Caminho da Fé”. A parceria é com a secretaria de turismo do DF. Ainda de acordo com Jesiel a cidade receberá um grande fluxo de visitantes, fortalecendo ainda mais o potencial turístico religioso que a cidade tem por tradição.

O deputado Iolando Almeida disse que recebeu a notícia com grande alegria e salientou que com a edificação do Centro Religioso, Brazlândia será mais uma referência cultural com a presença dos Arautos do evangelho, pois desenvolvem um excelente trabalho, principalmente com a juventude. O parlamentar lembrou que destinou cerca de um milhão de reais para implantação do projeto “Caminho da Fé”, alavancando de vez a cidade nos eixos turísticos religiosos. Além disso, colocou o seu gabinete à disposição dos evangelistas.

Arautos do Evangelho

Os Arautos do Evangelho são uma Associação Internacional de Fiéis de Direito Pontifício, a primeira a ser erigida pela Santa Sé no terceiro milênio, o que ocorreu por ocasião da festa litúrgica da Cátedra de São Pedro em 22 de fevereiro de 2001.

Composta predominantemente por jovens, esta Associação está presente em 78 países. Seus membros consagrados praticam o celibato e dedicam-se integralmente ao apostolado. Eles moram em casas destinadas separadamente para os rapazes e para as moças e alternam a vida de recolhimento, estudo, orações com atividades de evangelização nas dioceses e paróquias, dando especial ênfase à formação da juventude.

 Além disso a Associação tem como fim a participação ativa, consciente e responsável de seus membros na missão salvífica da Igreja através do apostolado, ao qual estão destinados pelo Senhor, em virtude do Batismo e da Confirmação. Devem, assim, atuar em prol da evangelização, da santificação e da animação cristã das realidades temporais.”

Por: Samuel Barbosa

Atendendo pedido do programa “Administração nas Quadras”, a Administração de Brazlândia está reformando o Parquinho Infantil instalado nas quadras 36/37, na Vila São José.

O parque recebeu reparos na estrutura dos brinquedos, pintura interna e externa e outros serviços para oferecer conforto e segurança para que as crianças possam desfrutar de momentos de lazer com a família em um local agradável.

Veja a reportagem de Josimar Pereira

Por: Samuel Barbosa

A Unidade de Pronto Atendimento 01, de Brazlândia (UBS) está vacinando contra covid-19 para idosos de 76 a 78 anos. Essas pessoas foram incluídas no público-alvo após a entrega de 25,5 mil doses da vacina Covishield, desenvolvida pela universidade de Oxford, em parceria com a farmacêutica britânica AstraZeneca, e distribuída no Brasil pela Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz).

De acordo com a Secretaria de Saúde do DF, existe ainda a previsão do Ministério da Saúde de enviar para o DF uma remessa de 11 mil doses da vacina CoronaVac, produzida pelo Instituto Butantan em parceria com a farmacêutica chinesa Sinovac.

A estimativa é de que haja 23.061 pessoas de 76 a 78 anos vivendo na capital federal. Além disso, segundo o governo local, continua sendo vacinados membros do grupo prioritário já incluído anteriormente, além de cerca de 9 mil profissionais de saúde da rede privada que estão na linha de frente e ainda não foram imunizados.

Agora, as pessoas que fazem parte do público-alvo poderão agendar a aplicação da primeira dose pela internet, no site vacina.saude.df.gov.br. Até então, esse serviço só era permitido para a segunda dose.

Por: Samuel Barbosa

O sistema de videomonitoramento acompanha em tempo real a segurança nos diversos pontos da cidade. São diversas câmeras de monitoramento com ângulo de 360 graus em Brazlândia e no Incra 8, com reconhecimento facial e de placa de carro, o que facilita a identificação em casos de roubos a veículos. As câmeras serão monitoradas 24 horas por dia pela Secretaria de Segurança Pública (SSP/DF), além de uma central de monitoramento no quartel da polícia em Brazlândia. As imagens serão transmitidas em tempo real diretamente para a sala de controle, que dependendo da situação, acionará a viatura mais próxima do local.

Os equipamentos foram instalados em pontos estratégicos e auxiliam no monitoramento da entrada e saída da cidade, avenida comercial, bancos, praças e ruas principais, ajudando a coibir a ação de vândalos e criminosos, favorecendo na preservação do patrimônio público. Além disso, colabora também com as Polícias Civil e Militar promovendo auxilio às investigações, caso haja alguma indicação de delito, com a captação das imagens, os investigadores terão acesso a informações relevantes que ajudarão na elucidação de crimes. O custo da benfeitoria para Brazlândia e Incra 8 é de aproximadamente quatrocentos mil reais, os recursos foram liberados através de emenda parlamentar do Deputado Iolando Almeida (PSC).

Mais investidores chegando em Brazlândia

Por: Samuel Barbosa

Na manhã desta sexta-feira (26) o administrador de Brazlândia, Cel. Jesiel Rosa, foi convidado a conhecer o mais novo investimento comercial em Brazlândia. Com 64 anos de tradição no ramo de eletromóveis, a rede de lojas Novo Mundo inaugurou, no dia 24, mais uma de suas lojas em novo formato adotado pela rede e batizado de NovoMundo.com. Desta vez quem ganhou uma nova loja foi Brazlândia. A unidade está instalada no Centro Comercial da cidade.

Jesiel Rosa aproveitou e visitou também as Lojas Magazine Luiza e Americanas, que já se instalaram na cidade há alguns meses. As três novas lojas, estão gerando centenas de empregos, sendo parte deles, exclusivamente para moradores de Brazlândia.

O administrador salientou que o Governo do Distrito Federal (GDF) têm dado suporte necessário para Brazlândia, liberando as emendas parlamentares do deputado Iolando Almeida (PSC), que é morador da cidade. "Tudo isso permite a realização de melhorias estruturais, ofertando maior qualidade de vida aos moradores e atraindo mais investidores o que garante geração de novos empregos para a população e desenvolvimento sustentável", comemorou Jesiel.

Estacionamentos

Nos últimos meses a Administração de Brazlândia construiu quatro novos estacionamentos públicos, ampliando a oferta de vagas para maior comodidade para os motoristas e também aos comerciantes locais e clientes na hora de fazerem suas compras.

Os recursos para a construção dos estacionamentos também foram garantidos por meio de emenda parlamentar do deputado Iolando Almeida, que alocou cerca de quinhentos mil reais (R$ 500,000,00) na Administração Regional de Brazlândia para a execução destas obras.

Oportunidade

A Magazine Luiza está com oportunidades para jovens aprendizes

Responsabilidades da Oportunidade

– Auxiliar nas atividades administrativas e rotinas de vendas da loja;

– Auxiliar no pré-atendimento ao cliente;

– Apoiar os vendedores na organização das promoções do dia;

– Auxiliar no atendimento telefônico da loja;

– Auxiliar na organização, elaboração e manutenção de arquivos;

– Apoiar na realização de telemarketing;

– Encantar e servir aos clientes através do atendimento.

Requisitos

Para ser Jovem Aprendiz no Magalu, você precisa:

– Ter entre 16 e 19 anos;
– Estar cursando ou já ter finalizado o Ensino Médio;
– Não estar cursando Ensino Superior.

Os interessados devem acessar o site e fazer o cadastro:

https://www.99jobs.com/magazine-luiza/jobs/127781-jovem-aprendiz

A Administração Regional de Brazlândia está trabalhando para evitar transtornos em relação a alagamentos com bocas de lobos entupidas e trabalha continuamente realizando os serviços de manutenção diária em toda cidade, com apoio da Novacap.

O Governo do Distrito Federal (GDF) vai investir R$ 35 milhões para reformar nove feiras da capital. O anúncio das obras foi feito nesta quarta-feira (24), durante a cerimônia que marcou a prorrogação, até 31 de junho de 2021, da suspensão da cobrança de pagamento de preço público para feirantes, ambulantes e quiosqueiros que ocupam áreas públicas. Ambas as medidas foram comemoradas por representantes dessas categorias presentes ao ato, no Palácio do Buriti.

Neste primeiro momento serão contempladas as seguintes feiras: Núcleo Bandeirante, Candangolândia, Riacho Fundo, Gama, Taguatinga (M Norte), São Sebastião, Santa Maria, Cruzeiro e Sobradinho. Destas, já estão passando por reparos as unidades da Candangolândia, Riacho Fundo, Gama e M Norte. As outras serão reformadas na sequência.

“São R$ 35 milhões para o maior programa de reforma de feiras da história do DF. Vamos começar a reforma pelos pisos, boxes e depois que passar o período de chuvas corrigir os telhados”, afirmou o governador Ibaneis Rocha ao comentar a importância dessas obras.

“São R$ 35 milhões para o maior programa de reforma de feiras da história do DF. Vamos começar a reforma pelos pisos, boxes e depois que passar o período de chuvas corrigir os telhados”Governador Ibaneis Rocha

“A população do DF tem pelas feiras um respeito muito grande. As famílias, aos finais de semana, frequentam as feiras para adquirir seus produtos. Buscamos uma parceria para trazer melhorias para esses espaços, que estavam em sua maioria abandonados. Faremos um grande plano de renovação dessas feiras”, acrescenta o chefe do Executivo local.

As obras são empreendidas pela Companhia Urbanizadora da Nova Capital (Novacap). O presidente da companhia, Fernando Leite, lembra que os trabalhos atendem uma demanda antiga dos feirantes.

“É uma notícia excelente para esse público. Os investimentos contemplam uma lista grande, que chamamos de plano de necessidades, para consertar tudo aquilo que eles necessitam. A reforma contempla piso, banheiro, telhado, instalações elétricas e hidráulicas, segurança, acessibilidade, cercamento, entre outros serviços”, explica o gestor.

Suspensão da cobrança de preço público

Também nesta quarta-feira, o governo anunciou a prorrogação da suspensão da cobrança do pagamento de preço público até 31 de junho deste ano.  Ratificada por meio de um decreto a medida, beneficia milhares de feirantes, quiosqueiros, donos de bancas, produtores e ambulantes. O texto passa a valer quando for publicado no Diário Oficial do DF (DODF), nos próximos dias.

O decreto assinado pelo governador Ibaneis Rocha regulamenta a Lei nº 6.576/2020, que autoriza o Poder Executivo a prorrogar, suspender ou isentar de pagamento de preço público durante situações de calamidade pública e desastre.

O texto representa um alívio econômico em tempos difíceis e abrange todos os autorizatários, permissionários ou concessionários ocupantes de feiras livres e permanentes, shoppings populares, quiosques, lojas em terminais rodoviários e metroviários, galerias, trailers, bancas de jornais e revistas, faixas de domínio do sistema rodoviário do Distrito Federal, da Centrais de Abastecimento do Distrito Federal (Ceasa) e de parques públicos, bem como o comércio ambulante em geral.

Confira, abaixo, os beneficiados pelo decreto:

  • 38 feiras permanentes e shoppings populares;
  • 17 mil feirantes;
  • 3. 456 bancas de jornais;
  • 5.600 quiosqueiros;
  • 271 mobiliários urbanos em terminais rodoviários;
  • 400 produtores da Ceasa;
  • 900 quiosques na área de domínio do DER;
  • Ambulantes.

Também fica suspensa a cobrança do pagamento das parcelas referentes aos acordos firmados em razão de atraso ou inadimplemento do preço público entre a administração pública e esses profissionais. Também não haverá incidência de juros ou correção monetária no preço público, ou em parcelas já acordadas com o Poder Público, durante o período previsto no decreto.

A suspensão do pagamento está prevista em situações de calamidade pública e desastre

A suspensão do pagamento está prevista em situações de calamidade pública e desastre. Elas se caracterizam por eventos anormais decorrentes de baixas ou altas temperaturas, tempestades, enchentes, inversão térmica, desabamentos, incêndios, epidemias ou pandemias, causadores de sérios danos à região afetada, inclusive à segurança, e outras situações imprevistas ou decorrentes de caso fortuito.

Para o presidente da União dos Proprietários de Trailers, Quiosques e Similares do DF (Unitrailers-DF), Luiz Ribeiro, a prorrogação é fundamental. “A pandemia veio, e nossos estabelecimentos ficaram fechados por muito tempo. É de suma importância esse ato do governo para aquecermos a economia. Se você imaginar que dentro de cada quiosque nós temos uma família e a geração de, no mínimo, cinco empregos em cada quiosque, temos um número muito grande de pessoas atingidas. Nós somos em torno de 25 mil permissionários; então, se multiplicar por cinco, vai além de 100 mil pessoas”, analisa.

O presidente do Sindicato dos Feirantes do DF (Sindifeira-DF), Francisco Valdenir Machado Elias, reforça a avaliação de Luiz Ribeiro: “Chega em boa hora, porque estamos passando muita dificuldade dentro das feiras para honrar nossos compromissos. É uma medida muito boa para os feirantes do DF”.

O que é preço público?

O preço público é o pagamento que permissionários fazem pela utilização da área no exercício de sua atividade econômica, seja ela quiosque, trailer ou banca de feira. A arrecadação é feita em conta única do Tesouro do DF, e sua cobrança e/ou recolhimento não asseguram ao ocupante a regularização da ocupação ou a emissão do Termo de Permissão de Uso, como explica o artigo 2º de ambas as portarias.

E quando voltar à normalidade?

Quando a situação de calamidade passar, os permissionários vão encontrar uma nova realidade. Duas portarias conjuntas publicadas no Diário Oficial pelo DF Legal e as secretarias de Economia e de Governo aperfeiçoaram o cadastro e a cobrança do preço público por quiosques, trailers e bancas de feiras. Todos os procedimentos serão feitos exclusivamente por meio do Sistema Integrado de Serviços e Ações Fiscais (Sisaf), disponibilizado pelo DF Legal.

A medida significa um avanço para a administração pública, que terá um cadastro mais atualizado e fidedigno desses profissionais, além de um sistema de cobrança mais eficiente. A plataforma não é nova, mas era utilizada somente pela pasta. Até o ano passado, as administrações regionais também emitiam boletos para pagamento do preço público. Agora, a cobrança e a arrecadação serão unificadas e gerenciadas pelo Sisaf.

As duas portarias também definem que, além do DF Legal, o acesso ao sistema será compartilhado com as administrações regionais e as secretarias de Economia e Executiva das Cidades.

A Secretaria de Desenvolvimento Social (Sedes) disponibilizou no site da pasta um novo mecanismo de consulta pública do Código Familiar para pessoas inscritas no Cadastro Único residentes no Distrito Federal. A medida é uma forma de facilitar a inscrição das famílias que desejam participar do programa Habilitação Social, conhecido como CNH Social.

O programa oferece às famílias em vulnerabilidade social a oportunidade de emitir gratuitamente a primeira carteira de habilitação. O Código Familiar é o número de identificação de cada lar junto ao Cadastro Único, ou seja, cada família tem o seu próprio código. E esse é o número que deve ser utilizado no ato da inscrição da Habilitação Social.

Tanto a consulta por NIS e/ou pelo CPF só é possível se o beneficiário for cadastrado no Distrito Federal, assim como a inscrição no CNH, que é um programa do Governo do Distrito Federal em parceria com o Departamento de Trânsito (Detran-DF)

As famílias podem consultar o número de seu Código Familiar inserindo NIS ou CPF no site oficial da Sedes, na aba “Serviços”, em “Consulta Código Familiar”. No link, o usuário pode acessar o código com o número do Cadastro Pessoa Física (CPF).

Vale lembrar que a consulta pelo CPF somente é possível se na data da última entrevista o responsável familiar tiver informado o CPF da pessoa. Caso o beneficiário não consiga o Código Familiar por meio do CPF, ele deve efetuar a consulta utilizando o NIS, que está disponível na opção “Consulta NIS”.

Tanto a consulta por NIS e/ou pelo CPF, porém, só é possível se o beneficiário for cadastrado no DF, assim como a inscrição no CNH, que é um programa do Governo do Distrito Federal em parceria com o Departamento de Trânsito (Detran/DF). O link identifica apenas as famílias cadastradas no DF.

Benefício

A inserção do Código Familiar é pré-requisito para participação no programa Habilitação Social. As inscrições vão até o dia 16 de março e devem ser feitas somente no site do Detran.

A expectativa é beneficiar cinco mil pessoas de baixa renda inscritas ao Cadastro Único. Só podem concorrer ao benefício as famílias que já estavam inseridas no Cadastro Único até 15 de janeiro de 2021. Inclusões realizadas após essa data não terão validade para o programa.

Pelos critérios sociais, serão priorizados os egressos do serviço de acolhimento institucional, com deficiência e que integram famílias chefiadas por mulheres com crianças de 0 a 6 anos, entre outros.

As vagas serão ofertadas na seguinte proporção: habilitação nas categorias A ou B – 40% das vagas, adição de categoria A ou B – 20%, alteração para as categorias C, D ou E– 20%, renovação – 10% e troca pela habilitação definitiva – 10%.

AGÊNCIA BRASÍLIA* | EDIÇÃO: RENATA LU

*Com informações da Sedes

Novos horários de atendimento da Junta Militar, na Administração de Brazlãndia

Desde do dia 12/02/2021 os horários de atendimento presencial são:

– Segunda a quinta- feira das 8h às 12h e das 14h às 17h, após esse horário até as 18h expediente interno.

– Sexta- feira das 8h às 12h atendimento ao público, das 14h às 18h expediente interno. 

Dúvidas: whatsapp – 61 99808-2505

Por: Samuel Barbosa

Na manhã desta sexta-feira (19) o administrador de Brazlândia Jesiel Rosa, acompanhado do Gerente de Apoio Rural, J. Lima, o Neném, fizeram uma visita a uma propriedade rural do senhor Reinaldo da Silva Romeiro, no Incra 07, que trabalha com o cultivo da uva.

Durante a visita os agentes públicos conheceram as técnicas de plantio e a forma correta do cultivo da fruta que tem dois hectares plantados, no qual, segundo a estimativa do produtor, é possível colher até quarenta toneladas de uvas por ano.

Jesiel trabalha com foco no projeto “Brazlândia 100 anos”, já que em 2033 a cidade será centenária, e “cidade empreendedora”, um projeto de parceria do Sebrae com o Governo do Distrito Federal (GDF), que pretende premiar as melhores práticas de gestão pública das administrações regionais do DF, a qual possa contribuir efetivamente com projetos de foco no empreendedorismo, estimulando, assim,  novos negócios para o futuro. Nesta visão, o administrador faz gestão para abrir mais uma frente de possibilidades agrícolas na cidade, desta vez, em viticultura.

O administrador alertou que há especulações de que a região é propícia para o cultivo da uva de mesa ou de vinho. Para comprovar essa possibilidade, o chefe do executivo local visitou o produtor que tem apresentado bons resultados nesta atividade. “Estamos buscando parceria com a Secretaria de Agricultura, Emater e proprietários rurais que desejem investir nesse empreendimento”, frisou Jesiel.

Zona Rural de Brazlândia

Brazlândia é uma cidade que se destaca na agricultura e no cultivo de tomatesgoiabas e morangos. É responsável por quase 60% do abastecimento agrícola do Distrito Federal e Entorno. A área rural possui aproximadamente 417 hectares de produção de frutas de qualidade das mais variadas espécies, na qual contribui para movimentar a economia local com geração de renda e emprego.

Produção de uvas no Brasil

Segundo dados da pesquisa PAM – Produção Agrícola Municipal de 2018 do IBGE – Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística, a produção de uvas no Brasil, em 2018, foi de 1.592.242 toneladas.

#brazlandiaprodutoradeuva #brazlandianarotadoturismo #brazlandiafeiradagoiaba #brazlandiafestadomorango #brazlandianocaminhodafé

 

Por: Samuel Barbosa

Na manhã desta quinta-feira (18) foram plantadas cerca de mil mudas de árvores nativas no Sítio Serra Dourada, no Capão da Onça. A ação de reflorestamento visa a compensação da retirada de pinheiros das laterais das estradas que estavam causando acidentes, além de ajudar na preservação das nascentes do Rio Descoberto. Pela programação até o final deste ano, serão 50 mil mudas plantadas.

A ação contou com a participação e a parceria da Administração Regional de Brazlandia, 5º DER/DF, ICMBIO, IBRAM e Flona Nacional.

O Rio Descoberto é responsável por cerca de 65% do abastecimento de água potável para Brasília. 

#brazlandia100anos

Por: Samuel Barbosa

Em reunião realizada na manhã desta quinta-Feira (18) o administrador de Brazlândia, Cel. Jesiel Rosa e equipe, receberam um grupo de empresários interessados em desenvolver na cidade, um projeto com a finalidade de construção de uma Central Geradora de Energia Solar Fotovoltaica. Um empreendimento que contribuirá para o desenvolvimento econômico e ambientalmente sustentável para Brazlândia, alinhando a região ao movimento mundial de descarbonização do planeta, como o “Acordo de Paris”, por exemplo.

