26 de maio

GDF - Administrações Regionais
Maria da Penha ONLINE Governo do Distrito Federal
28/08/23 às 15h10 - Atualizado em 30/01/24 às 11h58

Em lançamento da Feira do Morango, governador celebra momento do agro no DF

COMPARTILHAR

Durante a solenidade, Ibaneis Rocha destacou o investimento no setor que movimenta R$ 160 milhões nas três principais culturas da capital: morango, uva e goiaba  

 

O Distrito Federal tem se destacado no cultivo de três culturas: morango, uva e goiaba. Cada uma delas tem uma festa própria na programação da cidade para celebrar e comercializar a produção local. Em setembro é a vez da Feira do Morango, que chega à 27ª edição a partir do dia 1º e segue até o dia 10 em Brazlândia. Para lançar o evento, a comunidade agro se reuniu na manhã desta quinta-feira (24) no Salão Branco do Palácio do Buriti. Na ocasião, o governador Ibaneis Rocha, secretários e deputados foram homenageados com placas de reconhecimento do apoio ao setor.

“Temos investido muito nas áreas rurais do Distrito Federal que estão ganhando infraestrutura para que as famílias que resolveram morar no campo tenham todas as condições de trabalho e de vida. Temos crescido cada vez mais na produção de frutas e no setor agrícola como um todo”, afirmou o governador.

 

De acordo com a Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural (Emater-DF), juntas, as produções das três frutas representam a movimentação de R$ 160 milhões na economia rural. “Acho que esse é o momento de reforçarmos a importância do agro no Distrito Federal. Isso porque nós estamos falando apenas de três culturas da fruticultura, sem falar do restante da agricultura que é extremamente forte e pulsante. Hoje nós temos que agradecer o empenho do governo que, de fato, transformou as feiras de negócios do agro do DF, dando um salto na nossa produção”, destacou o presidente da Emater, Cleison Duval.

O secretário-executivo de Agricultura, Rafael Bueno, destacou que o DF é o terceiro maior produtor de morango do Brasil, tendo relevância no abastecimento do Centro-Oeste. “Temos como uma atividade principal de renda para várias famílias. A Feira do Morango é muito importante, como a da goiaba e da uva, porque elas projetam a produção do Distrito Federal para aquelas pessoas que estão na cidade, além de ajudarem na comercialização dos próprios frutos e se tornarem um centro de diversão e entretenimento para as famílias”, analisou. Bueno também lembrou que o governo tem atuado na região para construir um centro de comercialização, além do Canal do Rodeador, com investimento de R$ 6 milhões.

A 27ª Feira do Morango será realizada nos dias 1º, 2, 3, 6, 7, 8, 9 e 10 de setembro na sede da Associação Rural e Cultural Alexandre de Gusmão (Arcag), localizada no km 13 da BR-080, em Brazlândia. Organizada pela entidade e com apoio dos órgãos do GDF, a festa terá entrada franca e contará com várias delícias provenientes do pseudofruto, como geleias, sucos, tortas e até chope.

A expectativa é receber até 500 mil pessoas durante os oito dias de evento, que terá a participação de 40 produtores locais. Atualmente, a região administrativa é responsável por 90% do cultivo de morango no DF. “Essas feiras vêm muito para ajudar e incentivar os produtores a melhorarem as produções e a aumentar a renda, principalmente. Tanto dos produtores, como da própria cidade de Brazlândia”, explicou o presidente da Arcag, José Yamata.

Para o administrador de Brazlândia, Marcelo Gonçalves, a realização de mais uma edição da feira dá continuidade ao calendário de festas das frutas do Distrito Federal. “Iniciamos em março com a Festa da Goiaba. Em agosto, tivemos a celebração da uva. E começamos na próxima sexta-feira a Feira da Morango. Antecipamos para que as famílias possam ir mais tranquilas para curtir o nosso evento”, definiu.

O administrador de Planaltina, Wesley Fonseca, que está à frente da cidade responsável pela Feira da Uva, destacou que esses eventos auxiliam a comunidade rural das regiões e movimentam o cenário econômico das cidades. “Contribui muito para a economia. Para se ter uma ideia, em Planaltina, tivemos mais de 200 produtores expondo produtos, gerando mais de 2 mil empregos diretos só na nossa região”, contou.

O presidente da Associação Cresce-DF, que organiza a Feira da Uva, também fez questão de reconhecer o papel do governo em incentivar o cenário da fruticultura. “Quero agradecer ao governador por ter abraçado com tanto carinho e respeito as feiras, que só têm proporcionado pontos positivos para a nossa economia e para as famílias produtoras”, comentou.

#sebraenodf #premiosebraecidadeempreendedora 

Serviço

27ª Feira do Morango de Brazlândia
Quando: de 1º a 3 de setembro (sexta a domingo) e de 6 a 10 de setembro (quarta a domingo). Nos dias 1º, 6 e 8, das 18h às 2h. Nos demais, das 10h às 2h.
Onde: Sede da Associação Rural e Cultural Alexandre de Gusmão (Arcag), na BR-080, km 13 – Brazlândia.
Entrada gratuita e livre para todos os públicos.

 

Com informações: Agência Brasília 

 

 

Mapa do site Dúvidas frequentes