21 de outubro

GDF - Administrações Regionais
11/08/20 às 15h36 - Atualizado em 11/08/20 às 15h38

Administração de Brazlândia intensifica limpeza das bocas de lobos e constrói novas unidades

COMPARTILHAR

Por: Samuel Barbosa

Fotos: Israel Pinheiro

As equipes de obras do Parque de Serviços da Administração de Brazlândia atuam constantemente na limpeza de terrenos e bocas de lobo para evitar o entupimento dos canais fluviais e garantir o escoamento das águas das chuvas, além de desenvolver ações a fim de evitar alagamentos em pontos críticos da cidade. Algumas dessas bocas de lobo precisam ser refeitas e outras as tampas precisam ser trocadas.

Semanalmente as equipes fazem serviços de recuperação e limpeza das bocas de lobo de toda a cidade, de onde são retirados lixos de dentro dos dispositivos como garrafas pet, folhas secas, terra, latinhas de refrigerantes, garrafas de água e papelão. Daí a importância de a população não jogar lixo nas ruas. 

Segundo o engenheiro da administração de Brazlândia, João Paulo, os serviços têm um impacto muito grande na cidade. “Estamos trocando as tampas quebradas de bocas de lobo por novas tampas de concreto e armação de ferro, que foram confeccionadas pelos próprios funcionários do Parque de Serviços, garantindo a manutenção, principalmente com a limpeza das galerias”, disse o engenheiro.

Construção de novas bocas de lobo

Foram construídas cento e quinze (115) novas bocas de lobo para suprir as necessidades de escoamento das águas pluviais das quadras 34,35,36, 45, 46 e 55.  Esses locais recebem muita água das chuvas vindas das quadras superiores como, por exemplo, o Novo Assentamento, o que provoca alagamentos nas pistas e dificulta o trânsito de veículos.

Lixo na lixeira

A grande quantidade de lixo jogada nas ruas é arrastada pelas chuvas, o que contribui para o entupimento dos bueiros impedindo o escoamento das águas pluviais. Os moradores precisam se atentar ao dia e horário que o caminhão coletor passa em sua quadra, colocarem o lixo em saco bem amarrado na lixeira suspensa, evitando que os sacos sejam carregados pela água e parem nos bueiros.

Mapa do site Dúvidas frequentes Comunicar erros