Além disso, com a construção e funcionamento da usina, serão gerados cerca de 75 empregos diretos contribuindo com o programa de retomada do crescimento econômico do governo na região de Brazlândia.

O projeto encontra-se em análise na Central de Aprovação de Projetos – CAP – da Secretaria de Estado de Desenvolvimento Urbano e Habitação do Governo do Distrito Federal.

De acordo com Jesiel Rosa a intenção é atrair empresas e instituições que promovam emprego e renda com o compromisso de um desenvolvimento sustentável. “Nossa vocação como cidade nos impõe a necessidade destes cuidados para com nosso setor. Todos empresários ao buscar parcerias já são orientados a também se comprometerem com esta visão”, declarou Jesiel.

#Brazlandia2033

#Brazlandia100anos

Por: Samuel Barbosa  

Na tarde desta quinta-feira (11) o Secretário de Governo, José Humberto Pires, e o Secretário Executivo de Cidades, Valmir Lemos, realizaram uma visita de trabalho na administração Regional de Brazlândia e foram recebidos pelo administrador da cidade, Jesiel Rosa, pelo chefe de gabinete, Marcelo Gonçalves, e pelo deputado Iolando Almeida (PSC).

Durante o encontro o administrador fez um balanço sobre as ações desenvolvidas na cidade,  entre elas a construção de estacionamentos, calçadas com acessibilidade, revitalização do lago Veredinha, redes de drenagens de águas pluviais, trocas de lâmpadas comuns por tecnologia de Led, recuperação asfáltica, instalação de videomonitoramento, além de outros serviços que mantém a cidade progredindo estruturalmente.

Na oportunidade, Jesiel Rosa pautou alguns planejamentos e obras para serem executadas este ano em Brazlândia. São projetos como a reforma da rodoviária, a conclusão do projeto para construção do galpão do Parque de Exposição Agropecuário e a reforma e ampliação do hospital de Brazlândia.

O secretário José Humberto ouviu atentamente as solicitações e reforçou que o trabalho de acompanhar os serviços das administrações de perto é de suma importância, pois assim oferece suporte necessário para desburocratizar e acelerar os processos diretamente com as pastas envolvidas.

Como resultado do encontro, após as tratativas, via telefone, o secretário adiantou que até o dia 3 de março o projeto de reforma da rodoviária estará pronto para ser licitado, o que garantirá o início das obras ainda neste semestre. A área do Parque de exposições já passando por uma limpeza e cercamento do espaço. Enquanto isso, está sendo preparado um convênio junto à secretaria de agricultura para receber emendas parlamentares, o que possibilitará a licitação e, após a construção dos galpões.

Para o deputado Iolando Almeida a reforma e ampliação do hospital de Brazlândia é bastante urgente, pois é uma necessidade da população e um projeto cobrado pelos moradores há muito tempo, por isso solicitou empenho do secretário para acelerar esse projeto. No entanto José Humberto garantiu que já está pronto e o processo de licitação está bem acelerado e, em breve, estará anunciando o início dessa tão importante obra para Brazlândia.

O secretário executivo das Cidades, Valmir Lemos, destacou que as visitas nas administrações regionais é uma oportunidade de conhecer suas necessidades de perto, priorizar e dar andamento aos trabalhos mais importantes na prestação dos serviços públicos à população.

Ao final da reunião os secretários avaliaram a atuação da administração com notas 9.5 e 9.8 e se colocaram à disposição para continuar articulando com os órgãos do Governo do Distrito Federal a desburocratização de todos os processos, uma vez que as ações visam trazer melhorias na infraestrutura e no desenvolvimento de Brazlândia.

Paulo Almeida
Ascom/Setur-DF

O artesanato brasiliense está ganhando um novo impulso e vem se consolidando como uma importante fonte de renda, geração de emprego e oportunidades para milhares de famílias no Distrito Federal. A valorização é resultado de ações integradas do atual Governo que, por meio da Secretaria de Turismo (Setur-DF), desde 2019, vem trabalhando para oferecer mais oportunidades aos talentos da cidade, como a disponibilização de espaços para a comercialização dos produtos, chances de qualificação, visibilidade e a Carteira Nacional do Artesão, que habilita este trabalhador legalmente em todo o Brasil. O documento oferece ainda a possibilidade de participação em eventos locais, nacionais e internacionais. De acordo com a Setur-DF, entre 2019 e 2020, a pasta já emitiu 1.466 Carteiras e renovou 725. Foram 45 eventos fomentados apenas em 2019 e mais de 30 em 2020, além da oportunidade de comercialização nas lojas permanentes: uma localizada no Alameda Shopping e outra no Pátio Brasil. Ações que geraram, nos últimos dois anos, R$ 1.375.660,47 em vendas e beneficiaram mais de cinco mil famílias.

Mas a valorização do artesanato pelo Governo na capital federal vai muito além dos números. Ao observarmos o seu impacto, notamos como esta arte tem o poder de transformar vidas e contar histórias que nos emocionam. Um exemplo é o trabalho que a Setur-DF está realizando no Centro de Convivência e Fortalecimento de Vínculos Granja das Oliveiras, no Recanto das Emas, local em que o artesanato, ao chegar, descobriu um talento que até aquele momento não havia sido revelado.

Esta é a história de Carlos Fabrício Domingues da Silva, 35 anos. Nascido em Montes Claros (MG) e recém chegado a Brasília, ele encontrou na arte a esperança de uma vida melhor. “Sempre tive disposição para trabalhar, mas nunca oportunidade. E quando eu cheguei a Brasília, eu não sabia nada sobre o artesanato, mas fui aprendendo com os moradores de rua. Primeiro eu aprendi a fazer flores de lótus e comecei a sair vendendo para fugir da fome. Mas há um mês, quando eu tive a oportunidade de conhecer a secretária de Turismo Vanessa, tudo mudou. Ela viu que meu trabalho tinha futuro, me apresentou a sua equipe, a minha professora, e agora estou esforçando para aprender muito mais coisas". De olho no futuro ele  comemora. "Uma nova porta se abriu em minha vida e me mostrou um mundo novo que eu não conhecia. Me senti gente pela primeira vez”, revela Fabrício, que já está ensinando o novo ofício aos colegas do abrigo. “Eu vejo meus amigos admirando o que eu faço e eu também quero ensinar. De graça eu aprendi, de graça vou passar pra frente. É uma oportunidade de trabalho”, afirmou o aprendiz, que já faz chapéus, flores, porta guardanapos, sousplat, entre outros objetos decorativos.

A história de Carlos é um exemplo de como o empreendedorismo social pode se destacar dentro do artesanato e ajudar a comunidade. “O Carlos é um aprendiz de muito talento e o que estamos fazendo é lapidar esse conhecimento. Ele já trabalhava com palha, mas precisava encontrar um ponto mais firme do acabamento. Também definimos os materiais de uso. Escolhemos, por agora, trabalhar com a bananeira, por ser uma fibra resistente, de fácil manuseio e fácil de encontrar. E como a intenção com este trabalho social é o repasse do saber aqui dentro do abrigo, a folha de bananeira tem outra vantagem: é uma matéria-prima que pode ser trabalhada com divisão de tarefas, criando uma cadeia produtiva em série. Assim, todos têm a oportunidade de aprender”, afirma Roze Mendes, Mestre artesã da Setur-DF.

O psicólogo do abrigo, Matheus Aguiar Carvalho, reforça a importância da iniciativa. “O trabalho da Secretaria de Turismo com o artesanato é um recomeço para muitas pessoas. No caso do Carlos e os demais que estão aqui, é uma oportunidade para eles saírem da situação de vulnerabilidade e terem, de fato, uma renda. O início de algo que é deles”, disse.

 “O que o nosso Governo vem buscando, desde o início dessa gestão, é oferecer oportunidades de trabalho a nossa população. E o artesanato tem o poder de revelar talentos. Não é assistencialismo. O que fazemos, por meio da nossa Secretaria, é oferecer recursos para incluir os nossos artesãos na cadeia produtiva, oferecendo a eles os mecanismos necessários para a geração de renda. E quando conseguimos ainda realizar sonhos e promover a esperança de uma vida melhor, fazendo a diferença para tantas famílias, é muito gratificante. Temos a certeza de que estamos no caminho certo”, concluiu a Secretária de Turismo do DF, Vanessa Mendonça.

 

 Por: Samuel Barbosa

O governador Ibaneis Rocha inaugurou um pacote de obras realizadas em Brazlândia, na manhã desta terça-feira (9/2). Acompanhado do deputado Iolando Almeida (PSC), do administrador de Brazlândia, Jesiel Rosa, secretários de governo e demais autoridades e convidados, o governo apresentou oficialmente a conclusão da pavimentação de 11 quilômetros da rodovia DF 001, próximo a Morada dos Pássaros, a Escola Técnica de Brazlândia e mais diversas obras executadas na cidade como a construção de três estacionamentos públicos em áreas comerciais; reforma, ampliação e construção de estacionamentos em mais de 32 escolas públicas da cidade; execução de galerias de águas pluviais e pavimentação asfáltica da quadra 35 e câmeras de videomonitoramento e também inaugurou a reforma da Agência do Trabalhador, em Brazlândia.

O deputado Iolando Almeida (PSC) destacou que tem destinado a maior parte de suas emendas parlamentares para Brazlândia e o governo tem priorizado todas as áreas da cidade, liberando os recursos e tornando Brazlândia uma das cidades mais assistidas em infraestrutura, garantindo, assim, o desenvolvimento. Iolando destacou que com ajuda do governador Ibaneis Rocha e toda equipe de governo, 32 escolas públicas da cidade receberam melhorias em reformas, pinturas, construção de estacionamentos, mobiliários e equipamentos melhorando os ambientes escolares.

O governador Ibaneis lembrou que mesmo durante a pandemia, as equipes do governo, as secretárias e as administrações regionais, mantiveram as obras em funcionamento e durante esse período foram mais de 385 escolas reformadas. “Nossas crianças e jovens voltarão às aulas em ambientes totalmente cuidados”, comemorou.

DF 001

A obra de pavimentação asfáltica (de 8,2 km) da Estrada Parque Contorno (DF-001), é uma reivindicação antiga da população. O trecho que fica entre a DF-430 e a DF-220, no Núcleo Rural Morada dos Pássaros, em Brazlândia era uma obra aguardada há mais de 20 anos. E nesta data foi entregue totalmente pronta pelo governador Ibaneis Rocha e o deputado Iolando Almeida (PSC). Ela beneficia cerca de 40 mil produtores e 35 mil motoristas que trafegam pela via diariamente e agora terão mais segurança e comodidade. Os recursos investidos foram de aproximadamente R$ 14,5 milhões.

Escola Técnica de Brazlândia

Mais um presente entregue à comunidade de Brazlândia e o mais esperado. Desta vez uma Escola Técnica, a qual trará à cidade muito benefício, especialmente aos jovens. A unidade fica ao lado do Centro Olímpico, na Vila São José e hoje foi oficialmente inaugurada. A Escola foi construída com um investimento de cerca de R$ 14 milhões e vai oferecer 340 vagas distribuídas nas áreas de técnicos em enfermagem, informática e de formação inicial e continuada para cuidador infantil e operador de computador.

Com uma área construída de 5.577,39 metros quadrados, a unidade tem capacidade para atender cerca de dois mil alunos. São doze salas de aula, oito laboratórios, biblioteca, auditório, teatro, arena, refeitório, área de convivência e administrativa, cozinha e quadra poliesportiva coberta.

Em seu discurso, o deputado Iolando Almeida (PSC) fez menção ao ex-deputado Juarezão em reconhecimento aos esforços do ex-parlamentar, que durante seu mandato, lutou para trazer a escola para a cidade e hoje pôde ser inaugurada.

O governador Ibaneis Rocha lembrou que a necessidade da construção da escola ganhou força após um acidente na BR-080, onde cinco estudantes de enfermagem sofreram um acidente fatal, quando retornavam de uma escola técnica no Valparaiso (GO), elas faziam o curso técnico de enfermagem longe de suas casas e em outro Estado.

Os cursos que serão oferecidos na escola capacitarão os alunos para o mercado de trabalho, o qual está cada vez mais competitivo e a procura de profissionais qualificados e especializados. Será uma grande oportunidade profissional para os moradores de Brazlândia, especialmente os jovens, e cidades vizinhas.

Agência do Trabalhador

Funcionando há 29 anos no espaço próximo a rodoviária de Brazlândia e sem nunca ter passado por reformas, o prédio onde funciona a Agência do Trabalhador em Brazlândia, passou por reforma geral. O local agora conta com uma área para processo seletivo, atendimento ao microempreendedor individual, qualificação profissional e brinquedoteca. Segundo o secretário do trabalho Thales Mendes, com os atendimentos realizados na unidade, somente em 2020 foram atendidas nove 9 mil pessoas e mais 1.080 foram encaminhadas para preencherem vagas de empregos no mercado.

Em suas palavras, o governador Ibaneis Rocha, ressaltou que 2021 será o ano do emprego. “Estou muito feliz em inaugurar as reformas desta agência do trabalhador com os espaços modernos, porque neste ano, estamos trabalhando para a retomada do crescimento econômico, com isso vamos gerar muitos empregos e atender os que precisam se posicionar no mercado de trabalho”, estima o governador.

Revitalização da rodoviária de Brazlândia

O governador aproveitou a oportunidade para reafirmar que o projeto de reforma da Rodoviária de Brazlândia está a caminho. Segundo o chefe do executivo, o projeto está sendo concluído pela Secretaria de Mobilidade do Distrito Federal (Semob-DF) e deverá ficar pronto no próximo mês. Com o projeto pronto, inicia-se a licitação e até o final do ano o terminal deverá ser entregue a população.

 

Por: Samuel Barbosa

Brazlândia na Rota do Turismo. Assim ficou definido o resultado de um encontro realizado hoje (8) pela manhã, no auditório da Administração Regional de Brazlândia, com a participação do administrador de Brazlândia, Jesiel Rosa, do deputado Iolando Almeida (PSC), da secretária de Turismo do Distrito Federal, Vanessa Mendonça, de representantes das agências de turismo, do setor hoteleiro, artesões de Brazlândia e região, além de convidados.

Durante o encontro foi veiculado um vídeo mostrando as obras executadas na cidade, por meio da administração de Brazlândia, com as emendas do deputado Iolando Almeida, nestes dois anos de gestão do governo. E todo este trabalho executado fez com que a cidade não parasse e valeu a pena, pois isto despertou o interesse da administração regional em inserir Brazlândia nos eixos turísticos do Distrito Federal.

Protagonista do projeto, o administrador da cidade, Jesiel Rosa, destacou em suas palavras que Brazlândia tem um enorme potencial turístico que merece ser conhecido por todos os brasileiros. “Estamos passando por tempos de transformação e Deus têm permitido conquistas para nós moradores de Brazlândia. Com o empenho do deputado Iolando, estamos avançando em todas as áreas, principalmente no setor econômico, onde grandes empresas estão se instalando na cidade e gerando empregos e fortalecendo a nossa economia. Com o apoio da secretaria de Turismo, estamos trabalhando juntamente com os empreendedores de Brazlândia e região para oferecer mais estrutura, qualificar melhor nossos serviços e, assim, sermos inseridos na Rota do Turismo do Distrito Federal, colocando a cidade no cenário nacional como destino turístico”, destacou Jesiel.

De acordo com a Secretária de Turismo do Distrito Federal, Vanessa Mendonça, o trabalho que a pasta vem realizando desde o primeiro dia de gestão, para fortalecer a cadeia turística da capital, é o resultado de integração de toda a equipe de Governo com a liderança do Governador. Vanessa disse que o trabalho da sua equipe está focado em resgatar ações e projetos parados há anos e, assim, estruturar Brasília para ser a capital do turismo acessível e Brazlândia está inserida nesse projeto. “Temos o desafio em colocar todas as regiões administrativas como rota turística explorando o potencial de cada uma. Brazlândia é uma cidade que está dentro do nosso cronograma. Vamos criar o Centro de Atendimento ao Turista e um guia, em português e inglês, com visita guiada e ainda ajudar a promover as festas do morango e da goiaba, com ações diretas da secretaria de Turismo. “Estamos no momento certo e na hora certa para que nossas ações em Brazlândia sejam implantadas destacando o potencial turístico da cidade para que todos os visitantes que vem à Brasília, possam escolher a cidade como destino”, afirmou a secretária.

De acordo com o deputado Iolando Almeida (PSC) a equipe da administração de Brazlândia trabalha na recuperação dos espaços públicos visando melhorar a infraestrutura para que a cidade se desenvolva em todas as áreas, inclusive, no turismo. “Sinto-me feliz em ver nossa cidade progredindo no ramo de turismo. Nós somos a cidade com a maior produção de hortifrutigranjeiros do DF; somos responsáveis pelo fornecimento de 65% de água potável para Brasília; Temos a maior Festa do Morango de Brasília; a Festa da Goiaba; o Encontro da Mãe com o Filho; a Marcha para Jesus; Encontro de Folia de Reis e do Divino Espírito Santo, entre outros eventos tradicionais”, relembrou Iolando.

O distrital frisou ainda que a cidade oferece ao visitante, o turismo de aventura ecológico; esportivo; ecoturismo; pesca; rural e cultural e uma boa infraestrutura com hotéis e restaurantes rurais que oferecem comidas típicas e pousadas, além de outros espaços próprios para o visitante conhecer e aproveitar todos os benefícios. O parlamentar disse ainda que Brazlândia vai ganhar um portal na entrada da cidade destacando a festa do morango e suas riquezas naturais.

Proprietário da Chapada Imperial, Marcelo Imperial, destacou o trabalho que o Governo do Distrito Federal vem realizando no setor e agradeceu a iniciativa da administração em promover o encontro dos agentes do setor turístico com a secretaria de turismo. “Estou feliz e emocionado em participar desse momento único onde fomos convidados para opinar pela primeira vez sobre o assunto. Brazlândia está reconhecendo o turismo como potencial para o desenvolvimento econômico e sustentável”, comemorou o empresário. Marcelo disse ainda que já está trabalhando em novos empreendimentos turísticos para a cidade.

Segurança

Recentemente a cidade ganhou reforço na segurança com a chegada de novos policiais, também o funcionamento da delegacia 24 horas e a instalação do sistema de videomonitoramento com quase quarenta câmeras, na qual a polícia acompanha em tempo real diversos pontos da cidade. As câmeras tem ângulo de 360 graus com reconhecimento facial e de placa de carro, o que facilita a identificação em casos de roubos a veículos.

As câmeras serão monitoradas 24 horas por dia pela Secretaria de Segurança Pública (SSP/DF), além de uma central de monitoramento no quartel da polícia em Brazlândia. As imagens são transmitidas em tempo real diretamente para a sala de controle, que dependendo da situação, acionará a viatura mais próxima do local.

    

Por: Samuel Barbosa

Brazlândia na Rota do Turismo. Assim ficou definido o resultado de um encontro realizado hoje (8) pela manhã, no auditório da Administração Regional de Brazlândia, com a participação do administrador de Brazlândia, Jesiel Rosa, do deputado Iolando Almeida (PSC), da secretária de Turismo do Distrito Federal, Vanessa Mendonça, de representantes das agências de turismo, do setor hoteleiro, artesões de Brazlândia e região, além de convidados.

Durante o encontro foi veiculado um vídeo mostrando as obras executadas na cidade, por meio da administração de Brazlândia, com as emendas do deputado Iolando Almeida, nestes dois anos de gestão do governo. E todo este trabalho executado fez com que a cidade não parasse e valeu a pena, pois isto despertou o interesse da administração regional em inserir Brazlândia nos eixos turísticos do Distrito Federal.

Protagonista do projeto, o administrador da cidade, Jesiel Rosa, destacou em suas palavras que Brazlândia tem um enorme potencial turístico que merece ser conhecido por todos os brasileiros. “Estamos passando por tempos de transformação e Deus têm permitido conquistas para nós moradores de Brazlândia. Com o empenho do deputado Iolando, estamos avançando em todas as áreas, principalmente no setor econômico, onde grandes empresas estão se instalando na cidade e gerando empregos e fortalecendo a nossa economia. Com o apoio da secretaria de Turismo, estamos trabalhando juntamente com os empreendedores de Brazlândia e região para oferecer mais estrutura, qualificar melhor nossos serviços e, assim, sermos inseridos na Rota do Turismo do Distrito Federal, colocando a cidade no cenário nacional como destino turístico”, destacou Jesiel.

