28 de janeiro

GDF - Administrações Regionais
30/11/22 às 12h25 - Atualizado em 30/11/22 às 12h25

Projeto “Agricultura da Vida” chega em Brazlândia

COMPARTILHAR

Por: Sheylla Martins

Foto: israel Pinheiro 

 

Aconteceu nesta terça-feira (29), a abertura e aula inaugural do projeto “Agricultura da Vida” em Brazlândia.

A iniciativa faz parte das ações do programa Mães do Brasil criado pelo Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos.

A Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural do Distrito Federal (Emater-DF) aderiu ao Programa Mães do Brasil e deu o ponta pé inicial ao projeto em Brazlândia, realizando em seu escritório local a aula inaugural do curso.

"As mulheres que trabalham, que já têm a vocação rural, vão participar deste curso e aprender as boas práticas agrícolas buscando a boa nutrição materno infantil, tanto a dela quanto dos filhos", comentou Ana Lúcia Muñoz dos Reis, da Secretaria Nacional de Políticas para as Mulheres, do Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos.

O curso Agricultura da vida é destinado a mulheres rurais e tem entre seus objetivos: aproximar a produção de alimentos para gestantes ao empreendedorismo, capacitar mulheres do campo para a produção de alimentos saudáveis durante a gravidez consequentemente trazendo nutrição adequada e segurança alimentar além da capacitação de produtoras rurais, estimulado o cooperativismo para a autonomia econômica e social da mulher do campo.

"É gratificante participar! Há alguns anos atrás não tínhamos essa oportunidade de ter um curso exclusivo para a gente. A Emater é quem promove algumas iniciativas nesse sentido e ter um curso em âmbito federal é muito bom! Será um novo campo de visão. A cada coisa nova que aprendemos, com certeza melhoramos nosso dia a dia." Afirmou Vanusca Marques, 44 anos, produtora rural e uma das participantes do curso

A senadora eleita, Damares Alves, em fala ressaltou a importância de ter uma nação que não deixe nenhuma mulher para trás e citou exemplos como as mulheres ciganas, quilombolas e ribeirinhas.

Damares ressaltou a importância de após ser bem avaliado, levar o projeto “Agricultura da Vida” para mulheres da região ribeirinha e do Marajó para assim beneficiar o maior numero de mulheres.  

A partir de agora, mulheres rurais atendidas pela Emater-DF poderão participar do curso Agricultura da Vida. Brazlândia foi a cidade escolhida para formar a primeira turma do curso que abrange nível nacional, serão formadas nessa primeira turma cerca de 50 mulheres.

A chefe de gabinete da Administração Regional de Brazlândia, Waldinéia de Carvalho, comentou sobre a importância da união de esforços para levar ações para a área rural. "A nossa área rural aqui de Brazlândia é muito mais extensa que a área urbana, então de fato é importante ter um olhar peculiar para essas comunidades. Aqui nós temos mulheres guerreiras, empreendedoras e que precisam se capacitar e se fortalecer para que possam se desenvolver cada vez mais". Afirmou entusiasmada.

Para a presidente da Emater-DF, Denise Fonseca, a participação da Emater no programa vai fortalecer ainda mais a atuação da Empresa junto às mulheres rurais.

“A empresa atende, atualmente, mais de 10 mil mulheres no campo e sabemos da importância delas no desenvolvimento de suas comunidades e de suas contribuições para a redução da pobreza, insegurança alimentar e preservação ambiental”. Afirmou em conversa anterior ao evento.

A primeira turma terá produtoras de Brazlândia, Alexandre de Gusmão e Ceilândia. “Esse é o primeiro de muitos encontros. Esse curso Agricultura da Vida vai complementar e integrar muitas outras ações já realizadas pela Emater-DF, como o Empreender e Inovar, o Filhos deste Solo e grandes projetos que envolvem assistência técnica e extensão rural e que são essênciais para o desenvolvimento da agricultura", disse a diretora-executiva da Emater-DF, Loiselene Trindade.

O evento contou com a participação de diversas autoridades entre elas: Damares Alves, senadora eleita , Ana Lúcia Muñoz dos Reis, da Secretaria Nacional de Políticas para as Mulheres, do Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos (SNPM/MMFDH),Waldinéia de Carvalho Chefe de Gabinete da Administração Regional de Brazlândia, diretora- executiva da Emater Loiselene Trindade, Luene Garcia Nunes de Oliveira subsecretária de Promoção das Mulheres da Secretaria da Mulher do DF e o Coronel Ferrari, representando a vice-governadora eleita do DF, Celina Leão.

Mapa do site Dúvidas frequentes