De acordo com a Secretária de Turismo do Distrito Federal, Vanessa Mendonça, o trabalho que a pasta vem realizando desde o primeiro dia de gestão, para fortalecer a cadeia turística da capital, é o resultado de integração de toda a equipe de Governo com a liderança do Governador. Vanessa disse que o trabalho da sua equipe está focado em resgatar ações e projetos parados há anos e, assim, estruturar Brasília para ser a capital do turismo acessível e Brazlândia está inserida nesse projeto. “Temos o desafio em colocar todas as regiões administrativas como rota turística explorando o potencial de cada uma. Brazlândia é uma cidade que está dentro do nosso cronograma. Vamos criar o Centro de Atendimento ao Turista e um guia, em português e inglês, com visita guiada e ainda ajudar a promover as festas do morango e da goiaba, com ações diretas da secretaria de Turismo. “Estamos no momento certo e na hora certa para que nossas ações em Brazlândia sejam implantadas destacando o potencial turístico da cidade para que todos os visitantes que vem à Brasília, possam escolher a cidade como destino”, afirmou a secretária.

De acordo com o deputado Iolando Almeida (PSC) a equipe da administração de Brazlândia trabalha na recuperação dos espaços públicos visando melhorar a infraestrutura para que a cidade se desenvolva em todas as áreas, inclusive, no turismo. “Sinto-me feliz em ver nossa cidade progredindo no ramo de turismo. Nós somos a cidade com a maior produção de hortifrutigranjeiros do DF; somos responsáveis pelo fornecimento de 65% de água potável para Brasília; Temos a maior Festa do Morango de Brasília; a Festa da Goiaba; o Encontro da Mãe com o Filho; a Marcha para Jesus; Encontro de Folia de Reis e do Divino Espírito Santo, entre outros eventos tradicionais”, relembrou Iolando.

O distrital frisou ainda que a cidade oferece ao visitante, o turismo de aventura ecológico; esportivo; ecoturismo; pesca; rural e cultural e uma boa infraestrutura com hotéis e restaurantes rurais que oferecem comidas típicas e pousadas, além de outros espaços próprios para o visitante conhecer e aproveitar todos os benefícios. O parlamentar disse ainda que Brazlândia vai ganhar um portal na entrada da cidade destacando a festa do morango e suas riquezas naturais.

Proprietário da Chapada Imperial, Marcelo Imperial, destacou o trabalho que o Governo do Distrito Federal vem realizando no setor e agradeceu a iniciativa da administração em promover o encontro dos agentes do setor turístico com a secretaria de turismo. “Estou feliz e emocionado em participar desse momento único onde fomos convidados para opinar pela primeira vez sobre o assunto. Brazlândia está reconhecendo o turismo como potencial para o desenvolvimento econômico e sustentável”, comemorou o empresário. Marcelo disse ainda que já está trabalhando em novos empreendimentos turísticos para a cidade.

Segurança

Recentemente a cidade ganhou reforço na segurança com a chegada de novos policiais, também o funcionamento da delegacia 24 horas e a instalação do sistema de videomonitoramento com quase quarenta câmeras, na qual a polícia acompanha em tempo real diversos pontos da cidade. As câmeras tem ângulo de 360 graus com reconhecimento facial e de placa de carro, o que facilita a identificação em casos de roubos a veículos.

As câmeras serão monitoradas 24 horas por dia pela Secretaria de Segurança Pública (SSP/DF), além de uma central de monitoramento no quartel da polícia em Brazlândia. As imagens são transmitidas em tempo real diretamente para a sala de controle, que dependendo da situação, acionará a viatura mais próxima do local.

    

 

ANA LUIZA VINHOTE, DA AGÊNCIA BRASÍLIA I EDIÇÃO: CAROLINA JARDON

Quando os 20 mil estudantes de Brazlândia retornarem às aulas, vão encontrar escolas de cara nova. Nos últimos meses, os 32 colégios da cidade passaram por algum tipo de reforma, desde o piso até o teto. O investimento foi de cerca de R$ 10 milhões, oriundos do Programa de Descentralização Financeira e Orçamentária (Pdaf) e emendas parlamentares. Além de garantir o conforto e segurança de alunos e professores, também gerou centenas de oportunidades de emprego.

Entre os serviços feitos estão pintura, manutenção de banheiros, piso, calçada, telhado, alambrado; revitalização de parquinho; instalação de grama sintética e ar condicionado; construção de estacionamento, entre outros. O coordenador da Regional de Ensino de Brazlândia, Humberto José Lopes, lembra que as unidades educacionais não passavam por intervenção intensa há anos.

“Eram estruturas muito antigas, com diversos problemas. Quando chovia, algumas escolas ficavam alagadas, cheias de lama. Na época da seca, a poeira tomava conta dos colégios”, comenta. “O governador Ibaneis Rocha tem sido muito parceiro da educação, juntamente com o secretário da área Leandro Cruz e os deputados distritais, viabilizando recursos para solucionar problemas crônicos que nós enfrentávamos”, ressalta o coordenador.

Ano produtivo

Um exemplo de reforma é a Escola Classe Bucanhão. O colégio que comporta 160 crianças da área rural ganhou pintura completa, troca de forro e fiação elétrica, parquinho com cobertura, grama sintética e brinquedos, além da aquisição de gás industrial e a construção de um poço artesiano. “Erámos abastecidos com carro pipa, o que atrapalhava o dia a dia da escola. Muitas vezes comprávamos água para que as atividades não fossem paradas. Agora não teremos mais esse problema”, comemora o diretor da unidade Ronaldo Bontempo.

Com cerca de 200 estudantes, o Centro de Ensino Fundamental Incra 07 também recebeu uma série de serviços. O piso foi totalmente refeito, os alambrados reformados, as lâmpadas amarelas – de vapor de sódio – foram substituídas pelas de LED e uma fossa ecológica foi construída. “Quando os pais e alunos vêm buscar as atividades ficam encantados”, conta a diretora do local Cristine Milane. “A escola rural também tem uma função social. Aqui é onde eles têm a oportunidade de conhecer um teatro, cinema, shopping. Por isso, é um espaço muito importante para eles”, reforça.

Investimentos

Em 2020, a Secretaria de Educação liberou mais de R$ 135,4 milhões pelo Pdaf, de recursos próprios ou por meio de emendas parlamentares, para 13 regionais de ensino. Em novembro do ano passado, foram liberados R$ 2,4 milhões, sendo R$ 935 por despesas de capital – utilizadas para a compra de materiais permanentes, como computadores e impressoras – e R$ 1,5 milhões para as de custeio – despesas para pequenos reparos, como pintura e conserto de telhados e pisos.

 

Texto e Fotos: Samuel Barbosa

As obras de melhorias de infraestrutura pública em Brazlândia continuam em diversos setores da cidade. Por meio de emenda parlamentar do deputado Iolando Almeida, que alocou cerca de quinhentos mil reais (R$ 500,000,00) na Administração Regional de Brazlândia, a cidade ganha seis novos estacionamentos. Com isso amplia a oferta de vagas para motoristas e proporciona tanto aos comerciantes locais como para os clientes, na hora de fazerem suas compras, maior segurança. Além de evitar que carros sejam estacionados em vias públicas, obstruindo as ruas e atrapalhando o bom andamento do trânsito.

Na avenida comercial, no Centro de Brazlândia, já foi finalizada a construção de dois novos estacionamentos, em frente a loja Magazine Luiza e Econômica tecidos.

Na semana passada, a pedido dos fiéis da Capela Santa Terezinha, que fica na avenida comercial da quadra 05 do setor Veredas, a Administração de Brazlândia já construiu a primeira parte do estacionamento que fica no sentido da avenida. E esta semana começou a terraplanagem da segunda parte, na lateral da Capela.

Frequentador assíduo da Capela Santa Terezinha, Marcus Vinicius, 35, comemorou a obra. “Este estacionamento traz grande benefício para nossos fiéis, além de organizar as vagas. Pois os motoristas não tinham muita opção e estacionavam de qualquer forma e muitas vezes atrapalhavam o trânsito na avenida causando transtornos. Com a conclusão da obra teremos mais opção de vagas organizadas, oferecendo mais segurança”, destacou Marcus.

Mão de obra própria

Todo serviço está sendo executado com mão de obra própria da administração. Os recursos para a compra de todo material (Bloquete, areia, cimento e meio fio) vêm por meio de emenda parlamentar e o serviço de terraplanagem é executado com maquinários da própria administração. 

Por: Samuel Barbosa

Segundo o encarregado do asfaltamento da Novacap, Lira de Sá, Depois do nivelamento do solo e compactação com várias camadas de brita, nesta manhã (07), o local começou a receber a aplicação da capa asfáltica. Depois o estacionamento receberá a sinalização horizontal e vertical.

Esta obra é uma demanda dos comerciantes locais, a qual se estendia há anos. O serviço está sendo executado pela Novacap com recursos de emeda parlamentar do deputado Iolando Almeida e está cumprindo todas as  etapas para garantir a estabilidade da pavimentação já que há um grande fluxo de veículos pesados no local, que fica a margem da BR 080 e serve como ponto de parada para os motoristas viajantes e caminhoneiros, advindos de diversas partes do Brasil.

Com a conclusão da obra os comerciantes e motoristas terão mais segurança e comodidade, promovendo melhorias na mobilidade urbana.

As inscrições começaram hoje e vão até o dia 20 de janeiro

Por: Samuel Barbosa

A Administração de Brazlândia tem intensificado nas últimas semanas os trabalhos de manutenção e recuperação das estradas rurais da região. Nesta semana os assentamentos Betinho e Morada dos Pássaros estão recebendo os serviços de patrolamento, cascalhamento e abertura de bolsões (caixas de contenção da água da chuva), esses bolsões diminuem o impacto das águas das chuvas evitando erosão neste período chuvoso.

O trabalho de manutenção e recuperação das estradas rurais é constante e garante a trafegabilidade e o acesso de veículos e caminhões pesados que escoam as produções diariamente, oferecendo melhores condições de trabalho para os produtores, moradores e os que utilizam essas estradas.

Esta ação faz parte de um trabalho que vem sendo realizado constantemente em todas as regiões rurais de Brazlândia.

Por: Samuel Barbosa

Foto: Israel Pinheiro

As obras de recuperação asfáltica continuam no setor tradicional de Brazlândia. Os serviços estão sendo executados em ruas onde a deterioração está em nível mais elevado e fazem parte de um pacote de intervenções previstas no cronograma da Administração de Brazlândia, que visam melhorias em diversos espaços públicos da cidade. Os recursos são garantidos por meio de emeda parlamentar do deputado Iolando Almeida. (Emenda nº 07089.01).

A administração de Brazlândia segue investindo em manutenção e recuperação de ruas, avenidas, ampliando e construindo novos estacionamentos, além de novas redes de drenagens de águas pluviais, melhorando assim, as condições de trafegabilidade, oferecendo mais segurança aos motoristas, pedestres e moradores.

Serviço:

Para solicitar algum serviço da administração, basta entrar em contato com a ouvidoria de segunda a sexta-feira (exceto feriados), das 8h às 12 e das 14 às 18hs, presencial ou, se preferir, pode realizar sua manifestação por meio do site – www.ouvidf.df.gov.br ou ligar para 162.

Por: Samuel Barbosa

A administração de Brazlândia não fez a tradicional queima de fogos de artifícios na virada do ano em consequência do ano atípico que estamos vivendo, causada pela pandemia do novo Coronavírus.

No entanto, a equipe da administração realizou ontem (31) a soltura de balões brancos na orla do lago Veredinha, em solidariedade às famílias das vítimas da Covid-19 e também em homenagem aos profissionais de saúde, que neste momento, são os soldados no combate desta pandemia, trabalhando arduamente em defesa da vida.

Os balões representam o pedido de paz e saúde para a nossa cidade.

Excepcionalmente este ano não teremos a tradicional queima de fogos que marca a virada de ano em Brazlândia, devido a pandemia do novo coronavírus.

Estaremos soltando alguns balões brancos na Orla do Lago Veredinha em solidariedade às vítimas da Covid-19 e seus familiares.

Contamos com a compreensão da população!

Que tenhamos um Ano Novo de esperanças e saúde para todos!

Ah! O Natal….momento mais virtuoso do ano.

Quase a totalidade das pessoas têm sintonia com o amor, bondade e uma crença de fé. Mas o que temos colhido no decorrer do ano?

Se analisarmos nossas vidas ao longo deste ano, quais foram as nossas colheitas? Entendemos no mundo físico que se ao plantar uma semente de milho, será produzido milho. Se plantar uma semente de urtiga nascerá urtiga. Mas no nosso mundo interno, na nossa mente, conseguimos entender a profundidade desta Lei da semeadura? Um bom pensamento nunca produzirá o mau. E um mau pensamento nunca produzirá o bem.

O que tem sido plantado em sua mente?

Imagine sempre sua mente como um jardim de terra fértil, toda semente que cair nela brotará, seja ela plantada conscientemente ou trazida pelo vento das vivências pessoais. Se o jardineiro não cuidar constantemente do seu jardim, centenas de ervas daninhas crescerão e se multiplicarão, assim como se não cuidar de zelar por ter bons pensamentos, as más sementes podem brotar e as circunstâncias vão revelar o que existe dentro de você.

Não atraímos o que queremos, atraímos o que internamente cultivamos.  Por isso tenha pensamentos ligados ao amor, paz, justiça, prosperidade, alegria, gratidão, esperança, bondade, mansidão, saúde, felicidade, contentamento, fé e sobretudo a semente de Deus: Jesus Cristo.

Quando a semente de Deus está em nós, produzimos bons frutos.

Feliz Natal!    

Jesiel Costa Rosa

Administrador Regional de Brazlândia – RA IV

*Jesiel Costa Rosa é cristão e graduado em Psicologia, bacharel em Segurança Pública, pós-graduada em Gestão de Segurança Pública e Especialista em Direitos Humanos e Direito Internacional Humanitário.

 

Por: Samuel Barbosa

A manhã deste dia 22 de dezembro foi de alegria para muitas famílias de Brazlândia. Isto porque a Polícia Militar da cidade (16º BPM) distribuiu mais de três mil brinquedos e oitenta cestas básicas entre as famílias cadastradas no programa de  Prevenção- Orientado à Violência Doméstica e Familiar (PROVID).

Segundo o Major Bruno, comandante do 16º BPM, o trabalho da polícia militar, além de atua na prevenção de ocorrências, também tem a missão de buscar proximidade junto a comunidade por meio do envolvimento em ações de solidariedade e apoio ao próximo. E neste natal, tornar algumas famílias mais felizes.

Entre as entidades atendidas estão: Orfanato em Padre Bernardo, GO, Associação dos moradores do Padre Lúcio, GO, Vendinha, Condomínio Vitória e Incra 08.

Para representar o papai Noel, uma figura bastante conhecida na cidade, Aete Paiva, mais conhecido como “Aetinho”, que teve esse trabalho iniciado pelo seu pai há muitos anos, senhor Aete (In Memorian), sendo considerado o papai Noel oficial de Brazlândia.

O 16º Batalhão da Polícia Militar de Brazlândia agradece a Administração Regional de Brazlândia, Embaixada da China, comerciantes da cidade, aos policiais, a todas as pessoas e entidades que colaboraram para que esse momento, de alegria de diversas famílias e crianças, pudesse ser realizado.

O Caminho da Fé é um projeto de autoria do deputado Iolando Almeida que inclui a estruturação de toda a rota com sinalização necessária para garantir a segurança dos participantes, além de material de promoção e divulgação dos eventos com o mapeamento do trajeto e a distância a ser percorrida.  

Por: Samuel Barbosa 

Fotos: Israel Pinheiro

O Santuário Menino Jesus, em Brazlândia, comemorou neste domingo, 20 de dezembro, os 12 anos da cerimônia de dedicação do templo. Na ocasião foi celebrada a Santa Missa solene pelo padre João Ignacio Perius, Reitor do templo. Durante a missa o padre abençoou os moradores e a todos presentes, ressaltando a dedicação da igreja à evangelização e ao discipulado, cuja missão é acolher pessoas de toda parte na vivência e na mensagem do Menino Jesus.

O cerimonial do Santuário é um costume da Igreja Católica, no qual se consagra a Deus o templo e tudo que há dentro dele. O ritual torna o templo sagrado para o culto a Deus, como informa o Diretório Litúrgico da CNBB. (cf. Diretório da Liturgia, p.19).

“Caminho da Fe”

Na oportunidade o reitor do templo comemorou a aprovação do Projeto de Lei (PL 1559/2020), de autoria do deputado Iolando Almeida (PSC), que cria o roteiro religioso chamado “Caminho da Fé”. A finalidade é estimular e integrar as diversas correntes religiosas cristãs, garantindo a todos o pleno exercício dos direitos religiosos e culturais daqueles que professam a fé cristã. Além disso, o projeto busca ainda a adoção de medidas para preservação das manifestações religiosas e culturais do Distrito Federal, bem como a constituição de programas que propiciem conhecimento sobre o valor do desenvolvimento espiritual. 

No projeto, o trajeto começa em Taguatinga, passando pelo Centro de Evangelização Renascidos em Pentecostes, em Ceilândia, com destino final no Santuário Arquidiocesano Menino Jesus, em Brazlândia. 

O roteiro terá quatro etapas, o primeiro Domingo de Maio será o Encontro da Mãe com o Filho; no último Domingo de outubro, Benção das Águas e Frutos da Terra; no penúltimo domingo de dezembro, Dedicação do Santuário Menino Jesus em Brazlândia e Natal do Nosso Senhor Jesus Cristo. 

E para viabilizar o “Caminho da Fé”, o distrital Iolando Almeida (PSC) alocou cerca de 1 milhão  reais (R$ 1.000.000,00), oriundo de emenda parlamentar na Secretaria de Turismo do Distrito Federal. Isso para a implantação do projeto que requer a inclusão da estruturação da rota com toda sinalização necessária para garantir a segurança dos participantes, além de material de promoção e divulgação dos eventos com o mapa do trajeto e a distância a ser percorrida.

Participaram da cerimônia, além do distrital Iolando Almeida e sua esposa Ruteléia, o administrador de Brazlândia, Cel. Jesiel Rosa e sua esposa Valéria, Assessoria da Presidência da República, Cel. André Costa, Relações Institucionais da  PMDF, Cel. Vilela, o secretário para Assuntos Religiosos do GDF, Kildare Meira, Chefe de Gabinete da Administração de Brazlândia, Marcelo Gonçalves e esposa, além de convidados e  fiéis de Brazlândia e de outras cidades do DF.

*O evento aconteceu obedecendo aos protocolos da Vigilância Sanitária, ANVISA, devido a situação de pandemia causada pelo novo Coronavírus.

Por: Samuel Barbosa

Na manhã desta quinta-feira (17) cerca de quarenta jovens receberam o certificado de dispensa do serviço militar obrigatório. A cerimônia aconteceu no auditório da Administração Regional de Brazlândia e contou com a presença do administrador e presidente da Junta Militar de Brazlândia, Coronel Jesiel Costa Rosa.

Em suas palavras, Jesiel salientou que os jovens, que foram dispensados, façam valer apena esse momento da vida aproveitando as oportunidades que o governo oferece em qualificação profissional, entre eles, os diversos cursos que serão oferecidos na Escola Técnica de Brazlândia, com previsão de inauguração no início do próximo ano. As instituições do Sesc e Senac também oferecem oportunidades de cursos como: mecânicos, cabelereiros, eletricistas, pedreiros, entre outros. O jovem que quiser também podem ser um empreendedor individual de sucesso aproveitando as oportunidades oferecidas pela sala do empreendedor que funciona na administração regional.

De acordo com a chefe do setor, Débora Denise, somente este ano foram realizados mais de novecentos e cinquenta atendimentos na JSM de Brazlândia. Dentre eles, alistamentos militares, obtenção do Certificado de Dispensa de Incorporação (CDI) e ainda juramento de compromisso à Bandeira Nacional (ato no qual o cidadão que foi dispensado da prestação de Serviço Militar inicial assume, frente ao símbolo máximo da Pátria, o compromisso de que se apresentará imediatamente em caso de uma convocação de emergência pelo Exército).

*As inscrições da ETB serão do dia 06 à 20/01/2020, pelo site da instituição:

www.educacao.df.gov.br 

Alistamento

Os jovens que completarem 18 anos devem se alistar no Serviço Militar Obrigatório.

Na região de Brazlândia o cidadão deve se dirigir-se à Junta Militar que funciona na administração regional da cidade, localizada na Área Esp. 04, lote 1, setor Tradicional

Para realizar o alistamento deve levar os seguintes documentos:

– Certidão de Nascimento ou RG

– CPF

– Comprovante de Residência

– E-mail ativo, se houver

Serviço:

Atendimento na Junta do Serviço Militar na Administração de Brazlândia

Horário presencial: das 8hs às 12hs e das 14hs às 18hs

Agendamento com horário marcado: WhatsApp – 61 – 99808-2505

O motivo da falta de água na Vila São José e em outras quadras de Brazlândia é por conta da queda de um quadro de energia que queimou no Centro de distribuição da Caesb, em Brazlândia.

As Equipes de emergência e manutenção já estão trabalhando no local. A previsão de retorno às 22h, ainda hoje.


Com o objetivo de facilitar o acesso a diversos serviços públicos relacionados à saúde e à inclusão social no meio rural, a Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural levou às secretarias do DF as principais demandas das comunidades rurais. Assim, 12 instituições públicas do DF se organizaram para levar diversos serviços ao campo no período de 1° a 5 de dezembro, nas regiões de Brazlândia, São Sebastião e Ceilândia.

As atividades acontecem das 8h às 12h nas escolas locais e incluem atendimentos de diversas áreas. Os atendimentos são restritos aos moradores das comunidades que receberão as ações. Todas as medidas de prevenção contra o novo coronavírus serão adotadas: o uso de máscaras e o distanciamento entre as pessoas e a higienização das mãos com sabão ou álcool 70º deve ser constante.

A Secretaria de Saúde vai participar promovendo a atualização do calendário vacinal, com a vacinação de adultos de crianças; acolhimento; sensibilização e encaminhamento para os serviços de saúde mental a quem necessita; cadastramento no eSUS-AB; entrega de kits de higiene dental; rastreamento de mamografia e de testes rápidos de hepatites B e C e HIV.

Secretaria da Mulher

Mais de 500 mulheres e suas famílias serão atendidas por meio de palestras educativas, campanhas de vacinação, prevenção à saúde da mulher, emissão de documentos, lazer para crianças e adolescentes na ação integrada “Atendimentos no Campo”.

A Secretaria da Mulher (SMDF) disponibilizará os Ônibus da Mulher, que se transformarão em espaços de acolhimento e orientação, tanto para promover o combate à violência de gênero como para informar as mulheres sobre direitos. A equipe da SMDF promoverá encontros para debater o tema e engajar a comunidade na luta pela proteção das mulheres, uma ação que faz parte da semana voltada aos “16 dias de ativismo pelo fim da violência contra a mulher”.

“Essa é uma ação integrada muito importante, porque vamos levar para as famílias das áreas rurais alguns serviços que, normalmente, elas têm necessidade, mas dificuldade de acesso”, destacou a subsecretária de Promoção da Mulher da SMDF, Fernanda Falcomer.

Empreendedorismo

A Secretaria de Agricultura, a Emater-DF e a Ceasa-DF atuarão com a distribuição de mudas de hortaliças aos estudantes, atendimento técnico e orientação aos jovens rurais, como as ações do programa Filhos deste Solo, de empreendedorismo rural, e informações sobre aproveitamento integral de alimentos, com informações repassadas por nutricionistas e economistas domésticos.

“Essa é uma forma eficiente de promover inclusão e atender demandas da comunidade de forma integrada. O envolvimento de sete secretarias, da Emater, da Ceasa e de três administrações regionais mostra como o poder público, atuando de forma coesa e ordenada, pode dar resposta às demandas da população, em especial da rural”, disse a presidente da Emater-DF, Denise Fonseca.

Haverá também ações referentes a educação no trânsito. As direções e as coordenações regionais das escolas contribuíram com a divulgação junto aos familiares dos alunos das unidades e também cederam o espaço para que a ação fosse realizada.

Essa é uma forma eficiente de promover inclusão e atender demandas da comunidade de forma integradaDenise Fonseca, presidente da Emater-DF

Participam da ação as secretarias de Saúde, de Desenvolvimento Social, de Agricultura, da Mulher, de Educação, de Segurança Pública, de Transporte e Mobilidade, DER, Emater-DF, Ceasa, e as administrações regionais de Ceilândia, São Sebastião e Brazlândia.


Ainda que os assédios moral e sexual possam atingir igualmente homens e mulheres, estudos apontam que elas são as mais afetadas por esse tipo de comportamento, o que pode prejudicar a saúde, interferir no desenvolvimento da carreira, bem como colocar em risco a permanência delas no emprego. Elas são vítimas de perseguição, importunação no trabalho e, normalmente, se sentem envergonhadas em denunciar.

O objetivo do programa do GDF é justamente o de orientar e sensibilizar gestores e servidores no combate a situações de assédio dentro do ambiente de trabalho e, consequentemente, melhorar a produtividade, reduzir os casos de doenças e de pedidos de afastamento de serviço, além de promover o decréscimo de acidentes do contexto laboral.

O projeto conjunto das secretarias da Mulher, da Economia e da Controladoria-Geral oferece condições propícias para que sejam feitas as denúncias e apoio institucional para orientar as vítimas e solucionar os casos. “Quando você começa a tratar esse assunto dentro do ambiente de trabalho, você cria uma cultura de paz e de respeito. Sabendo quais são os limites de cada um, com certeza, a gente consegue oferecer qualidade de vida para os servidores”, defende a secretária da Mulher, Ericka Filippelli.

Cartilha virtual

Para esclarecer o que é o assédio e como agir diante do problema, será lançada uma cartilha virtual sobre o tema, que será distribuída para todos os servidores do GDF. Também foi criada uma Comissão Especial de Combate ao Assédio, composta por representantes das secretarias da Mulher e da Economia, e da Controladoria-Geral, para analisar as denúncias de assédio moral e sexual, dando celeridade à solução dos casos. O objetivo é identificar as situações em que haja indícios de abusos de autoridade, violação de direitos dos servidores para que sejam adotadas as penalidades; bem como orientar o funcionário quando houver dúvidas sobre o que é assédio ou um ato de gestão.

“A comissão criada é uma sinalização da Administração para o cuidado com o tema. Faremos campanhas de sensibilização e de esclarecimento, além de promover capacitação sobre a temática e sobre formas de mediação que podem ser aplicadas nesses casos. O assédio não é um assunto novo, mas precisamos aprimorar sua abordagem. Estamos empenhados na prevenção e erradicação dessa prática”, defende Adriana Faria, secretária-executiva da Sequali.

Combate e prevenção

Com o objetivo de fortalecer os canais de recepção das manifestações de assédio moral e sexual na administração pública e para orientar sobre os caminhos a serem seguidos na solução e punição dos casos, mais de 40 ouvidores do GDF participaram, durante três dias, do curso on-line Assédio na Administração Pública: combate e prevenção.

Atualmente, as ouvidorias dos órgãos já recebem esse tipo de denúncia, mas as capacitações visam melhorar os mecanismos de apuração e de recepção dessas manifestações. Por meio da cartilha virtual e dos cursos à distância sobre o tema, os servidores estarão mais aptos a compreenderem os sinais de assédio moral e sexual do ponto de vista legislativo e, consequentemente, preparados sobre como proceder nesses casos e mais empoderados a denunciarem.

“Há uma responsabilidade maior no nosso trabalho, que não é apenas de controlar, mas, também, de direcionar para uma boa governança. Esse tema se aplica ao nosso trabalho e, em parceria com outras secretárias, temos dado nossa contribuição, para além do trabalho permanente gerenciado pela Ouvidoria-Geral do DF”, explica o controlador-geral do DF, Paulo Martins.

O que configura o assédio?

De acordo com a Organização Internacional do Trabalho: “Assédio moral interpessoal é toda e qualquer conduta abusiva e reiterada, que atente contra a integridade do trabalhador com intuito de humilhá-lo, constrangê-lo, abalá-lo psicologicamente ou degradar o ambiente de trabalho. É o assédio de pessoa para pessoa, em que o assediador objetiva minar a autoestima, desestabilizar, prejudicar ou submeter a vítima emocionalmente para que ceda a objetivos, como pedido de demissão, atingimento de meta, perda de promoção, por exemplo”.

Já o assédio sexual no ambiente de trabalho tem a característica de constranger alguém mediante palavras, insinuações, gestos ou atos, que visam a obter vantagem ou favorecimento sexual. O constrangimento não precisa ser repetitivo, uma só vez já caracteriza o assédio sexual.

Ambos os casos trazem a ideia de perseguição, caracterizada por dominação do assediado. A principal diferença está na disposição dos interesses: enquanto o assédio sexual viola a liberdade sexual, o assédio moral afeta a dignidade psíquica da pessoa humana. Os dois casos desencadeiam consequências danosas às vítimas.

Denuncie

Os canais para denúncias por meio de ouvidorias são a Ouvidoria-Geral do DF, central telefônica 162 ou presencial em qualquer ouvidoria.

Por: Samuel Barbosa

Em solenidade ocorrida nesta sexta-feira (27) no Posto da Polícia Militar Ambiental, situado na região Oeste-Rodeador, próximo à Brazlândia e onde também funciona o Estande de Tiro da PMDF/DF, foi assinado o termo de Retificação no Título de Doação das áreas destinadas ao Governo do Distrito Federal (GDF), através do Termo Aditivo, para as instalações do Batalhão da Polícia Militar do Distrito Federal (PMDF) e do Departamento de Trânsito do Distrito Federal (DETRAN-DF). A área total destinada pelo Incra é de 21,79 hectares, sendo 12,70 para a PMDF e 9,09 hectares para o Detran, conforme Lei Nº 5.362. de 03 de julho de 2014, projeto de autoria poder executivo.

De acordo com o superintendente do Incra no Distrito Federal e Entorno, Igor Lelis, o GDF por meio da administração de Brazlândia conseguiu reunir a documentação necessária para que o Incra pudesse realizar toda a doação. “Então o Incra tirou essa área do patrimônio dele e colocou no patrimônio do GDF para ser usada pelas instituições públicas que prestam serviços à população”, destacou Lelis.

Administrador de Brazlândia, Jesiel Rosa, salientou que o processo, que está sendo consolidado, percorreu um longo caminho até ser finalizado com a doação de 21,79 hectares, onde será construído um grande centro de treinamento da corporação e dos serviços do Detran que beneficiará o Distrito Federal.

Segundo o Gerente de Apoio Rural da administração de Brazlândia, J. Lima – o Neném, os produtores rurais terão um benefício enorme em segurança pública e combate ao incêndio florestal com a construção da sede da companhia rural na região. “Toda a população ganha com esse benefício: Produtores rurais, moradores e trabalhadores”, destacou.  

O representante político de Brazlândia e região, deputado Iolando Almeida (PSC), disse que além dessas representações públicas da PMDF e Detran, que em breve estarão consolidadas nesta área, está lutando para que o Corpo de Bombeiros também possa ganhar o seu terreno para construir um aeroporto de cargas e um batalhão de incêndio na região. Ainda segundo o parlamentar em breve estará assinando o documento de doação desse terreno completando assim esse projeto importante para ter todas essas instituições juntas trabalhando para o bem dos produtores, moradores e profissionais que atuam na região.

Combate a incêndio florestal e Escola Natureza

Após a assinatura as autoridades presentes fizeram uma visita “In Loco” das áreas que serão destinadas para o Corpo de Bombeiros, que irá construir um Batalhão de Combate a incêndios florestais com uma pista de pouso e decolagem das aeronaves. E também outra área pleiteada pela Secretaria de Educação para a construção da Escola da Natureza, ambas por meio de Termo de Concessão de Uso, junto a Superintendência Regional do INCRA e Autorização Direta do ICMBio/ FLONA, no polígono da FLONA 4, com objetivos de proteger, preservar e promover a educação ambiental na região e no Distrito Federal.

Participaram da cerimônia, além dos citados acima, o senador Izalci Lucas, Severino Cajazeiras, secretário de comunidade, o ex-deputado distrital Wasni de Roure, coronel da PMDF, Mota, representante do deputado Hermeto, Antônio de Pádua, Marcelo Pacheco e Nelson Cruz, representantes do DETRAN/DF, a presidente do Conselho de Segurança Rural, Maria do Carmo, representantes de instituições, associações e convidados.

(Processo SEI/GDF 4402109100133-00001449/2020-12. Data, 20/11/2020)

Por: Samuel Barbosa

Novembro é o mês de conscientização do câncer de próstata. O movimento conhecido como “Novembro Azul”, que teve início na Austrália, em 2003, e serve para alertar a população masculina sobre os riscos da terrível doença. A importância da campanha se agiganta ainda mais quando se sabe que, em nosso país, o câncer de próstata é o segundo tipo de câncer mais frequente em homens – atrás apenas do de pele –, com 70 mil novos casos por ano, conforme dados do Instituto Nacional de Câncer (INCA).

Pensando nisso a Administração de Brazlândia realizou na manhã desta quarta-feira, 25, no auditório da instituição, uma palestra focada na conscientização da realização do exame de PSA (Antígeno Prostático Específico), um marcador importante para verificar se a próstata tem alguma alteração e ser tratado precocemente.

O administrador de Brazlândia, Jesiel Rosa, também participou do evento e destacou a importância do exame de próstata para diagnosticar alguma alteração. “Esse tipo de ação é fundamental para a conscientização da população e, principalmente, dos homens, que deve deixar o preconceito de lado e realizar exames de rotina que têm grande importância na prevenção da doença”, ressaltou Rosa.

Para o palestrante e Gerente do Serviço Social da instituição, Carlos Moura, a conscientização e a prevenção continuam sendo as melhores formas de combate ao desenvolvimento do câncer de próstata. Segundo Moura, o homem deve fazer uma bateria de exames pelo menos uma vez por ano.

Representando o laboratório Sabin, parceiro da administração nessas ações, Carolinne e Suellen participaram do evento e falaram sobre a necessidade dos homens se prevenirem contra a doença e fizeram um momento de descontração onde todos cantaram a música “É preciso saber viver” , composição de Roberto Carlos, como forma de chamar a atenção deles para ficar em dia com a saúde. Além disso, distribuíram brindes e sorteou um pacote de exames (Check-up Novembro Azul) entre os participantes, a ser realizado no laboratório Sabin.

Novembro Azul

É uma campanha de conscientização das doenças que mais acometem ao homem, com ênfase na prevenção e no diagnóstico precoce do câncer de próstata. É realizada no mês de novembro por diversas entidades e direcionada à toda sociedade.

O câncer de próstata é o tipo mais comum entre os homens, causando a morte de 28,6% da população masculina que desenvolve neoplasias malignas. Segundo os dados mais recentes do Instituto Nacional do Câncer (Inca), um homem morre a cada 38 minutos devido ao CA prostáticos, no Brasil.

O que é a próstata?

A próstata é um órgão que produz boa parte do líquido seminal que acompanha os espermatozóides e constitui o esperma. Outra função da próstata é ajudar o mecanismo da continência da urina.

 

Na tarde desta terça-feira (24) servidores da Administração Regional de Brazlândia fizeram um cortejo em homenagem ao servidor José Evangelista da Cunha, mais conhecido como "Zezinho, que faleceu ontem (23), em decorrência de complicações da Covid 19 ".

Zezinho trabalhou por muitos anos na administração regional da cidade e prestou seus serviços junto à comunidade com zelo e dedicação no desempenho de suas funções.

Perdemos um colega e companheiro de todas as horas, um servidor que estava sempre disposto a ajudar quem necessitasse.

Fica aqui o nosso respeito e admiração eterna.

Administração Regional de Brazlândia

Por: Samuel Barbosa

Em obediência a Lei do Serviço Militar o administrador regional de Brazlândia, Jesiel Costa Rosa, e a servidora Cristiane Arruda Barros leal, foram empossados na manhã desta segunda-feira (23), respectivamente como presidente e secretária da Junta do Serviço Militar, que funciona na Administração de Brazlândia.

Presidida pelo 2º Tenente QAO Del Sv Mil do PRM 11/001, José Dias dos Santos, os empossados fizeram o juramento e assinaram o Compromisso de Posse, se comprometendo em fazer cumprir os deveres relativos ao serviço militar.

A posse de Presidente da Junta de Serviço Militar (JSM) é um ato previsto na Legislação, no qual o administrador formaliza o seu compromisso com relação aos encargos da JSM, que consiste no exercício de atividades específicas desempenhadas pelas Forças Armadas (Exército, Marinha e Aeronáutica) na Defesa Nacional. 

Por: Samuel Barbosa

Na tarde desta quarta-feira (18) representantes do Sebrae reuniram-se com o administrador de Brazlândia, Jesiel Rosa, e a equipe da Gerencia de Desenvolvimento Econômico, com o objetivo de inserir a região administrativa de Brazlândia no projeto Cidade Empreendedora, desenvolvido pelo Sebrae em parceria com o Governo do Distrito Federal (GDF).

O projeto prevê o fortalecimento das micro e pequenas empresas locais objetivando acelerar o processo de transformação econômica com o apoio da gestão pública, bem como engajar as lideranças locais na melhoria do ambiente de negócios e na promoção de políticas públicas que beneficiem os pequenos negócios de Brazlândia e do Distrito Federal.

Para isso o Sebrae pretende premiar as melhores práticas de gestão pública das administrações regionais do Distrito Federal. A qual possa contribuir efetivamente para o crescimento econômico, inclusivo e social, com projetos de foco no empreendedorismo, estimulando novos negócios para o futuro, formais ou em processo de formalização individuais ou organizados em associações.

A Secretaria de Desenvolvimento Econômico busca desburocratizar mais a abertura e licenciamento de empresas e ampliar a capacidade de análise da viabilidade do negócio nas administrações regionais, juntamente com as Salas do Empreendedor. Com isso o programa pretende implementar a cultura empreendedora na comunidade e nos entes públicos, focando na meta de ampliar as compras públicas de pequenos empreendimentos para gerar mais emprego e renda na cidade.

Participaram do encontro, além do administrador da cidade, a Coordenadora de Desenvolvimento da Administração Regional de Brazlândia, Valdinéia de Carvalho, representante do Sebrae, Rogério Santana, Assessora de Projetos do Deputado Iolando Almeida, Wilma Andrade, Conselho de Políticas Públicas, Heloisa Pimenta, representante da  SEPD, Dóres Medeiros, Gerencia de Desenvolvimento Econômico da Administração de Brazlândia, Elvis Roberto, Agente de Desenvolvimento Territorial da RA-IV, Marli Santana, a representante do CPPGG Vera Olímpio e Gerente de Políticas Públicas da RA-IV, Carlos Moura.

Passados mais de oito meses desde a chegada da pandemia do novo coronavírus, o Governo do Distrito Federal segue colocando em práticas medidas com o objetivo de evitar aglomerações e uma consequente onda de contaminação na população. Nesta quarta-feira (18), foi publicado no Diário Oficial do DF decreto do governador Ibaneis Rocha, que cancela todas as comemorações públicas voltadas às festas de fim de ano e o carnaval.

O novo texto, no entanto, reforça a permissão de realização de atividades coletivas culturais em estacionamentos: “desde que as pessoas permaneçam dentro de seus veículos, devendo ser observada a distância mínima de dois metros entre cada veículo estacionado”.

Também estão permitidas atividades de audiovisual, voltadas à captação de imagens de espaços públicos. A exigência, neste caso, é atender aos protocolos de segurança gerais como o uso de máscaras, álcool gel, aferição de temperatura e a garantia do distanciamento entre as pessoas.

Outro destaque do texto é a autorização para que shopping centers possam abrir suas portas conforme o horário estabelecido em alvará. Com isto, o funcionamento dos estabelecimentos pode ser ampliado. A medida vem como apoio do governo ao comércio para as vendas do fim de ano.

RENATA MOURA, DA AGÊNCIA BRASÍLIA * I EDIÇÃO: CAROLINA JARDON

Por: Samuel Barbosa

As equipes de trabalho da Administração de Brazlândia continuam nas ruas realizando manutenção e melhorando as estruturas públicas da cidade. Esta semana as obras de drenagem pluviais e asfalto entre a Escola Técnica e o Centro Olímpico na Vila São José, continuam em ritmo acelerado com previsão de conclusão até dezembro.

Com o apoio do GDF Presente as equipes do Parque de Serviços da Administração estão nas ruas recolhendo entulhos, galhos de árvores e inservíveis em diversos setores da cidade. Além da construção de um novo estacionamento na avenida comercial, no Centro da cidade.

Diariamente são recolhidas muitas toneladas de entulhos das ruas de Brazlândia, buscando manter a cidade sempre limpa. Normalmente em época de chuvas a tendência é um acúmulo maior de lixo pelas ruas e estes são levados pelas enxurradas diretamente para dentro do lago, bem como abarrotam as bocas de lobo, contribuindo para o entupimento e assim impedem a vazão normal das águas. E por isso as equipes de manutenção se desdobram para conseguir atender as demandas registradas na ouvidoria.

Crescimento econômico

Grandes empresas estão sendo atraídas para investirem em Brazlândia. Pensando nesse crescimento econômico para a cidade, a administração está ampliando os estacionamentos no Centro Comercial, ofertando mais vagas aos motoristas e favorecendo um fluxo mais confortável com um acesso melhor das pessoas aos comércios. Transeuntes e comerciantes sempre reclamaram deste espaço mal aproveitado, que notoriamente necessitava de uma melhor disposição e agora o pedido está sendo atendido. Além de trazer um melhor conforto à população, certamente a obra fomenta o comércio local, o que beneficia toda a região.

Esses serviços estão sendo executados com recursos garantidos por meio de emendas parlamentares do deputado Iolando Almeida (PSC), o que possibilita a administração de Brazlândia executar as benfeitorias públicas, o que melhora o dia a dia e a mobilidade das pessoas.

Os serviços são solicitados por meio da ouvidoria – https://www.ouv.df.gov.br – que também pode ser acessada pelo app e-GDF, onde os moradores podem abrir as solicitações e acompanhar o andamento pelos órgãos do Governo. Além dos serviços de ouvidoria é possível também consultar assuntos referentes ao IPVA e IPTU, além dos benefícios sociais do GDF.

Por: Samuel Barbosa

Na manhã desta quinta-feira (5) a administração de Brazlândia fez o lançamento da obra de pavimentação e implantação de novas bocas de lobos para captação de águas pluviais na estrada entre a Escola Técnica e o Centro Olímpico, na quadra 35 da Vila São José. A Obra terá 1.385 metros de asfalto, será implantado 27 novas bocas de lobos e a previsão de conclusão é de aproximadamente trinta dias.

Moradores do setor reivindicam por esta obra há mais de 20 anos, porque no período chuvoso as ruas próximas ficam completamente alagadas dificultando a locomoção dos transeuntes. Além disso beneficiará também o Centro Olímpico e a Escola Técnica, que tem suas dependências invadidas pela enxurrada que desce com força alagando os espaços internos das duas instituições e ainda a lama que desce para a via em frente as instituições atrapalhando o tráfego de pedestres e veículos.

Jesiel Rosa, Administrador de Brazlândia ressaltou que com a criação da Escola técnica e o Centro Olímpico, a obra se faz necessária exatamente por conta da enxurrada entrar nas instituições públicas dificultando as atividades. Ele ainda lembrou que a obra foi pauta de uma reunião da rede social (encontro entre os órgãos públicos e a sociedade afim de identificar e buscar soluções para os problemas da cidade). O projeto foi elaborado pela administração regional e o deputado Iolando Almeida (PSC) liberou emenda parlamentar para a execução da obra.

Uma cidade bem cuidada, quem ganha é a população!

Começou nesta terça (3) o processo de adesão ao GDF Saúde, convênio de assistência à saúde do funcionalismo local. As inscrições podem ser feitas a partir desta terça-feira (3) no site do Instituto de Assistência à Saúde do Servidor do DF (Inas). A primeira etapa de inscrição, que vai até 2 de dezembro, contempla os funcionários da Secretaria de Saúde.

Na sequência, os servidores da Secretaria de Educação poderão se cadastrar e, a partir de 4 de janeiro de 2021, o restante dos funcionários públicos do quadro do GDF.

O benefício de saúde suplementar deve atender até 600 mil vidas, cobrindo as despesas médicas de servidores ativos e inativos, bem como de pensionistas. O plano de saúde abrangerá todo o DF e funcionará na modalidade de atendimento ambulatorial e hospitalar com obstetrícia.

Para a inscrição, os servidores devem selecionar a opção “Adesão GDF Saúde”, no site do Inas, sendo direcionado para uma página onde estão disponíveis o regulamento do plano, assim como a cobertura oferecida.

São exigidos no ato, o número de matrícula do servidor no GDF, CPF, documento de identificação oficial com foto e comprovante de residência. Para os dependentes a documentação exigida é de acordo com o grau de parentesco. No entanto, todos os documentos precisam ser digitalizados e anexados ao pedido.

Observe os documentos exigidos para cada dependente:

> Cônjuge
CPF, certidão de casamento e documento de identificação oficial com foto
> Companheiro(a)
CPF, documento de identificação oficial com foto, escritura pública declaratória de união estável, ou decisão judicial transitada em julgado que reconheça a união estável
> Filhos(as)
a) Menores de 21 anos: CPF, certidão de nascimento ou documento de identificação oficial com foto. Documentação comprobatória de adoção, caso necessário
b) Inválidos: documentos do item ‘a’ e prova de invalidez total e permanente
c) Estudantes universitários até 24 (vinte e quatro) anos: documentos do item ‘a’ e comprovação semestral de matrícula em curso de nível superior ou sempre que solicitado pelo INAS
> Enteados(as)
a) Menores de 21 anos: CPF, certidão de nascimento ou documento de identificação oficial com foto, comprovação de dependência econômica junto ao beneficiário titular no imposto de renda
b) Inválidos: documentos do item ‘a’ e prova de invalidez total e permanente
c) Estudantes universitários até 24 anos: documentos do item ‘a’ e comprovação semestral de matrícula em curso de nível superior ou sempre que solicitado pelo INAS
> Menores sob guarda
CPF, certidão de nascimento ou documento de identificação oficial com foto, decisão judicial que concedeu a guarda em processo de adoção e respectivo termo
> Pensionistas
CPF e documentação comprobatória da condição de pensionista

ESCLAREÇA SUAS DÚVIDAS
Perguntas mais frequentes

1 > Quais são os canais de atendimento do GDF Saúde?
Pelo telefone (61) 3521-5331, de segunda a sexta, das 8h às 18h; ou pelo e-mail 

adesao@inas.df.gov.br

2 > Como se dará o pagamento das mensalidades?
As mensalidades serão descontadas na folha de pagamento. Para o titular, o desconto será de 4% da remuneração mensal bruta e, no caso de dependentes, mais 1% por familiar.

3 > Haverá algum tipo de cobrança com coparticipação?


Sim, será cobrada coparticipação de 30% sobre os procedimentos ambulatoriais e 5% sobre os procedimentos hospitalares, que também deverão ser descontados em folha. Além disso, será cobrado 50% de coparticipação para assistência em psicologia, fonoaudiologia e terapia ocupacional ambulatorial.

4 > Quais servidores não podem participar do GDF Saúde?
Os servidores e beneficiários de pensão vinculados ao Departamento de Estradas de Rodagem (DER-DF)

5 > Quais as penalidades por atraso ou não pagamento das mensalidades e coparticipações?
Em caso de atraso por 60 dias corridos, o titular terá os serviços assistenciais suspensos ou bloqueados. Se o atraso passar de 90 dias corridos, ocorrerá a exclusão automática do GDF Saúde.

6 > Como funciona o período de carência?
Após cerca de 30 dias, com a adesão efetivada, o servidor contará com atendimentos de urgência e emergência 24 horas. A carência para consultas é de 60 dias, exames complementares, 90 dias; parto, 300 dias; e demais casos, 180 dias.

Também não será obrigatório o cumprimento de novos períodos de carência para o beneficiário dependente que se tornar pensionista e que manifestar intenção em permanecer no plano.

O recém-nascido, filho natural ou adotivo do titular poderá ser inscrito na condição de dependente, estando isento do cumprimento dos períodos de carência, desde que a sua inscrição ocorra no máximo em 30 dias após o seu nascimento ou adoção.

Por: Samuel Barbosa

Fotos: Israel Pinheiro

A Administração de Brazlândia apoia as campanhas de controle e prevenção à saúde que envolvem a população da cidade. Nesta manhã (26) a Gerência de Políticas Sociais organizou um momento especial para as servidoras da instituição e convidadas, enfatizando a importância desse movimento com uma atividade especial durante todo o período. Foram dadas palestras pertinentes a campanha do outubro rosa e oferecido um delicioso café da manhã, além de distribuição de brindes.

Durante o evento as mulheres presentes aprenderam a fazer o autoexame da mama, viram que é simples e pode ajudá-las a detectar alguma alteração local, o que permite a chance de um tratamento precoce do câncer com resultados de cura.

A enfermeira Aliane Celestino alertou que a doença não tem um público alvo, ela pode ser detectada em qualquer pessoa e por isso a prevenção é muito importante. Porém há fatores de risco que incluem as mulheres acima dos 50 anos e quem tem histórico familiar de casos.

A conscientização do público feminino sobre a doença é fundamental para os resultados positivos e este é o objetivo desta promoção à saúde, proteger ao máximo as mulheres. É com esse propósito que fazemos do Outubro Rosa, um mês no qual concentramos nossas energias para a prevenção e a luta contra o câncer de mama!

"Segundo o Ministério da Saúde e o Instituto Nacional de Câncer (INCA), só em 2019 foram diagnosticados quase 60 mil novos casos do câncer. O cenário se torna ainda mais urgente, uma vez que há previsão de 66 mil casos para 2020."

O mês do “Outubro Rosa” é celebrado anualmente desde os anos 90. O objetivo da campanha é compartilhar informações sobre o câncer de mama e, mais recentemente, câncer do colo do útero, promovendo a conscientização sobre as doenças, proporcionando maior acesso aos serviços de diagnóstico e contribuindo para a redução da mortalidade. O diagnóstico precoce ainda é o maior aliado para o tratamento eficaz do câncer de mama. Quando identificado cedo pode ser tratado, impedindo que o tumor alcance outros órgãos.

O evento foi realizado por Gerência de Políticas e Sociais da administração de Brazlândia e contou com o apoio do laboratório Sabin, que distribuiu brindes para as participantes. A faculdade Estácio e do Banco Regional de Brasília (BRB) também apoiaram a ação.

Você sabia?

A mamografia aumenta em até 95% as chances de cura, de acordo com a Sociedade Brasileira de Mastologia (SBM), uma vez que a identificação em estágios iniciais da doença permite a indicação de um tratamento mais eficaz e menos invasivo.

Por: Samuel Barbosa

Com o intuito de fomentar o comércio de Brazlândia, empresários da cidade se juntaram

na noite desta quinta-feira (22), no auditório do Centro Educacional 1, para formar a Associação de Microempresas, Empresas de Pequeno Porte, Microempreendedores Individuais e Profissionais Liberais de Brazlândia e Região, abreviada como: AMPEC – Brazlândia.

Uma entidade que já nasce forte e com uma base sólida com a finalidade de agregar todo seguimento da cidade, seja empreendedores individuais, comercial, agrícola, artesanal, industrial e prestação de serviços em forma de associativismo e defendem os interesses econômicos de seus associados com a participação do Governo do Distrito Federal.

De acordo com os organizadores a criação da associação é um importante passo da classe empresarial de Brazlândia para maior participação atuante, pois tem um grande potencial para o crescimento com atrativos típicos locais, principalmente os diversos segmentos turísticos. Entre as ações estão: mais opções de horários para os consumidores e com isso aumenta o faturamento dos empresários com segurança; redução da evasão de capital da cidade para outras regiões administrativas; promoção e valorização de eventos culturais; aproveitamento das riquezas naturais e apresentando a cidade como vitrine para todo Distrito Federal,  valorizando assim os produtores rurais os quais tem papel importante nesta construção.

De acordo com o presidente da AMPEC – Brazlândia, Paulo Sá, a gestão será pautada pela atuação na prática e não somente no discurso. “Brazlândia tem muitos recursos naturais e deve ter maior evidência para as outras cidades. Atuaremos bastante no setor produtivo, melhorando a mentalidade dos nossos empresários, pois não adianta termos somente estrutura física sem sabermos aproveitar suas riquezas. Vamos apoiar as empresas para melhorar toda sua gestão no financeiro, comercial, relações externas e recursos humanos”. Destacou.

Ainda de acordo com Paulo Sá, trabalhando em parceria com a Administração de Brazlândia, fará boas políticas para os empresários do setor de oficinas e outras praças. Será fomentado diversos programas conjuntos com outras iniciativas do terceiro setor como, por exemplo, a Associação dos Jovens Empresários do DF (AJE-DF), Associação Comercial do Distrito Federal (ACDF) e a Fibra, pois tem bom relacionamento com os Presidentes destas instituições. Com essas ações diretas será possível melhorar a qualidade dos produtos e serviços ofertados em todos os segmentos, bem como para os empresários.

O administrador de Brazlândia, Cel. Jesiel Rosa, salientou que todos trabalhando na mesma direção e com o trabalho da associação em congregar os empresários, vai auxiliar muito no desenvolvimento econômico da cidade em busca de geração de emprego e renda para a população.

Presente na reunião, o deputado Iolando Almeida (PSC) fez uma explanação do trabalho já executado em Brazlândia pela administração regional, por meio das suas emendas parlamentares, o que está melhorando a qualidade de vida dos moradores. Se colocou à disposição da nova associação para dar todo suporte necessário em infraestrutura para que a administração possa trabalhar em parceria com os empresários, garantindo o desenvolvimento sustentável para os brazlandenses.

A solenidade contou com a presença de empresários de Brazlândia, do executivo local, do deputado Iolando Almeida, moradores e convidados.

Por: Samuel Barbosa

Fotos: Israel Pinheiro

Nesta sexta-feira (23) o Ônibus da Mulher, unidade móvel itinerante da Secretaria da Mulher, esteve em Brazlândia, no estacionamento do Hospital Regional da cidade. O serviço faz parte da campanha Outubro Rosa, ação do GDF na prevenção e no combate ao câncer de mama.

Mais de 145 mulheres foram atendidas no consultório itinerante e foram orientadas quanto a prevenção ao câncer de mama e a importância do autoexame. Ainda receberam auxílio sobre o possível encaminhamento para a rede pública de saúde, como também foi ofertado à elas acolhimento e orientação sobre os direitos da mulher, realizados pela equipe da Secretaria da Mulher do Distrito Federal, inclusive oferecendo informações de onde e como procurar ajuda no caso de violência doméstica.

   

De acordo com a secretária da Mulher, Ericka Filippelli, essa aproximação do poder público com a população, aliada a prevenção do câncer de mama, são algumas das forças motrizes do projeto. “Estamos falando de um tipo de câncer que tem uma chance de cura altíssima, mais de 95%, quando diagnosticado de forma precoce. Além disso é uma oportunidade de trazer essa unidade móvel e os nossos servidores para acolher e orientar as mulheres de forma geral e identificar situações de violência”, frisou Erika.

A ação foi realizada pela Secretaria da Mulher (SMDF) em parceria com a administração de Brazlândia, Secretaria de Saúde e Instituto de Gestão Estratégica de Saúde do Distrito Federal (Iges-DF).

As mulheres que não conseguiram atendimentos na unidade itinerante, devem procurar uma Unidade Básica de Saúde (UBS), mais próxima de sua casa.

Por: Samuel Barbosa

Fotos: Israel Pinheiro

Apesar do período de pandemia do novo coronavírus, em que os órgãos públicos reduziram os atendimentos presenciais em obediência ao decreto do Governo do Distrito Federal (GDF) e ainda atendendo as orientações das autoridades sanitárias, a Junta do Serviço Militar da Administração de Brazlândia manteve a média de atendimentos aos cidadãos que que procuraram o setor para solicitar os serviços.

De acordo com a chefe do setor, Débora Denise, somente durante esse período foram realizados mais de 850 atendimentos em Brazlândia e região. Dentre eles, o alistamentos militar, obter o Certificado de Dispensa de Incorporação (CDI) e ainda fazer o juramento de compromisso à Bandeira Nacional (ato no qual o cidadão que foi dispensado da prestação de Serviço Militar inicial assume, frente ao símbolo máximo da Pátria, o compromisso de que se apresentará imediatamente em caso de uma convocação de emergência pelo Exército).

Esse compromisso de continuidade dos serviços pela JSM da administração, seguindo as orientações sanitárias, foi reconhecido pelo Posto de Recrutamento e Mobilização do Exército que teceu elogio ao setor, reconhecendo a unidade de Brazlândia como eficiente na qualidade dos trabalhos ofertados ao cidadão que busca alistar-se para estar em dia com a sua situação militar.

Parabéns a equipe!

Alistamento

Os jovens que completarem 18 anos devem se alistar no Serviço Militar Obrigatório.

Na região de Brazlândia o cidadão deve se dirigir-se à Junta Militar que funciona na administração regional da cidade, localizada na Área Esp. 04, lote 1, setor Tradicional

Para realizar o alistamento deve levar os seguintes documentos:

– Certidão de Nascimento ou RG

– CPF

– Comprovante de Residência

– E-mail ativo, se houver

Serviço:

Atendimento na Junta do Serviço Militar na Administração de Brazlândia

Horário presencial: das 8hs às 12hs e das 14hs às 18hs

Agendamento com horário marcado: WhatsApp – 61 – 99808-2505

 

Teve início a segunda etapa da campanha Outubro Rosa, ação do GDF na prevenção e no combate ao câncer de mama. Mais de 750 mulheres foram atendidas na primeira fase da iniciativa, que agora se estende até o dia 30 para regiões administrativas que ainda não haviam sido contempladas. 

A ação, realizada pela Secretaria da Mulher (SMDF) em parceria com as administrações regionais, Secretaria de Saúde e Instituto de Gestão Estratégica de Saúde do Distrito Federal (Iges-DF), leva orientação e prevenção ao câncer de mama para as mulheres do DF, além de auxiliar na marcação de exames de mamografia. A fila para este procedimento na rede pública de saúde, inclusive, encontra-se zerada.

“Intensificamos as ações no Outubro Rosa, mas não vamos parar quando a campanha acabar. Continuaremos mantendo a rotina dos nossos serviços nas nossas unidades”, garantiu o presidente do Iges-DF, Paulo Ricardo Silva.

Maria Luiza procurou o ônibus para fazer um acompanhamento depois de retirar um nódulo | Foto: Paulo H. Carvalho
Orlene Maria de Amorim: dúvidas após um autoexame | Foto: Paulo H. Carvalho

A aproximação do poder público com a população, aliada na prevenção do câncer de mama, são algumas das forças motrizes do projeto, como explica a secretária da Mulher, Ericka Filippelli: “Estamos falando de um tipo de câncer que tem uma chance de cura altíssima, mais de 95%, quando diagnosticado de forma precoce. Além disso, é uma oportunidade de trazer essa unidade móvel e os nossos servidores para também acolher e orientar as mulheres de forma geral, identificar situações de violência”.

Serviços em conjunto

Além da orientação sobre o autoexame mamário e o possível encaminhamento para a rede pública de saúde, também são ofertados às mulheres no consultório itinerante acolhimento e orientação sobre o direitos da mulher feitos pela equipe da Secretaria da Mulher do Distrito Federal, inclusive oferecendo informações de onde e como procurar ajuda no caso de violência doméstica.

Até o dia 30, o Ônibus da Mulher passará por Planaltina, Sol Nascente/Pôr do Sol, Itapoã, Brazlândia, Estrutural, Fercal, Riacho Fundo, entre outras regiões administrativas, das 8h às 17h. Confira abaixo a lista completa:

22/10 – Quinta – Itapoã (Quadra 61 / Quadra de Esportes)
23/10 – Sexta – Brazlândia (estacionamento do Hospital Regional de Brazlândia)
24/10 – Sábado – Estrutural (em frente à administração)
25/10 – Domingo – Areal (Parque do Areal)
26/10 – Segunda – Planaltina / Área Rural do Pipiripal (em frente à Unidade Básica de Saúde)
27/10 – Terça – Fercal (em frente à administração)
28/10 – Quarta – Sol Nascente  (em frente à Unidade Básica de Saúde)
29/10 – Quinta – Água Quente (Gerência Regional de Água Quente – Qd. 01 Lote 02 Residencial Salomão Elias – Setor Habitacional Água Quente)
31/10 – Sábado – Riacho Fundo (em frente à Administração)

Na edição desta quarta (21) do Diário Oficial do Distrito Federal (DODF), a Secretaria de Cultura e Economia Criativa (Secec) torna público o resultado preliminar de mérito do Edital nº3/2020, referente ao FAC (Fundo de Apoio à Cultura) Regionalizado. Com recorde de 1.207 inscritos na modalidade, o certame demonstra a diversidade do setor cultural em projetos desenvolvidos nas regiões administrativas (RAs).

R$ 13 milhõesTotal de recursos aportados em ações culturais

“Esse edital é importante porque aporta R$ 13 milhões em ações culturais das RAs, descentralizando e democratizando o acesso à cadeia da economia criativa do DF”, explica o titular da Secec, Bartolomeu Rodrigues. A análise dos projetos foi feita por comissões específicas indicadas pelo Conselho de Administração do FAC (Cafac) e designadas pelo secretário.

Acesso democratizado

O chamamento público promovido pela Secec contemplará 190 propostas de oito macrorregiões em três linhas de apoio, promovendo o intercâmbio e a difusão cultural, com a novidade da reserva de 65 vagas para agentes culturais que não tenham acessado recursos do FAC nos últimos cinco anos.

Constam do resultado a pontuação obtida na análise de mérito cultural, o número do projeto com o valor aprovado, o nome do proponente e a identificação dos projetos preliminarmente classificados para etapa de admissibilidade de acordo com a linha de apoio de inscrição.

Os proponentes que tiverem dois projetos classificados para etapa de admissibilidade terão o prazo de cinco dias corridos para informar o projeto prioritário, caso ambos permaneçam em condição de contemplados. O certame cumprirá, a partir deste momento, a etapa recursal quanto à análise técnica de mérito cultural. Os recursos devem ser encaminhados, no prazo de dez dias corridos, ao e-mail recurso.fac@cultura.df.gov.br. Os prazos mencionados contam a partir desta quinta-feira (22).

Veja a lista dos lista dos contemplados.

Abaixo, confira o número de projetos classificados por macrorregião.

Macrorregião 1.1 / Gama, Santa Maria e Park Way: 18 (186 inscritos).
Macrorregião 1.2 / Núcleo Bandeirante, Candangolândia, Cruzeiro, Vila Telebrasília e Vila Planalto: 18 (108 inscritos).
Macrorregião 1.3 / Taguatinga, Águas Claras, Vicente Pires, Guará e Arniqueira: 29 (324 inscritos).
Macrorregião 1.4 / Recanto das Emas, Riacho Fundo I e Riacho Fundo II: 16 (60 inscritos).
Macrorregião 1.5 / Planaltina, Fercal, Sobradinho I e Sobradinho II: 35 (147 inscritos).
Macrorregião 1.6 / Itapoã, Varjão, Paranoá, São Sebastião e Jardim Botânico: 18 (159 inscritos).
Macrorregião 1.7 / Estrutural, Brazlândia e SIA: 14 (29 inscritos).
Macrorregião 1.8 /  Samambaia, Ceilândia e Sol Nascente/Pôr do Sol: 42 (194 inscritos).

Com informações da Secec

A redução no número de infectados pelo novo coronavírus (Covid-19) e a estabilidade da doença na capital colaboraram para que o Governo do Distrito Federal ampliasse o retorno dos servidores ao ambiente presencial de trabalho. As regras para esta volta estão descritas no Decreto Nº 41.348, publicado em 15 de outubro de 2020, data em que ele passou a vigorar.

Entenda, abaixo, , caso a caso, tenha ele alguma comorbidade ou não, seja idoso, gestante ou lactante e demais casos. Vale lembrar que todos os órgãos estão autorizados a adotar medidas complementares ao decreto em questão.

Na Secretaria de Saúde, por exemplo, os servidores retornaram às atividades um pouco antes da publicação do Decreto, tendo em vista normativos anteriores que estabeleciam que a decisão poderia ser adotada de forma discricionária.

Por lá foi editada a Portaria Nº 750/20, que regulamenta o retorno ao trabalho. Até o último dia 16, cerca de 2.700 servidores dos grupos de risco tinham apresentado requerimento no Sistema Eletrônico de Informações (SEI). Aproximadamente 1.000 requerimentos foram deferidos pelos núcleos de medicina do trabalho. São os médicos peritos que fazem a avaliação dos servidores do grupo de risco.

A Secretaria de Turismo, por sua vez, publicou portaria nesta terça-feira (20), regulamentando o retorno presencial ao trabalho de todos os servidores, com vistas à recuperação do setor turístico.

A volta ao trabalho presencial será organizada pelas chefias de cada setor e aqueles que se enquadram no grupo de risco permanecerão no regime de teletrabalho. Medidas sanitárias vão ser tomadas pela pasta e a limpeza das instalações intensificadas.

Com a publicação do decreto, os núcleos de atendimento ao cidadão da Secretaria DF Legal voltaram a funcionar nesta segunda-feira (19). Ao todo, são dez pontos distribuídos pelas regiões administrativas, onde é possível ter informações sobre fiscalização e acessar serviços.

Os núcleos se encontravam fechados desde março, por causa da pandemia de Covid-19, e os atendimentos estavam concentrados na sede da DF Legal, no SIA Trecho 3. Será possível acessar diferentes serviços – cópias de processos, lançamento de taxas e preços públicos, emissão de nada consta e de boletos de responsabilidade da DF Legal, entre outros.

Retorno gradual
O retorno dos servidores tem um alcance inicial de até 50%, mas pode chegar a 100% de acordo com o critério adotado pela chefia do órgão onde ele trabalha.

Diretrizes gerais
Os órgãos devem adotar medidas como:

1) Avaliar o revezamento dos servidores no ambiente presencial, seja em turnos ou dias, observando a carga horária;
2) As unidades administrativas devem ser mobilizadas para ajustes e reparos necessários nas estruturas hidráulicas e elétricas, entre outras;
3) Servidores que apresentarem sintomas compatíveis com a enfermidade decorrente do novo coronavírus (Covid-19) devem ser afastados imediatamente;
4) Protocolos de segurança recomendados pelas autoridades sanitárias devem ser adotados.

Continuidade do teletrabalho
Em alguns casos, nada mudou. Devem permanecer afastados, em regime de teletrabalho, os seguintes servidores:

1) Com 60 anos ou mais;
2) Pessoas com comorbidades tais como cardiopatia, doenças renais, asma, diabetes, etc;
3) Responsáveis por cuidar de uma ou mais pessoas com suspeita ou confirmação de diagnóstico de Covid-19, atestada por prescrição médica ou recomendação de agente de vigilância epidemiológica, enquanto acometida pela doença;
4) Gestantes e lactantes; pessoa com suspeita ou confirmação de diagnóstico de infecção pela Covid-19, enquanto acometida pela doença.

Declaração para grupo de risco
Os servidores que se enquadram nas exceções previstas para o teletrabalho devem acessar o Sistema Eletrônico de Informações (SEI) e preencher o formulário “Autodeclaração de grupo de risco”. O formulário deve ser preenchido de forma específica e restrita no SEI para que os dados do servidor não fiquem expostos.

Aqueles que possuem 60 anos ou mais devem apenas declarar a idade no formulário. Já os servidores com comorbidades; as gestantes e lactantes; os responsáveis por cuidar de uma pessoa contaminada por Covid-19 ou o próprio servidor que estiver com a doença devem preencher o formulário e apresentar o atestado ou prescrição médica ou documento que confirme a condição.

O documento que atesta a condição de saúde deve ser juntado ao formulário em até dez dias, também via SEI.

Outras condições
Os servidores que não possuem equipamento e meios para desempenhar suas atividades no regime de teletrabalho podem retornar ao trabalho presencial desde que respeitado o percentual máximo de cada órgão.

Medidas de segurança e sanitárias
Os serviços de atendimento ao público devem respeitar o distanciamento mínimo de dois metros, com utilização de barreiras de proteção, não sendo permitida a aglomeração de pessoas. Assentos e outros espaços que tenham frequente contato humano devem ser higienizados.

Outras medidas devem ser adotadas, tais como:

1) Limitar e organizar o uso de bibliotecas ou auditórios;
2) Priorizar reuniões virtuais, em detrimento das presenciais;
3) Garantir a distância mínima de dois metros entre as pessoas;
4) Utilização de máscaras de proteção facial
5) Disponibilizar álcool em gel 70%;
6) Aferir a temperatura dos servidores, empregados, estagiários, colaboradores e
visitantes na entrada do órgão ou entidade;
7) Manter os banheiros e demais locais do órgão ou entidade higienizados e com
suprimentos suficientes para possibilitar a higiene pessoal de seus usuários.
8) Quando constatada febre superior a 37,8 °C ou estado gripal, a entrada da pessoa no órgão deverá ser impedida e a mesma orientada a procurar o sistema de saúde.

O decreto não vale para:

Assim como em publicações anteriores, o Decreto Nº 41.348/2020 não se aplica para as áreas de saúde, segurança, vigilância sanitária, comunicação, assistência social; órgãos de defesa do consumidor; SLU; DF Legal; Semob; Brasília Ambiental; Fiscalização Tributária da Receita do Distrito Federal; Conselhos Tutelares; Centro Integrado 18 de maio; e Na Hora. Cada um destes órgãos deve observar as regras adotadas internamente via portarias ou decretos.

Por: Samuel Barbosa

Ainda este ano, a administração de Brazlândia vai fazer a trocar das antigas e velhas lâmpadas a vapor de sódio por novas e modernas dotadas de tecnologia LED em diversos setores da cidade. O serviço faz parte do Programa de “Eficientização da Iluminação Pública”, que prevê a substituição de mil seiscentas seis (1606) lâmpadas nesta primeira etapa, que além de oferecer uma melhor luminosidade melhora a segurança dos moradores. A substituição destas lâmpadas irá reduzir as despesas com iluminação pública na cidade, podendo gerar uma economia de energia de até 40% no pagamento das faturas de responsabilidade da administração regional.

Até o final deste ano, a substituição acontecerá na rota do transporte público na cidade, na orla do Lago Veredinha, nas quadras 55 à 58, na área da rodoviária de Brazlândia (SCDN) e na avenida contorno do Incra 8. A previsão da Administração é de que todas as luminárias da cidade sejam substituídas até 2022.

O trabalho será executado pela Companhia Energética de Brasília (CEB) com recursos provenientes de emenda parlamentar do deputado Iolando Almeida (PSC), que destinou R$ 1.500.000,00 para a execução desta primeira etapa da obra.

A eficientização de iluminação pública na Região Administrativa de Brazlândia contribuirá muito na segurança pública, na mobilidade urbana, na economicidade, pois resulta em baixa manutenção e alta durabilidade das luminárias de LED, que tem uma vida útil média de 10 anos.

 

 

 

 

 

AGÊNCIA BRASÍLIA 

Desde quinta-feira (15), o Departamento de Estradas de Rodagem do Distrito Federal (DER) trabalha em uma nova fase da obra de alargamento da Estrada Parque Contorno (EPCT/DF-001), em um trecho de 8,3 km entre o entroncamento da DF-095 (Estrutural) e a BR-080. Esta nova etapa, que tem a expectativa de gerar 70 empregos, entre diretos e indiretos, compreende o serviço de microrrevestimento asfáltico ao longo do percurso.

O consórcio também trabalha na implantação de 4,2 km de ciclovia compartilhada (com calçada para passagem de pedestres), além da instalação das barreiras tipo New Jersey (divisórias de pista) em um trecho de 7,8 km – obra viabilizada com o fim do processo licitatório, no valor de R$ 4,4 milhões, que resultou na contratação do Consórcio DF-001.

30 milNúmero estimado de veículos que trafegam diariamente pela região

“Graças ao estudo técnico realizado pela nossa equipe, podemos observar a importância e a necessidade de realizar essa obra, que vai proporcionar mais segurança viária e conforto aos aproximadamente 30 mil motoristas que trafegam por aqui todos os dias”, avalia o diretor-geral do DER, Fauzi Nacfur Júnior.

Ao longo desse percurso, serão construídas três passagens de fauna, estando também previstas obras complementares para instalar as sinalizações horizontal, vertical e ambiental. Essas passagens consistem em túneis pelos quais os animais podem passar sem risco de ser atropelados, além de telas protetoras que os isolam dos trechos mais movimentados da estrada. Elas serão construídas no trecho da região que faz parte da Floresta Nacional de Brasília (Flona).

Benefícios para todos

“Com o início desses serviços, a população que passa por esse trecho diariamente vai sentir uma melhora muito grande na questão da segurança viária – inclusive, não haverá mais o risco de se deparar com algum animal cruzando a pista, justamente por causa das três passagens de fauna que serão construídas”, explica o superintendente de obras o DER, Cristiano Cavalcante.

Moradora de Brazlândia, a vendedora Márcia Fernandes, de 41 anos, comemora o avanço das obras. “Faço esse percurso de Brazlândia para Taguatinga há quase 20 anos e fico satisfeita de ver o trabalho que está sendo feito e que, que, com toda certeza, trará uma sensação maior de segurança”, afirma.

A obra de melhoria geométrica teve início no segundo semestre de 2019. Os serviços estão 40% concluídos e já somam 2,8 quilômetros da faixa adicional pavimentada. O restante do trecho programado para as melhorias se encontra em diferentes fases de execução, o que inclui terraplenagem e implantação de base ou imprimação para a futura aplicação de capa asfáltica.

*Com informações do DER

 

 

COMUNICADO BRAZLANDIA AMBIENTALMENTE SUSTENTAVEL.

Por: Samuel Barbosa

Fotos: Israel Pinheiro

Com informações da SEPD

Representantes da Secretaria da Pessoa com Deficiência do Distrito Federal (SEPD) estiveram nesta quinta-feira (15), no auditório da Administração Regional de Brazlândia para ministraram um curso de qualificação no atendimento à pessoa com deficiência aos servidores da instituição.

O objetivo da capacitação é orientar os servidores que trabalham na área de atendimento quanto ao tratamento a ser dispensado à população com deficiência, levando em conta os obstáculos que elas enfrentam quando precisam de atendimento em órgãos públicos. “O atendimento humanizado também faz parte do processo de garantia de acessibilidade. É mais do que colocar uma rampa ou piso tátil. É saber mostrar o direcionamento certo, tratar as dificuldades de forma diferenciada. Muitos erros são cometidos por falta de conhecimento”, ressalta a secretária da Pessoa com Deficiência do DF, Rosinha da Adefal.

O conteúdo da capacitação abordou temas como: conceito e “tipos” de deficiência, terminologias corretas para se referir ao público de forma humanizada e respeitosa, capacitismo, dentre outros. Assim os servidores passaram a oferer um tratamento digno e respeitoso” no que diz respeito ao chamado “público PcD”.  

Capacitação

O curso é dividido em dois módulos: conceitos sobre todas as deficiências e terminologias corretas para referência às pessoas com deficiência. A equipe técnica da SEPD está sendo responsável por ministrar as aulas. Além da parte teórica, os instrutores trouxeram exemplos com a própria vivência, tendo em vista que todos são pessoas com deficiência conhecedoras da temática.

Os responsáveis pela capacitação: Daniela Louvores (assessora técnica da Diretoria de Emprego e Renda da SEPD, cadeirante); Karina Ramos (assessora da Coordenação de Políticas Temáticas da SEPD, cadeirante); Waldimar Carvalho (diretor de Acessibilidade Comunicacional, surdo); e Adriana Lourenço das Candeias (assessora técnica da SEPD, deficiente visual).

 

 

Por: Samuel Barbosa

Fotos: Israel Pinheiro

A administração de Brazlândia não para e segue com os trabalhos de melhorias na infraestrutura da cidade. São diversas benfeitorias como, por exemplo, a ampliação da rede de captação de águas pluviais, com mais 199 novas bocas de lobo na Vila São José. E, além de manter em dia a limpeza e reparos na rede pluvial (bocas de lobo), mesmo sendo um serviço cotidiano, mas com a chegada do período chuvoso o trabalho é intensificado, visando amenizar os danos causados pelas chuvas torrenciais.  

Diariamente diversos pontos da cidade recebem a operação tapa buraco, poda de árvores, limpeza de áreas públicas, recuperação de estradas rurais, roçagem de mato, implantação de calçadas com acessibilidade em pontos de maior circulação e o desentupimento de bocas de lobo e mais a construção de novas unidades

Além disso o hospital de Brazlândia também recebeu melhorias na sua área externa, a implantação de calçadas com acessibilidade na lateral para facilitar o fluxo de pacientes e servidores. Ainda asfaltaram um trecho de 1,1 mil metros quadrados permitindo passagem à rua secundária do setor Veredas, com o objetivo de também facilitar o acesso de ambulâncias, veículos particulares e mesmo moradores a pé, podendo chegar à unidade de saúde mais rapidamente em situação de emergência.

Com este trabalho da administração as águas escoarão livremente, evitando alagamentos em pontos críticos da cidade. Evita também que a enxurrada empurre lixos deixados nas ruas e que podem ir em direção ao Lago Veredinha, poluindo e prejudicando o cartão postal.

Os serviços são realizados em parceria entre equipes da Administração de Brazlândia, Novacap e o Programa GDF Presente. 

Alerta

Os moradores podem colaborar mantendo as ruas limpas, evitando colocar lixos domésticos na porta de casa para evitar que cachorros rasguem e espalhem o lixo pelas ruas. Os lixos devem ser colocados em cestos seguros. Evitar jogar lixos e garrafas na orla do lago.

Canais de atendimento da administração

A maioria dos serviços executados são solicitados pela ouvidoria (http://www.ouvidoria.df.gov.br/) ou pelo telefone 162. Também pode baixar o aplicado o app e-GDF, na seção Ouvidoria, é possível abrir e acompanhar solicitações feitas a administração.

Por: Samuel Barbosa

Fotos: Israel Pinheiro

Nesta segunda-feira (12), dia das crianças, a Administração de Brazlândia inaugurou a revitalização da Orla do Lago Veredinha com uma linda festa preparada especialmente para os pequeninos e seus familiares. As crianças aproveitaram bem o presente com muita diversão, houve distribuição de brinquedos, jogos, muitas brincadeiras, pula-pula, brinquedos infláveis, apresentação do grupo de capoeira Gbalá e além disso, elas se deliciaram com sorvetes, cachorros quente, entre outras guloseimas. E para se refrescarem do calor teve até banho de água oferecido pelo corpo de bombeiros. Ainda houve competição de vôlei de areia e de futevôlei, que ocorreram na quadra revitalizada com novos alambrados onde a areia também foi trocada. Para completar a festa os skatistas da cidade também deram um show de habilidades com manobras radicais.

Considerado o cartão postal da cidade o complexo esportivo e de lazer passou por uma intensa revitalização em toda sua área, tornando assim um local ideal para passeio familiar e prática de esportes e lazer para todas as idades. Os serviços foram executados com recursos repassados à administração de Brazlândia por meio de emenda parlamentar do deputado Iolando Almeida (PSC).

Os serviços foram executados na revitalização dos espaços verdes onde as famílias gostam se reunir no final da tarde e as crianças podem usufruir do novo parquinho infantil ecológico de madeira. Outros espaços importantes também restaurados como; espaços culturais onde os artistas podem marcar encontros e mostrar seus trabalhos; Instalação de equipamentos de calistenia e malhação; novo calçamento com acessibilidade facilitando a locomoção das pessoas com necessidades especiais e idosos; construção de uma pista exclusiva que dá acesso a orla do Lago para viaturas do corpo de bombeiros e polícia para casos de necessidade de um acesso rápido; ainda a construção de alambrados e troca da areia na quadra de vôlei; renovação de pintura da pista de Skate Park e a recuperação do muro de contenção. Além  disso, o amor pela cidade está estampado em um letreiro com a frase “Eu Amo Brazlândia”, embelezando o local e exaltando o nome da cidade.

Coronel Jesiel Rosa, administrador de Brazlândia, disse que o GDF tem buscado restaurar a beleza e utilidade dos espaços públicos colocados à disposição da comunidade. “O deputado Iolando fazendo parte da base do governo é um parceiro da cidade destinando emendas que possibilitam realizar estas melhorias. A administração de Brazlândia cumpre o seu papel fazendo pulsar na cidade o amor por seus espaços e esta revitalização da orla do Lago atende bem a este propósito como foi hoje o evento. Parabenizo as crianças, aos parceiros e aos servidores que se colocaram à disposição desta bela festa. Feliz dia das crianças!”, destacou o administrador.

As benfeitorias realizadas às margens do Lago beneficiam Brazlândia não somente por trazer uma imagem mais bela à cidade e mais qualidade de vida ao seu cidadão, mas também fomenta a economia local favorecida pelo aumento de pessoas consumindo produtos, bebidas e alimentos, as quais vem aproveitar e valorizar a gastronomia brazlandense. E com estas revitalizações a Administração de Brazlândia ainda trará eventos esportivos como o futevôlei e competições de skates, entre outros.

A cidade trás essas mudanças para beneficiar toda a comunidade, portanto se faz necessário a colaboração quanto a preservação desta importante área de lazer e bem patrimonial de Brazlândia que é o Lago. Quem ama demostra cuidado, não jogar lixo e nem pichar, apenas ame Brazlândia!

Por: Samuel Barbosa

Fotos: Israel Pinheiro

A Administração Regional de Brazlândia, por meio da Gerência de Apoio Rural, e a Federação dos Conselhos Comunitários de Segurança Pública do Distrito Federal (Feconseg), realizaram na manhã do último sábado (3) uma reunião itinerante de trabalho onde foram debatidas diversas ações visando a melhoria da segurança pública de Brazlândia e região. A finalidade foi identificar as demandas e buscar soluções para os problemas enfrentados em relação ao setor rural, além de promover a interlocução entre os presidentes dos Conselhos Comunitários de Segurança Urbana e Rural (CONSEGs) e os órgãos representativos do governo.

O encontro aconteceu na área onde está instalado o estande de tiro da Polícia Militar, no Rodeador em Brazlândia, e reuniu membros do poder público e da sociedade civil, também entidades organizadas, autoridades políticas e representantes de associações de produtores rurais. Este foi o primeiro encontro aqui em Brazlândia com os órgãos de segurança pública, onde discutiram sobre ações para garantir melhoria da segurança pública do setor rural da cidade.

Entre os assuntos abordados estão as seguintes questões: Reforma e ampliação da base de apoio da Companhia Rural Oeste, no Rodeador; A perfuração de um poço artesiano com a caixa d’água, para atender a demanda da base e do Centro de Treinamento de Tiro, que atende todo efetivo da polícia militar e demais órgãos públicos de segurança que atuam na esfera distrital e federal; aumento do efetivo de policias que atuam no setor rural; A instalação de mais câmeras de monitoramento nos pontos estratégicos na área rural e urbana da cidade, além de aquisição de drones para ampliar a vigilância dos focos de incêndio, na área rural; Transformação do posto policial do Incra 8 em uma base integrada de segurança pública comunitária com efetivos da polícia militar, polícia civil, corpo de bombeiros e Detran e a instalação de uma central de monitoramento no 16º BPM em Brazlândia, Incra 8 e Rodeador.

Além disso o Corpo de Bombeiros almeja trazer para a região rural de Brazlândia o batalhão aéreo de combate ao incêndio florestal, a regional de ensino manifestou interesse em adquirir uma área para a construção de uma unidade da escola da natureza.

Participaram da reunião a presidente da Feconseg, Flávia Portela, a presidente do Conselho Comunitário de Segurança Rural, Maria do Carmo, o presidente do Conselho Comunitário de Segurança Urbano, Marcelo Lacerda, o deputado distrital, Iolando Almeida, o deputado federal Tadeu Filippeli, o administrador de Brazlândia, Cel. Jesiel Rosa, o secretário de Estado de Comunidade, Severino Cajazeiras, representando o deputado Hermeto, sargento Ademar Dias, Comandante da Companhia Rural Oeste, Capitão Rafael Cunha, Subcomandante do Corpo de Bombeiro do DF, Cel. Célio Wilson, Comandante do 7ª GBM de Brazlândia, Tenente Coronel Lilian, diretor geral do DER, Fauzi Nacfur, representando o senador Izalci Lucas, professor Nilson Assunção, além de lideranças comunitárias  e convidados.

A partir da próxima segunda-feira (28), duas linhas de ônibus que circulam em Brazlândia passarão por modificações para melhor atender os passageiros de Brazlândia que se dirigem à Taguatinga Sul.

A medida atinge as linhas 0.401 (Brazlândia – DF 240/Taguatinga Sul (Católica) e 401.1 (Brazlândia -DF 430/Taguatinga Sul (Comercial-SAMDU) e será implementada pela Secretaria de Transporte e Mobilidade após solicitações dos usuários e pesquisas realizadas em conjunto com a empresa São José, que opera na região.

Antes, os ônibus circulam pelas vias internas das áreas residenciais da Vila Dimas e da Vila Matias, em Taguatinga Sul. A partir de segunda-feira (28), passarão a transitar pelo Pistão Sul até a Católica, beneficiando os usuários com redução da caminhada e aumento da segurança, já que não será mais preciso atravessar o movimentado Pistão Sul.

Além disso, a viagem da linha 0.401 ficará mais rápida, pois os ônibus não vão mais parar no Terminal de Taguatinga Sul para retornar para Brazlândia.

Os novos itinerários e horários da linhas 0.401 e 401.1 estarão disponíveis no site: www.dfnoponto.df.gov.br, a partir do dia 28 de setembro.

Por: Samuel Barbosa

Em solenidade realizada na manhã desta sexta-feira (18) com a Administração Regional de Brazlândia (RA-IV) e a Secretaria de Agricultura Abastecimento e Desenvolvimento Rural (SEAGRI/DF), foi dado um importante passo para a construção do Parque Agropecuário de Exposições e Multifuncional de Brazlândia. Este projeto permitirá um espaço exclusivo e destinado a realizações de grandes eventos como festas de peão de boiadeiro, a do morango e da goiaba, exposições agrícolas, datas comemorativas e além de artesanatos e outros eventos.  

A obra será executada em uma área que foi planejada visando oferecer conforto e segurança para a população durante a realização de eventos, com um espaço de 261,250.000 m². O lugar está situado às margens da BR 080, entre os núcleos rurais córrego pulador e Núcleo Rural Bela Vista – Cascalheira e será útil para todas diversidades culturais, inclusive será um espaço permanente para exposição e comercialização de produtos do artesanato, gastronomia, dentre outros segmentos da cidade. Com isto a cidade de Brazlândia atrairá mais visitantes e turistas, gerando emprego, renda, fomentando e aumentando a sua economia.

Todas as benfeitorias serão executadas de acordo com as normas ambientais, levando em consideração o bom emprego de águas pluviais, energia solar, compostagem de material orgânico, reaproveitamento de águas cinza e cumprindo as exigências das normas de acessibilidade.

A solenidade contou com a presença do Administrador de Brazlândia, Jesiel Rosa, da deputada federal, Bia kicis, do Secretário de Agricultura, Candido Teles de Araújo e do Subsecretário de Abastecimento e Desenvolvimento Rural, Odilon Vieira, além de representantes de entidades ligadas a agricultura.

Por: Samuel Barbosa

A Administração de Brazlândia, em parceria com a Novacap, está asfaltando um trecho de 1,1 mil metros quadrados que dá acesso a rua secundária do setor Veredas. O objetivo é facilitar o acesso de forma mais rápida para que ambulâncias, motoristas e moradores do setor Veredas possam chegar ao hospital de Brazlândia rapidamente, em alguma situação de emergência, além disso a pista também favorecerá o acesso ao estacionamento externo do hospital.

O serviço atende a um pedido antigo dos moradores do setor Veredas quanto a criação de uma via que facilitasse a entrada para a emergência do hospital, pois o retorno mais próximo fica na BR 08, a seis quilômetros de distância, dificultando um acesso mais rápido, principalmente para ambulâncias em urgência.

Embora esta entrada já tivesse sido feita, mas ainda faltava o asfaltamento da pista, o que está sendo concluído. Além do asfaltamento também está sendo implantado calçadas com acessibilidade. Um serviço solicitado pelos moradores do setor e prontamente atendido, viabilizando uma melhor circulação com melhor acesso da comunidade até o hospital.

 

Com um mês marcado por altas temperaturas, umidade relativa do ar baixa, aumenta a possibilidade de incêndios florestais no DF – e o Instituto Brasília Ambiental está preparado para enfrentar os desafios da seca. “Estamos com 145 brigadistas, distribuídos em dez bases e seis postos avançados no DF, prontos para atuar em qualquer foco de incêndio que ocorra nos parques e unidades de conservação, sob nossa administração”, informa o diretor de prevenção e combate a incêndios florestais do órgão, Pedro Paulo Cardoso.

As bases das brigadas estão localizadas nos parques Veredinha (Brazlândia), Recreativo do Gama (Prainha) e Lago do Cortado (Taguatinga), e ainda em Riacho Fundo, Águas Claras, Ezechias Heringer (Guará), Lago Norte, Paranoá, Sede do Brasília Ambiental e Estação Ecológica Águas Emendadas (Esecae).

Já os postos avançados ficam nos parques Três Meninas (Samambaia), Saburo Onoyama (Taguatinga), Jardim Botânico de Brasília, Ermida Dom Bosco (Lago Sul), Olhos d`Água (Asa Norte) e Jequitibás (Sobradinho). As brigadas que se encontram nas bases contam com cinco a seis combatentes por dia. Nos postos avançados, são dois brigadistas por dia, e na Esecae, 14.

Trabalho intenso

Os brigadistas foram selecionados e contratados pelo Brasília Ambiental no início de julho. Já atuaram na fase de prevenção, construindo aceiros nas unidades ecológicas consideradas mais vulneráveis. Ao todo, foram feitos 25 aceiros mecânicos e apoiados vários aceiros negros. A função do aceiro, de um modo geral, é retirar o material combustível – no caso, o mato seco –, impedindo que o fogo pegue ou se alastre.

O diretor ressalta que o trabalho da brigada será mais intenso agora, no período crítico da seca. Por isso, explica, o processo seletivo dos brigadistas é bem rígido. “Para a pessoa ser um brigadista, tem que ter experiência, currículo bem-focado na área”, explica. “Todos os nossos brigadistas têm uma bagagem de combate a incêndios consolidada, e a cada dia estão aperfeiçoando mais esta experiência”.

Segundo Pedro Cardoso, muitos brigadistas reforçam a preparação no decorrer do contrato de trabalho com o instituto. Este ano, os supervisores de brigada fizeram o curso básico de Sistema de Comandos de Incidentes (SCI), ferramenta norte-americana que, desde a década de 1970, organiza o atendimento ao incidente, definindo funções.

Oferecido em parceria com a Secretaria de Meio Ambiente, que coordena o Programa de Prevenção e Combate a Incêndios (Ppcif) do DF, o curso foi feito junto ao Corpo de Bombeiros. “Sempre contamos com o apoio deles [bombeiros]”, informa o diretor. “Somando forças, conseguimos atingir o objetivo, que é diminuir o máximo possível a área queimada no DF”.

“Somando forças, conseguimos atingir o objetivo, que é diminuir o máximo possível a área queimada no DF”Pedro Cardoso, diretor de prevenção e combate a incêndios florestais do Brasília Ambiental

Prevenção é importante

A superintendente de Unidades de Conservação, Biodiversidade e Água, Rejane Pieratti, endossa o alto nível de preparo do Brasília Ambiental para enfrentar a seca, especialmente neste mês, mas ressalta que, se combater o incêndio florestal é fundamental, preveni-lo é de extrema importância.

Rejane lembra que a maior parte dos incêndios florestais tem como causa ações humanas negligentes ou até criminosas. “A negligência ocorre quando são feitas limpezas de terrenos vizinhos aos parques, com colocação de fogo no mato seco e lixo, e esse fogo se alastra e atinge áreas dos parques”, exemplifica.

Há casos mais graves, pontua ela. “Tem pessoas que, mesmo sabendo que é proibido, fazem churrascos nos parques, o que leva perigo a esses espaços ecológicos”, exemplifica. “Outras jogam guimbas de cigarros nos caminhos que existem dentro dos parques. Há ainda quem utilize os parques para desmanche de carro roubado e queime o veículo para sumir com as provas. De tudo isso temos registros, infelizmente”.

Por todas essas situações, a gestora pede consciência à população de que os parques são espaços ecológicos, de uso público, razão pela qual precisam contar com o cuidado de todos que os frequentam. Tanto quanto o diretor do Brasília Ambiental, Rejane lembra que qualquer foco de incêndio deve ser comunicado, em tempo hábil, pelos telefones 193 ou 99114-7202 – este último, apenas quando o fogo ocorrer dentro de um parque ou unidade de conservação. Para comunicar ocorrências em parques ou unidades, também é possível enviar mensagens e/ou fotos via whatsapp, de preferência com a localização do foco.

O período chuvoso está chegando e, junto com ele, a preocupação com o aumento do número de casos de dengue, chikungunya e zika no Distrito Federal. Embora todos os dias os agentes de Vigilância Ambiental inspecionem residências e espaços públicos, em todo o DF, os cuidados começam dentro de casa e se estendem às ruas.

O lixo acondicionado de forma incorreta, no período chuvoso, torna-se um ‘excelente’ criadouro para o mosquito Aedes aegypti. Uma simples tampa de garrafa jogada nas ruas, ou no quintal de casa, pode servir para a fêmea do mosquito depositar ovos. Por isso, a Vigilância Ambiental alerta para os cuidados que cada um deve tomar para evitar o nascimento do mosquito.

“Estamos no período interepidêmico, que antecede ao período chuvoso. Por isso, é necessário que redobremos a atenção e os cuidados com as propriedades e com a vizinhança”, alerta o gerente de campo de vetores e animais peçonhentos da Vigilância Ambiental, Reginaldo Braga. 

575quantidade de dias que os ovos do mosquito podem durar esperando as chuvas

Ele pede para que os moradores não joguem lixo, entulhos ou inservíveis na rua, em terrenos baldios, esquinas ou áreas verdes, para que a fêmea do Aedes aegypti não possa se aproveitar destes possíveis criadouros para depositar ovos.

Embora o DF esteja há 117 dias sem chuva, os ovos do mosquito podem durar 575 dias esperando água para começar o ciclo de vida aquática, gerando os futuros mosquitos que poderão transmitir doenças.

Reginaldo chama atenção da população para que os trabalhos da Vigilância Ambiental sejam feitos em conjunto. “Só assim poderemos vencer esta batalha”.

Cuidados em casa
Várias medidas devem ser tomadas em casa para conter a proliferação do aedes. Para isso, a Agência Saúde DF preparou um check list com as orientações para manter o mosquito longe da residência. Veja quais são elas:

Dengue, Zika e Chikungunya
As três doenças são causadas pelo Aedes aegypti. Cada uma tem sua particularidade quanto aos sinais e sintomas. Fique atento a cada um deles.


Em quaisquer dos casos, o cidadão deve procurar a Unidade Básica de Saúde mais próxima de sua residência. No local, ele será atendido pela equipe de Saúde da Família, que irá conduzir o caso clinicamente.

Febre amarela
Das doenças provocadas pelo Aedes aegypti, a febre amarela é a única prevenível com vacina. É uma doença viral que, no Distrito Federal, está sob controle. No entanto, a cobertura vacinal em 2020 está baixa quando comparada a 2019. O DF atingiu 90,5% de cobertura no ano passado e apenas 62,9% este ano.

De acordo com a Vigilância Epidemiológica da Secretaria de Saúde, a cobertura vacinal da população é essencial para manter a doença longe do DF. A vacina contra a febre amarela está disponível em todas as salas de vacina do DF.

O Distrito Federal não registrou casos da doença em 2019 e em 2020. Este ano, foram notificados 16 casos suspeitos de residentes e não residentes do DF. Porém nenhum foi positivo para a doença. No entanto, em 2018, o DF teve dois casos confirmados. Por isso, a vacinação é a única proteção.

Dengue, zika e chikungunya
Até a semana epidemiológica 35 (com dados de 29/12/2019 a 29/8/2020), o DF registrou 44.523 casos de dengue. Os números estão no Boletim Epidemiológico divulgado nesta sexta-feira (11) pela Secretaria de Saúde. Ceilândia, Gama e Santa Maria lideram o ranking das regiões administrativas com mais casos da doença em 2020.

Em Ceilândia já foram registrados 4.998 casos prováveis de dengue. A região recebeu, nesta sexta-feira (11), ação do Sanear Dengue para combater a proliferação do mosquito.

Durante os trabalhos, os servidores da Secretaria de Saúde, e de outros órgãos do GDF, vistoriaram 26.529 depósitos de água em residências, espaços públicos e pontos comerciais, como borracharias, floriculturas e ferros-velhos.

O Gama registrou 4.676 casos prováveis da doença. O Sanear Dengue esteve na região na última quinta-feira (10) e vistoriou 443 imóveis, sendo que 38 estavam fechados e inspecionou 1.254 depósitos de água.

Os demais dados estão disponíveis no informativo publicado no site da Secretaria de Saúde.

Com informações da Secretaria de Saúde/DF

Para monitorar pontos com características de risco para proliferação do mosquito Aedes aegypti, como ferros-velhos, depósitos de reciclagem e borracharias, o Corpo Bombeiros Militar do Distrito Federal (CBMDF) começou a Operação Pontos de Controle. A ação ocorre em parceria com a Vigilância Ambiental, da Secretaria de Saúde, por meio do Grupo de Trabalho de Combate à Dengue

“Vamos visitar pontos já identificados e monitorá-los, antes do período chuvoso. O objetivo é eliminar possíveis criadouros e impedir a disseminação de arboviroses, como dengue, chikungunya e zika”, explicou o comandante das ações de combate à dengue no CBMDF, tenente-coronel Deusdete Vieira.

A primeira cidade a receber a ação foi Brazlândia. Nesta terça-feira (8), os militares estiveram em Ceilândia, onde ficarão até esta quinta-feira (10). “A prioridade são as regiões administrativas com maior incidência das doenças. Mas queremos visitar todos os pontos e estar no maior número de cidades no DF”, contou Vieira.

O trabalho realizado tem três fases: inspeção, orientação aos proprietários dos ferro-velhos, depósitos de reciclagem e borracharias; orientação e eliminação dos focos, caso exista, com aplicação de biolarvicida. “São produtos biodegradáveis e que não agridem o meio ambiente e não fazem mal aos seres humanos”, diz o coronel. 

Com informações da SSP/DF

Mais de 400 pessoas se inscreveram no edital de seleção de conselhos regionais de Cultura (CRCs) – triênio 2021/2024, lançando pelo Conselho de Cultura do Distrito Federal (CCDF). Encerrada em 23 de agosto, a concorrência contabilizou 444 candidatos de todas as regiões administrativas (RAs). Das 33 RAs, 25 (76%) atingiram quórum (mínimo de nove inscritos) para formar democraticamente os CRCs.

Mesmo em período de pandemia da Covid-19, que determinou processo eleitoral remoto, o volume de inscrições cresceu consideravelmente em relação aos editais anteriores. “Em 2016/2017, foram 233 inscritos”, compara o presidente do CCDF, Wellington Abreu. “Temos, hoje, 87% do DF envolvidos nessa eleição on-line. Há muito a comemorar”.

“Em 2016/2017, foram 233 inscritos. Temos, hoje, 87% do DF envolvido nessa eleição on-line. Há muito a comemorar”Wellington Abreu, presidente do Conselho de Cultura do Distrito Federal (CCDF)

Previsto na Lei Orgânica da Cultura (LOC), o CCDF é um órgão deliberativo com a missão de fortalecer e aprofundar o Sistema de Arte e Cultura do DF (SAC-DF) ao trazer a voz da sociedade civil para a construção coletiva das políticas públicas destinadas à cultura. As eleições refletem um esforço conjugado do CCDF, da Secretaria de Cultura e Economia Criativa (Secec) e da comunidade artística.

Após a homologação dos habilitados, realizado na sexta-feira (6), permanece aberto, até a próxima segunda (11), o período de interposição de recursos.  A partir desse momento, a mobilização será feita diretamente pelo candidato/candidata, em campanha que pode eleger titulares e suplentes dos CRCs. Com eleições marcadas entre os dias 21 deste mês e 2 de outubro, o processo eleitoral prevê que os novos conselheiros regionais tomem posse entre 16 de novembro deste ano e 8 de janeiro de 2021.

Explosão de inscrições

“Tivemos uma explosão de inscrições e conseguimos contemplar RAs que não tinham alcançado os números de candidatos e candidatas necessários para a composição dos conselhos regionais”, informa o presidente do CCDF.

Entre as RAs que receberam mais inscritos, estão Sobradinho I (28), Plano Piloto (26), Santa Maria com (24), Samambaia (23), Riacho Fundo I e Planaltina (19), Paranoá (18), Ceilândia e Recanto das Emas (17), Guará e Gama (16), Brazlândia, Sobradinho II e São Sebastião (15), Varjão (13), Cidade Estrutural e Jardim Botânico (12), Cruzeiro e Riacho Fundo II (dez ) e Águas Claras (nove).

Com domicílio eleitoral formado pela primeira vez, a RA de Sol Nascente/Pôr do Sol garantiu a marca dos 13 inscritos. Arniqueira, também estreante, registrou dez candidaturas no total. O certame prevê a composição dos CRCs com, no mínimo, nove vagas. Não atingiram esse número oito RAs: Itapoã (oito inscritos), Núcleo Bandeirante, Park Way, Vicente Pires (seis), Sudoeste (três), Lago Norte, Lago Sul e Fercal (dois).

Wellington Abreu informa que o CCDF vai debater possíveis soluções para essas oito RAs. Dentre as nove vagas, o certame deve obedecer, ainda, ao quesito de paridade de gênero, que prevê cinco vagas para mulheres. “Conseguimos obter um número alto de mulheres inscritas, o que nos deixou felizes e com a sensação do dever cumprido”, avalia.

Cronograma

Recebimento de recursos: até o dia 11 deste mês

Divulgação das candidaturas válidas: entre os dias 14 e 18

Realização das eleições on-line: do dia 21 deste mês a 2 de outubro

Homologação do resultado das eleições: 5 a 12 de outubro

Publicação no Diário Oficial do DF (DODF) dos nomes das pessoas eleitas: 13 outubro a 13 de novembro

Posse web/presencial: 16 de novembro deste ano a 8 de janeiro de 2021.

 

Com informações da Secec

Além do ponto turístico, obras também chegam ao hospital da cidade, com  a construção de acesso asfaltado para moradores do Setor Veredas

FLÁVIO BOTELHO, DA AGÊNCIA BRASÍLIA / EDIÇÃO: RENATO FERRAZ

Brazlândia vai ganhar uma importante melhoria. Na manhã desta segunda (31), começaram as obras de pavimentação da orla do Lago Veredinha e de construção de um acesso rápido ao hospital da cidade. Os dois projetos são da Administração Regional de Brazlândia e custarão R$ 500 mil, oriundos de emenda parlamentar, e vão gerar 75 empregos, diretos e indiretos. 

No lago, um dos pontos turísticos mais conhecidos da região, as pistas que margeiam o local receberão 3,2 mil metros quadrados de pavimentação nova. Além dis

O asfalto de qualidade e o novo estacionamento eram melhorias que os comerciantes da região aguardavam há muito tempo. Roldão Miguel, dono de um restaurante na beira da orla, elogiou o projeto e diz que ele irá ajudar muito o comércio e o turismo local: “A gente aguardava essa obra havia mais de 10 anos. Ela vai beneficiar todos os restaurantes aqui”, comemora.

Já no Hospital Regional de Brazlândia, o novo acesso rápido que será construído visa diminuir o tempo de resposta à chegada de uma ambulância ou de pacientes graves na unidade. Atualmente, para chegar ao acesso principal, é necessário se fazer um retorno na BR-080, rodovia que fica ao lado do hospital. O novo acesso, que receberá 1,1 mil metros quadrados de asfalto, ligará o Setor Veredas diretamente ao hospital.

“As obras são de grande importância para a região de Brazlândia, visto que a população as aguardava há alguns anos, e estamos felizes que a administração possa agora finalmente atender estas demandas”, ressaltou o administrador regional de Brazlândia, Jesiel Costa.

Outras ações


A nova pavimentação na orla do lago Veredinha e a construção do novo acesso ao Hospital Regional vêm para se somarem às diversas outras ações que o GDF vem realizando na região de Brazlândia nos últimos meses, reafirmando o compromisso de cuidar da cidade e de levar melhoria a todos os cantos do Distrito Federal.

Na Vila São José, a Companhia Urbanizadora da Nova Capital (Novacap) ampliou a rede de captação de águas pluviais, instalando mais 199 bocas de lobo (o dobro do que havia na região), além de ter desobstruído as antigas ao retirar 85 toneladas de entulho. Além disso, a região também vai receber uma nova Unidade de Pronto Atendimento (UPA).

O programa Administração nas Quadras também passou pelas ruas de Brazlândia, atendendo às diversas demandas dos moradores como poda de árvores, tapa-buracos, recuperação de praças e parques, recolhimento de lixo e entulho, entre outros serviços.

so,

 

A Vila São José, em Brazlândia, ganhou ampliação da rede de captação de águas pluviais, com mais 199 bocas de lobo – o dobro do que havia na região, em atenção à proximidade do período de chuvas. Também foram executados trabalhos de desobstrução e limpeza na rede. A obra foi executada pela Companhia Urbanizadora da Nova Capital do Brasil (Novacap).

Além da ampliação da rede, as bocas de lobo antigas foram desobstruídas. Pelo menos 85 toneladas de entulho foram retirados. A cidade não passava por obras de revitalização da rede de escoamento de água da chuva havia, pelo menos, dez anos.

“Com a alta demanda da comunidade, por meio da Ouvidoria e abaixo-assinados, devido à ineficiência do sistema de drenagem pluvial, buscamos viabilidade junto à Novacap para aumentar a quantidade de bocas de lobo e suprir a necessidade pluvial”, explicou o coordenador de Licenciamento, Obras e Manutenção da Administração Regional de Brazlândia, João Paulo Gomes.

O Serviço de Limpeza Urbana (SLU) informa que recolhe e limpa a cidade sistematicamente, entretanto, de acordo com moradores, ainda é fácil encontrar lixo na rua ou ver a destinação incorreta de seus resíduos, como é o caso do descarte de restos de materiais de construção. “Para manter a cidade sem lixo, e alagamento na chuva, precisamos contar com a colaboração das pessoas, porque não podemos trabalhar sozinhos”, afirmou o administrador da cidade, Jesiel Costa Rosa.

Mecânico e morador da Vila São José, Rodrigo Marcos da Silva, 23 anos, conta que a região enfrentava dificuldades na chuva. “A enxurrada descia com toda força, ultrapassando o nível do meio-fio e o balão”, conta, referindo-se ao acesso que fica em frente à Escola Classe 09.  

A nova boca de lobo, localizada em frente à casa do Paulo Henry Santos, 30 anos, na Quadra 6, Conjunto C do bairro Veredas, é uma solicitação feita por ele mesmo, via telefone 162, Ouvidoria-Geral do GDF. “Quando os vizinhos lavam as calçadas ficam poças de água na minha porta, um problema para toda a comunidade porque a água acumulada pode ser criadouro da dengue”, afirma o morador, agora atendido em sua demanda.

O diretor de Urbanização da Novacap, Sérgio Lemos, esclarece que a obra é para melhorar a captação e minimizar os problemas de alagamento da região. “Foram investidos mais de 170 mil na construção dos bueiros”, completa.

Prevenção em todo o DF

O trabalho de manutenção, limpeza e reparos na rede pluvial do Distrito Federal ocorre durante todo o ano. Mas, nos meses que antecedem o período chuvoso, o serviço é intensificado para prevenção dos possíveis impactos da chuva.

De acordo com a Novacap, o investimento em manutenção nas redes de água pluvial em todo o DF neste ano já foi de R$ 4.634.402,39. (R$ 4,6 milhões) Ao total, 58.313 bocas de lobo foram limpas; 334,1 metros de novas redes pluviais foram instaladas; e 374 bocas de lobo construídas.

Por: Samuel Barbosa

O amor por Brazlândia declarado de uma forma literalmente concreta. O letreiro com a frase “Eu Amo Brazlândia”, está novamente estampado na Orla do Cartão Postal da cidade, o lago Veredinha. Preparado com um material mais resistente e adequado para ficar exposto ao ar livre e não sofrer avarias, como antes.  

O letreiro, além de embelezar um dos locais mais movimentados da cidade, também é um importante monumento que exalta o nome da cidade e valoriza o turismo da nossa região, pois quem passa pelo local admira, aprova a ideia e, claro, aproveita para tirar fotos e compartilhar nas redes sociais mostrando o carinho com a cidade. Também permite uma maior interação entre os próprios moradores, que usam a orla para a prática de atividades físicas.

A iniciativa faz parte de uma série de ações que serão executadas para revitalizar o lago. Entre elas está a revitalização do complexo esportivo tendo calçadas com acessibilidade, recuperação dos muros de contenção, construção de parquinhos infantis, plantação de pés de ipês, construção de ciclovias, desassoreamento, além de uma nova iluminação especial.

É importante a colaboração da comunidade quanto a preservação desta importante área de lazer e bem patrimonial da cidade que é o lago. Não jogar lixo e nem pichar, mas demonstrar amor por Brazlândia!

A cidade, somos nós!

Ouvidoria na porta de casa: objetivo é fazer melhorias e resolver com agilidade demandas da população | Foto: Joel Rodrigues / Agência Brasília

O único lazer do produtor rural Danúbio de Jesus, de 30 anos, era jogar futebol com amigos em um campo de várzea na Quadra 58 de Brazlândia. O impedimento nos últimos meses foi reforçado pela pandemia de Covid-19, mas já existia com o abandono do espaço, invadido pelo mato e por entulhos descartados pelos próprios moradores. Até que há cerca de 15 dias o plantador de morangos abordou servidores do projeto Administração nas Quadras e, em 24 horas, viu a realidade da área de recreação se transformar.

“Trata-se de uma iniciativa importante por meio da qual se mostra o poder de ação do GDF, tendo à frente a administração, e se aproxima o poder público da comunidade”Jesiel Costa Rosa, administrador de Brazlândia

A ação do Governo do Distrito Federal (GDF), por meio da Administração Regional de Brazlândia, tem o objetivo de promover melhorias, atendendo com agilidade às demandas da população, em uma espécie de ouvidoria na porta de casa. E é assim que árvores vêm sendo podadas, buracos tapados, praças e parques recuperados, além de lixos recolhidos e outras séries de solicitações acolhidas.

Até agora, quatro quadras já foram atendidas e centenas de moradores ouvidos em uma pesquisa rápida, de 12 perguntas, em que as respostas se revertem em ações estruturais. Com o apoio da Companhia Urbanizadora da Nova Capital (Novacap), da Companhia Energética de Brasília (CEB), do Serviço de Limpeza Urbana (SLU) e de outros órgãos públicos, muito trabalho já foi feito desde o início de agosto.

Das ruas e lotes vagos foram coletadas 700 toneladas de entulhos e inservíveis, 18 árvores podadas, 13 bocas de lobos limpas e desobstruídas, 5 quilômetros de meios-fios pintados, quatro praças recuperadas e um campo de futebol – aquele, o da Quadra 58 – revitalizado. “Trata-se de uma iniciativa importante por meio da qual se mostra o poder de ação do GDF, tendo à frente a administração, e se aproxima o poder público da comunidade”, explica o administrador de Brazlândia, Jesiel Costa Rosa.

Na Quadra 58 de Brazlândia, campo foi limpo, regado por um caminhão-pipa para reduzir a poeira e recebeu até rede para as traves | Foto: Joel Rodrigues / Agência Brasília

Diretor de Urbanização da Novacap, Sérgio Lemos explica que o suporte da sua equipe, aliado ao trabalho terceirizado já contratado na administração, garante a rapidez no atendimento das demandas. “Tem sido um diferencial, com o resultado avaliado com satisfação pelos moradores. Nossa missão agora é zerar todos os buracos de Brazlândia até setembro, assim como em todo o Distrito Federal”, adianta.

Lazer e segurança

Danúbio de Jesus ficou contente com a limpeza do campo, que foi regado por um caminhão-pipa para reduzir a poeira e recebeu até rede para as traves. “Foi muito legal ter sido atendido tão rápido. Além de trazer de volta nosso lazer, cria uma opção para as crianças brincarem e não ficarem soltas pelas ruas aprendendo o que é errado”, diz o agricultor, feliz também com a resposta dada com rapidez ao seu pedido.

Quem também fez um pedido – e igualmente já recebeu a resposta – foi a moradora da Quadra 57, Suerda Maria, de 57 anos. O mato alto do terreno em frente à sua casa servia de abrigo para bichos e animais peçonhentos, como aranha e escorpiões. “A coisa mais comum era ver cobras na rua. Já entraram até na casa de alguns vizinhos”, conta a dona de casa. “Finalmente, depois de anos, o problema foi resolvido.”

Próximas etapas

O projeto Administração nas Quadras é a primeira etapa de um planejamento estratégico traçado para 2033 e que visa cumprir os objetivos de desenvolvimento sustentável propostos pela Organização das Nações Unidas (ONU).

As próximas fases são a eleição de um representante de quadra e, posteriormente, a formação de um conselho consultivo. O escolhido e o colegiado farão as vezes da voz da população junto ao governo.

Agência Brasília

As obras de reconstrução da ponte do Núcleo Rural Alexandre Gusmão, em Brazlândia, estão a todo vapor. A revitalização vai devolver à comunidade um importante ponto de passagem que foi destruído pelas chuvas e beneficiará milhares de pessoas que trafegam pelo local. 

Localizada na estrada vicinal, ligação entre as rodovias DF-435 e BR-080, no Incra 7, em Brazlândia, a ponte é usada por centenas de moradores diariamente, que vão em direção às áreas urbanas; além de ser um canal para o  escoamento da produção de pequenos agricultores locais. Há cerca de seis meses, parte da estrada de terra cedeu e dificultou a passagem por ali.

O morador Cândido Pereira, 71 anos, que reside em uma chácara em Alexandre Gusmão, passa diariamente pelo local, seja de carro ou a pé. “Estava precisando e muito reformar aqui. Todo ano a estrada fica prejudicada com as chuvas, fica estreita. Já vi até um carro que caiu no buraco. Agora, vai melhorar”, afirmou.O Departamento de Estradas de Rodagem (DER), responsável pela execução da reforma, está fazendo um aterro sobre galerias pluviais que dará mais segurança e reforço à estrutura da ponte que passa pelo Rio Jatobazinho. Antes, erguida em cima de manilhas, a estrutura de terra não resistiu.

“No período de chuvas, os barrancos podem cair. E a instalação de galerias de águas pluviais evita essas erosões e a pista fica mais segura para toda a comunidade. No momento, apenas um carro passava pela ponte. Vamos alargar para 7 metros, permitindo que dois carros possam transitar”, explica Geraldo Jacinto, técnico do DER.

Vai melhorar 100%. Nossa preocupação maior era com o transporte escolar. Ficamos felizes de conseguir fazer a reforma antes do retorno das aulas suspensas pela pandemiaJesiel Costa, administrador de Brazlândia

Transporte escolar

De acordo com a Administração de Brazlândia, a recuperação da estrada vai beneficiar cerca de duas mil famílias que moram na região. Além disso, o fluxo de ônibus escolares na região é grande e foi interrompido somente nesse período de pandemia do coronavírus. A obra, portanto, vem em um momento crucial.

“Vai melhorar 100%. Nossa preocupação maior era com o transporte escolar. Ficamos felizes de conseguir fazer a reforma antes do retorno das aulas suspensas pela pandemia”, comemora o administrador Jesiel Costa.

A expectativa é otimista: em meados de setembro, a ponte já estará toda pronta. O maquinário usado, como escavadeiras e caminhões, foi cedido pela Novacap.  

Outro ponto importante é a preservação ambiental. O Jatobazinho, importante rio que abastece a Bacia do Descoberto, também será beneficiado, uma vez que sedimentos estavam caindo na água.

Agência Brasília

Há 87 dias sem chuva, o Distrito Federal permanece em estado de atenção, com umidade relativa do ar variando abaixo de 30%, segundo dados do Instituto Nacional de Meteorologia (INMET), que prevê também picos de baixa umidade, a partir de setembro. 

Por isso, a Subsecretaria do Sistema de Defesa Civil, vinculada à Secretaria de Segurança Pública do Distrito Federal (SSP/DF), reforça a importância da população continuar com medidas que minimizem os impactos à saúde.

As principais recomendações são evitar a prática de atividades ao ar livre no período de 10h às 17h, banhos prolongados com água quente e muito sabonete e uso excessivo de aparelhos de ar-condicionado. E, o mais importante, aumentar a ingestão de líquidos. Crianças e idosos devem ter atenção especial, pois são os mais afetados.

O médico da Defesa Civil José Evoide alerta para este período do ano, em que as condições climáticas contribuem para maior circulação de vírus respiratórios. “É importante estar atento e se certificar de que o desconforto respiratório está atribuído à baixa umidade e não à infecção causada por esses vírus” ressalta ele.

Evoide também reforça a necessidade de a população buscar orientação médica nos casos de dúvidas se a dificuldade de respirar não for causada pelo novo coronavírus ou por outros vírus respiratórios. 


Orientações importantes 

➯  Lave as mãos com frequência e evite colocá-las na boca e no nariz;

➯ Procure manter o corpo sempre bem hidratado. Portanto, beba bastante água, mesmo sem sentir sede. Na hora do lanche ou da sobremesa, dê preferência a frutas ricas em líquidos, como melancia, melão e laranja, por exemplo. Em especial, fique atento à hidratação das crianças, idosos e dos doentes;

➯  Aplique soro fisiológico no nariz e nos olhos para evitar o ressecamento;

➯  Evite a prática de exercícios físicos ao ar livre entre 10h e 17h;

➯  Use produtos para hidratar a pele do rosto e do corpo, pelo menos depois do banho e na hora de deitar;

➯  Coloque chapéus e óculos escuros para proteger-se do sol;

➯  Aproveite o vapor produzido pela água durante o banho para lubrificar as narinas

➯  Coloque toalhas molhadas, recipientes com água ou vaporizadores nos quartos de dormir;

➯  Evite aglomerações e a permanência prolongada em ambientes fechados ou com ar condicionado, pois o ressecamento das mucosas aumenta o risco de infecções das vias aéreas;

➯  Mantenha a casa sempre limpa e arejada. O tempo seco aumenta a concentração de ácaros, fungos e da poeira em móveis cortinas e carpetes;

➯  Procure não usar vassouras que levantam o pó por onde passam. Dê preferência para aspiradores ou panos úmidos;

➯  Ligue ventiladores de teto no modo “exaustor”, com ar direcionado para cima. Ligados para baixo, no modo “ventilação”, levantam a poeira que se mistura no ar;

➯  Não queime lixo nem provoque queimadas por descuido ou desatenção


Com informações da Secretaria de Segurança Pública

Por: Samuel Barbosa 

Brazlândia deu continuidade a programação da 5ª Festa da Goiaba neste último final de semana, no formato drive-thur para visitações e drive in para shows, a retomada do evento ocorreu na Arcag e foi um sucesso sem nenhum ocorrência. Milhares de pessoas participaram da festa obedecendo todas as regras de segurança sanitária, com uso do álcool em gel a 70%, de máscaras, além da aferição de temperatura na entrada do evento. 

Os visitantes aproveitaram para degustar as variedades de guloseimas preparadas pelos produtores rurais de Brazlândia como doces, geleias, licores, bolos e tortas. Além disso, o público também pôde conferir o espaço FloraBraz, com plantas e flores ornamentais das mais diversas espécies, artesanatos, materiais para jardinagem e equipamentos para cultivo das plantas. 

Shows 

E para trazer animação aos frequentadores apresentaram-se as duplas sertanejas Roni e Ricardo, Roniel e Rafael, além do grupo Forró Boys. Eles foram os responsáveis pelos três dias da festa em um espaço com capacidade para aproximadamente 500 veículos, onde as famílias poderiam curtir os shows de dentro dos seus carros ou até mesmo descer em uma área limitada mantendo o distanciamento social. 

Retomada 

A data oficial do evento é sempre no mês de março, quando houve então a abertura e o primeiro final de semana da festa, lembrando que o evento ocorre por dois finais de semanas consecutivos, no entanto no final de semana seguinte a festa teve que ser paralisada, em virtude da pandemia, causada pelo novo Coronavírus e o decreto do GDF, que suspendeu todos os eventos do Distrito Federal. Para dar continuidade a festa os coordenadores resolveram por readaptar toda a organização e trazer para o formato Drive Thur para visitações e drive in para shows, com ingressos limitados e entrada gratuita. 

A festa foi uma iniciativa da Associação dos Artistas de Sobradinho e Entorno (Artise) e da Associação Rural e Cultural de Alexandre de Gusmão (Arcag), em parceria com a Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural (Emater), a Administração Regional de Brazlândia e a Secretaria de Cultura e Economia Criativa do DF. 

A região de Brazlândia abriga atualmente 90 produtores de goiaba, ocupando 300 hectares e com produtividade de 30 toneladas por hectare. Em 2019 a produção da fruta chegou a 9 mil toneladas, sendo as do tipo Pedro Sato, Sassaoka e Paluma as mais comuns cultivadas no DF.

Fotos: Israel Pinheiro


O e-GDF, aplicativo oficial do governo, agora conta com uma nova funcionalidade: o e-Cidades, que permite a abertura de requerimentos a distância e o acompanhamento dos respectivos processos. O cidadão também pode abrir e acompanhar solicitações da ouvidoria do DF como: tapa buracos, poda de árvore, manutenção de estradas, coleta de entulho e entre outros serviços. Pode ainda consultar o IPVA e o IPTU, verificar o extrato do Bilhete Único e monitorar protocolos abertos nos hospitais da rede pública.

O novo recurso foi desenvolvido por técnicos da Subsecretaria de Tecnologia da Informação e Comunicação, da Secretaria de Economia, a pedido da Secretaria de Governo. A subsecretaria é responsável pelas redes corporativas e por toda a estrutura de tecnologia da informação do GDF (Decreto nº 40.015/2019), por isso faz a gestão do aplicativo.

Solicitações de licenciamento para carro de som e de termo de permissão de uso para quiosques, feiras ou bancas de revista estão entre os requerimentos que antes tinham de ser feitos pessoalmente em uma das 33 administrações regionais e agora estão no e-Cidades.

Com a nova funcionalidade, o cidadão também pode fazer o georreferenciamento de onde há entulho nas proximidades de casa, por exemplo. A mensagem chegará imediatamente à administração regional, que avaliará e encaminhará o problema à unidade competente.

A novidade facilita a vida do cidadão e dá mais transparência aos atos públicos, uma vez que o solicitante vai receber notificações sobre o andamento de sua demanda.

O aplicativo

Quem já tem o e-GDF instalado só precisa fazer a atualização na respectiva loja de apps. Quem ainda não tem pode baixá-lo. O cadastro é simples, por meio do CPF. Aqueles com cadastro na plataforma do Governo Federal<https://www.gov.br/pt-br> podem usar a mesma senha para acesso ao e-GDF.

A integração é parte da Política de Governança Digital em órgãos e entidades da administração pública distrital, instituída pelo Decreto nº 40.253, de novembro de 2019. Desde então, o Comitê de Transformação Digital, sob a coordenação da Secretaria de Economia, vem trabalhando com os órgãos e as entidades do GDF para ampliar os serviços virtuais, melhorar o atendimento ao cidadão e aumentar a eficiência, reduzindo custos.

Com informações da Secretaria de Economia do DF

Mapa do site Dúvidas frequentes Comunicar erros